RSS

FÉ COM CONTEÚDO (At 2, 22-41)

17 jan
A primeira catequese progressiva da Igreja se deu da seguinte forma:
Pedro tinha feito aquele sermão arrasador e acachapante. Enfrentou aquela multidão, dizendo: “Vocês mataram Jesus. Mas, Deus o fez o Senhor da História e o mundo vai se ajoelhar aos pés deste Jesus. O nome de Jesus manda neste mundo”. Coisa que Paulo, depois, repetiria que: “Não há nome maior do que o nome de Cristo. Todo joelho e todo o Universo se dobre ao nome de Cristo” (Fl 2,10-11). Ou seja, não é só Pedro. Paulo também pregaria, poucos anos mais tarde, que Jesus era e será Senhor do Universo. Deus deu a ele poder sobre todas as coisas. O primeiro discurso de Pedro era bem claro: “-Este mundo tem dono!
O alerta de Pedro lhes tocou o coração de tal forma que perguntavam o que deveriam fazer.
O texto diz que Pedro, com muitas outras palavras, dava testemunho. Isso significa que o discurso de Pedro tinha conteúdo. Não decorou um só discurso. Sabia do que estava falando. Tinha estudado catequese com o maior dos mestres e fora inspirado pelo Espírito Santo que Jesus prometera. Não dependia de slogans ou repetições da mesma frase ou das mesmas palavras. Tinha profundidade e teor, aprendera, conhecia os profetas, ouvia e guardava o que aprendia. No decorrer dos tempos sempre houve o risco da mesmice. Na comunidade, quando o grupinho ou o padre repete a mesma coisa o ano inteiro, as mesmas palavrinhas, os mesmos cantos em todas as celebrações, corre-se o risco de perder as raízes de renovação. Quando isso acontece, perde-se um pouco da essência do discurso cristão, uma vez que, como o próprio texto bíblico diz, o discurso de quem recebeu o Espírito Santo não era repetitivo (At 2,40). Os salmos sugerem o mesmo: Sl 33, 3; 40, 3; 96,1. Cantos novos e diferentes para o Senhor e tocados com competência!
Aqueles que sempre falam a mesma coisa demonstram que não estudam e que não lêem a bíblia. Não foi esse o comportamento dos primeiros cristãos. Como Pedro, o primeiro papa, que com muitas outras palavras expôs e ensinou, também, Jesus ensinou com muitas e muitas palavras – e eram tantas que João disse que se fosse
escrever tudo o que Jesus fez, falou e ensinou a ele e aos outros discípulos e apóstolos, o mundo não conteria todos os livros que se poderia escrever sobre o asunto (Jo 21,25). Em outras palavras: conteúdo inesgotável.

Todo batizado deve ler bíblia e catecismo. Não basta viver só do que aprendeu num curso rápido de doutrina. Todo sacerdote tem a obrigação de saber muito e atualizar-se. Há de se ter novas palavras para anunciar a novidade que é Jesus Cristo. É preciso renovar-se de verdade, conhecendo toda a palavra de Deus e não
somente os trechos mais interessantes dela.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17/01/2013 em Catequese

 

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: