RSS

Evangélicos e Cristãos?

22 jan
Neste mundo pós-modernos não sabemos quem é quem na verdade, vivemos em um mundo consumista, sensualista, secularista e individualista por isso não percebemos as diferenças. Mas o que eu quero falar aqui é sobre duas palavras que muitos ouvem e até professam, que são: Evangélicos e Cristãos. Então quem é os Evangélicos e Cristãos?
EvangélicosSegundo o dicionário Mini Aurélio Escolar, evangélico que dizer pertencente a certos grupos religiosos não ligados ao protestantismo. Conclui-se então, são pessoas e/ou denominações de diversas religiões que auto intitulam “cristãs”, nos quais podem se enquadrar as seitas heréticas. Mas neste sistema mundano, são aquelas pessoas fã de alguma denominação, influenciadas por amizades, cantores e pregadores. Onde estão nestas denominações por puro emocionalismo barato, atrás de experiências secretas, se esquecendo da Palavra de Deus e de um culto racional. Os evangélicos aprenderam mais rapidamente a falar como crentes, do que a viver como santos. Entretanto, muitos celebram um falso sentimento de comunhão com Deus baseado principalmente nas emoções, arrepios e experiências humanas; frutos de uma imaginação fértil, apenas acham que Deus as ama. Neste sentido e seguimento, faz que se distancie mais de Deus do que se aproximarem dEle.  Podemos chamar de uma arvore estéril. E infelizmente, vive em uma teologia desestruturada e voltada para o consumismo, materialismo, avareza que é idolatria.
Cristão é o individuo que adere ao Cristianismo,  uma religião monoteísta centrada na vida e nos ensinos do Senhor Jesus aquele que se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória. Este é o nosso fundamento o qual não pode ser mudado e nem acrescentado, porque Ele por si só é eficiente e eficaz. Aquele que se diz cristão deve andar como ele andou (1 João 2.6), tem que ser uma árvore frutífera que tenha que dá muitos frutos e o principal estar ligado na videira verdadeira. O cristão tem que negar a si mesmo e tomar a sua cruz e carregar, tomar do julgo de Jesus que é leve e suave, é aquele que entra na porta estreita e vive em um caminho estreito, é aquele que escuta e pratica as palavras do Senhor Jesus.
Resumindo, o evangélico vive em uma vida de “cristianismo” momentâneo, falho e desesperançoso. O cristão vive em uma vida de expectativa esperando em Deus e sua confiança está totalmente voltada para Deus e a cada dia obedecendo ao Criador e se portando como um eleito de Deus.
 
1 comentário

Publicado por em 22/01/2013 em Evangélicos

 

Tags:

Uma resposta para “Evangélicos e Cristãos?

  1. Lilian

    13/02/2013 at 3:01 pm

    PROTESTANTES HISTÓRICOS OU EVANGÉLICOS. QUEM ESTÁ CERTO ?
    1)Disse Lutero:
    “Eu estou, da manhã à noite, desocupado e bêbado. Você me pergunta por que eu bebo tanto, por que eu falo tão galhardamente e por que eu como tão frequentemente? É para pregar uma peça ao diabo que se pôs a me atormentar. É bebendo, comendo, rindo, nessa situação, e cada vez mais, e até mesmo cometendo algum pecado, à guisa de desafio e desprezo por Satanás, procurando tirar os pensamentos sugeridos pelo diabo com o auxílio de outros pensamentos, como, por exemplo, pensando numa linda moça, na avareza ou na embriaguês, caso contrário ficarei muito raivoso.” (Lutero). (Marie Carré, Jai choisi lunité – D.P.F., 1973, apud Lex Orandi: La Nouvelle Messe et la Foi , Daniel Raffard de Brienne 1983).”
    “Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela?”, depois com Madalena, depois com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim Cristo, tão piedoso, também teve de fornicar antes de morrer.” (Tischreden, nº 1472, ed. Weimer, 11, 107)”.
    “Quem não crê como eu é destinado ao inferno. Minha doutrina e a doutrina de Deus são a mesma. Meu juízo é o juízo de Deus” (Weimar, X, 2 Abt, 107)
    Lutero estava certo ou errado sobre as observações que fez sobre o Filho de DEUS ?
    Conhecendo agora alguns dos mais famosos apontamentos de Lutero, seria possível afirmar que Lutero era um homem comum, sujeito a erros e pecados ?
    Se era possível a Lutero cometer erros e, alguns bem graves, seria lícito supor que ele também pudesse cometer equívocos em sua avaliação sobre a Igreja Católica e seus dogmas ?
    Não seria mais prudente a qualquer evangélico, antes de criticar e caluniar a Igreja Católica, conhecer não só as obras de Lutero, fundador do protestantismo, mas também procurar conhecer um pouco mais do catolicismo ?
    Tal prudência não seria uma forma de sabedoria ?

    2)Não é por causa dos reformadores que prestamos culto de veneração à Santíssima Virgem, mas já que os evangélicos os têm em conta como grandes homens e enviados por DEUS, seria lícito esperarmos que destes fossem copiados os raros bons exemplos e acertos que tiveram em matéria de fé e doutrina. Vejamos:
    LUTERO
    Em seu comentário sobre o Magnificat Lutero escreveu: “Ó bem-aventurada Mãe, Virgem digníssima, recorda-te de nós e obtém que também em nós o Senhor faça essas grandes coisas!”
    Ao referir-se a Mt 1,25, observa: “Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto” (Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323).
    Em 1522, Lutero comentando sobre o Magnificat de Nossa Senhora, a chama repetidas vezes de a “doce Mãe de Deus”. E neste mesmo comentário Lutero pede à Virgem “que ore por ele”. “Peçamos a Deus que nos faça compreender bem as palavras do Magnificat… Oxalá Cristo nos conceda esta graça por intercessão de sua Santa Mãe! Amém.”.
    Acrescentava Lutero – “A mãe de DEUS não se orgulha da sua dig¬nidade nem da sua indignidade, mas unicamente da consideração divina, que é tão superabundante de bondade e de graça que Deus olhou para uma serva assim tão insignificante e quis considerá-la com tanta magnificência e tanta honra. Ela não exaltou nem a vir¬gindade nem a humildade, mas unicamente o olhar divino repleto de graça.”
    Disse Lutero em alto e bom som: Revista Pergunte e Responderemos, n. 429, 1998 – Lutero e Maria Santíssima, pp. 81-86).
    “O que são as servas, os servos, os senhores, as mulheres, os príncipes, os reis, os monarcas da terra, em comparação com a Virgem Maria, que, além de ter nascido de uma estirpe real, é também Mãe de Deus, a mulher mais importante da Terra? No meio de toda a Cristandade ela é a jóia mais preciosa depois de Cristo, a qual nunca pode ser suficientemente exaltada; a imperatriz e rainha mais digna, elevada acima de toda nobreza, sabedoria e santidade”.

    CALVINO
    Calvino disse: “Não podemos reconhecer as bênçãos que nos trouxe Jesus, sem reconhecer ao mesmo tempo quão imensamente Deus honrou e enriqueceu Maria, ao escolhê-la para Mãe de Deus.” (Comm. Sur l’Harm. Evang.,20)

    “Proclamava uma tão grande dádiva de Deus, que não era lícito silenciá-la…Reconhecemos que este dom foi altamente honroso para Maria. De boa vontade, seguimo-la como mestra, e, obedecemos aos ensinamentos e preceitos da Virgem” ( Calvini Opera 45,38) ( Obra de Calvino 45,38)

    JOHN WESLEY
    John Wesley, fundador da Igreja Metodista na Inglaterra, em 1739, disse:
    “Creio que (Jesus) foi feito homem, unindo a natureza humana à divina em uma só pessoa; sendo concebido pela obra singular do Espírito Santo, nascido da abençoada Virgem Maria que, tanto antes como depois de dá-lo à luz, continuou virgem pura e imaculada.”

    ZWINGLIO
    “Firmemente creio, segundo as palavras do Evangelho, que Maria, como virgem pura, nos gerou o Filho de Deus e que, tanto no parto quanto após o parto, permaneceu virgem pura e íntegra.” (Zwinglio, em “Corpus Reformatorum”)

    LUTERANOS
    “Maria é digna de suprema honra na maior medida.” (art. IX da Apologia da Confissão de fé de Augsburg Documento muito importante do Luteranismo)

    Agora que você conhece algumas das citações dos famosos “reformadores”, perguntamos:
    O que você protestante acha destas citações ?
    São ou não heresias dos reformadores ?
    Quem está certo ?
    Os reformadores ou os atuais pregadores evangélicos ?
    Se os reformadores estão errados nas citações que fizeram, em especial, aquelas que exaltaram a Virgem Maria, não seria repugnante que algum pregador copiasse doutrinas, ou mesmo citasse algum daqueles “grandes homens” que teriam cometido erros fundamentais de doutrina ?
    Se os reformadores estão certos, não seria o caso de você protestante abandonar sua denominação que pensa diferente e dar as cotas para o seu pregador que prega contra os princípios defendidos pelos “grandes” reformadores que segundo você mesmo foram “levantados” por DEUS ?

    3)Uma vez disse Lutero: “Ninguém nunca se esqueça de invocar a Virgem e os santos pois eles podem interceder por nós.” (Lutero, Prep. ad mortem)”
    Perguntamos se o reformador e inventor do Sola Scriptura, que em português significa “Só a Bíblia”, e que é copiado por evangélicos estava certo ou errado em seu pensamento sobre os santos e sobre a Virgem Maria ?
    Você evangélico está de acordo ou contra a citação de Lutero reproduzida acima ?
    Se Lutero estava errado, não se torna imprudente que os evangélicos copiem dele o Sola Scriptura e o Sola Fide ?
    Já sei. Você é aquele evangélico que escolhe por si próprio aquilo no que se deve crer e depois como “papa” “infalível” deseja impor as suas convicções aos demais.
    Tem hora que Lutero serve e tem hora que não serve.
    Tem hora que você parte para Calvino e tem hora que você recorre a Wesley.
    Depois que você sabe que Lutero e Calvino não permaneceram juntos, consegue a proeza de dar razão a ambos.
    Tem hora que tudo tem que estar na Bíblia como a Assunção de Maria, e tem hora que não precisa estar na Bíblia, como as “visões” dos pastores para fundarem novas denominações.
    Tem hora que pode ser implícito, como no caso da Igreja invisível onde só tem protestantes, e tem hora que precisa ser claro como no caso do purgatório católico.
    Outras horas você cobra texto literal para o batismo de crianças ao mesmo tempo que ignora o texto literal para a fundação da Igreja sobre Pedro e para Eucaristia, cujo texto nos recomenda comer da carne de Jesus e beber de seu sangue.
    Em outras ocasiões você exige que esteja claro na Bíblia que Maria foi concebida sem pecado ao mesmo tempo que você ignora a bíblica e literal Bem Aventurança de Maria, a bíblica e literal recitação do Pai Nosso e o bíblico e literal texto de Tiago que diz que a fé sem obras é morta.
    E quando nada servir, você recorre ao grego, aramaico ou hebraico.
    E se nem os idiomas que você escolheu tiverem utilidade, você ainda pode contar com os livros, cd’s e dvd’s de pregadores “ungidos”.
    Já entendemos. Vale apenas o que você quiser que seja doutrina.
    Lutero resumiu bem o pensamento protestante: “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    4)Em 17/01/1546, Lutero exclamou num sermão:
    “Não se deve adorar somente a Cristo? Mas não se deve honrar também a Santa Mãe de Deus? Esta é a mulher que esmagou a cabeça da serpente. Ouve-nos, pois o Filho te honra; Ele nada te nega? (Sermão do dia 17/01/1546)”
    Lutero iniciou a era protestante.
    Ora, você que abraçou o protestantismo e analisando parte do sermão de Lutero acima reproduzido, diria que o protestantismo no início estava certo ou errado ?
    Se estava errado, por que começou ?
    O objetivo do protestantismo não era “consertar” o que estava errado no catolicismo ?
    Como algo que teria começado errado tem a pretensão de consertar, seja lá o que for ?
    Agora se o protestantismo esteve certo desde o início, por que mudou ?
    Lutero não deveria ser copiado perpetuamente ?
    Se Lutero acertou ao exaltar a Virgem Maria em seu sermão, por que os atuais pregadores e admiradores de Lutero recusam sua instrução ?
    Se o protestantismo está errado, por que você é protestante ?
    Se o protestantismo inicial estava certo por que você critica os católicos que honram a Virgem Maria ?
    Você acha que Lutero praticou idolatria ?
    Mas não foi Lutero que “entendeu” que a Igreja Católica interpretava de forma errada a Bíblia original que ela própria produziu ?
    Pensando como protestante faz sentido:
    Copiando Lutero, você agora também “entende” que Lutero interpretou de forma errada a Bíblia que ele próprio adulterou.
    A Igreja Católica criou a Bíblia e Lutero seria seu “infalível” intérprete.
    Lutero adulterou a Bíblia Católica e seus filhos são os novos e “infalíveis” intérpretes.
    Conhecendo agora as citações de Lutero sobre a Virgem Maria, como será de agora em diante sua posição diante de Lutero ?
    Ele é confiável ou não ?
    Deve ser ou não seguido ?
    Continua sendo alguém levantado por DEUS ou deixou de ser ?
    Se Lutero foi levantado por DEUS, por que você discorda dele?
    Se Lutero não foi levantado por DEUS por que você o cita como alguém apto a “consertar” o catolicismo ?

    5)A maior parte das denominações evangélicas no Brasil seguem as doutrinas de Calvino, muito embora Lutero seja exaltado e citado especialmente pelos Sola Scriptura e Sola Fide.
    Calvino sustenta a perpétua virgindade de Maria, afirmando que “os irmãos de Jesus” citados em Mt 13,55 não são filhos de Maria, mas parentes do Senhor; professar o contrário, segundo Calvino, significa “ignorância”, “louca sutileza” e “abuso da S. Escritura”.
    Considerando que Calvino é igualmente seguido pela maioria das denominações evangélicas instaladas no Brasil, seria lícita a afirmação de que os evangélicos, em sua grande maioria, não entenderam a mensagem integral de seu mestre ?
    Quem está certo ?
    Calvino, que sustenta a virgindade perpétua de Maria, ou os “seguidores” de Calvino, que sustentam que Maria não permaneceu virgem após o parto ?
    Quem está certo ?
    Calvino, que sustenta que Jesus Cristo não tinha irmãos carnais, ou os “seguidores” de Calvino, que sustentam que Jesus tinha irmãos carnais ?

    O QUÊ ?
    COMO É ?
    COMO ASSIM ?
    Você, evangélico, está me dizendo que não segue Lutero e nem Calvino. Você “olha” apenas para Jesus. E quando é que Jesus disse “Só a Bíblia” ?
    Você está me dizendo então que antes de Lutero já existiam grupos que praticavam Sola Scriptura.
    Você está me dizendo que é cristão primitivo ?
    Mas vamos pensar sobre isto ?
    Considerando que os cristãos dos três primeiros séculos não dispunham de Bíblias, é lícita a afirmação de que estes mesmo grupos não poderiam praticar o Sola Scriptura ?
    Se estes grupos que iniciaram o cristianismo e outros que lhe deram prosseguimento, totalizando 350 anos, não praticavam Sola Scriptura, como é possível que você protestante, que pratica Sola Scriptura, se considere representante da Igreja primitiva que não praticava o Sola Scriptura ?
    Você realmente acredita, Sr.Evangélico, que alguém pudesse praticar o “Só a Bíblia” em um tempo que não havia Bíblia ?
    Você está me dizendo que a Bíblia é só um nome ? O que importa são os textos originais ?
    Você acredita realmente que todos dispunham dos textos originais ?
    Fizeram fotocópias e espalharam pela população ?
    E todos sabiam ler ?
    Não havia analfabetos naquele tempo ?
    E todos sabiam grego, hebraico e aramaico ?
    Tudo isto há 2.000 anos atrás ?
    Quem eram estes governantes que cuidavam tão bem da educação de seus povos ?
    Quem eram estes governantes que disponibilizavam transporte e tecnologia para aquelas populações, de modo que todos tivessem em mãos os textos originais já traduzidos ?
    Agora pense bem, Sr.Evangélico, todos os que se dizem protestantes, seguidores ou não de Lutero, dizem que não há um homem infalível em matéria de fé e doutrina.
    Os evangélicos não compreendem o conceito católico que faz diferença entre infalibilidade e impecabilidade.
    Digamos que de fato não exista um homem infalível em matéria de fé e doutrina.
    Ora, como você evangélico pretende convencer a qualquer católico sobre sua doutrina, ou melhor, sobre suas milhões e divergentes doutrinas, se antes de qualquer coisa este mesmo católico deve acreditar que não existe homem algum “infalível”, ou seja, não existe homem algum confiável em matéria de fé e doutrina ?
    Por que um católico deveria ouvir evangélicos, se estes mesmos se declaram não confiáveis em matéria de fé e doutrina ?
    Sr.Evangélico, você está atrás da verdade ou quer apenas vencer o debate bíblico ?
    Você está atrás de salvação ou apenas deseja “estar certo” ?
    Você deseja decorar capítulos e versículos bíblicos ou pretende viver o evangelho ?
    Você crê no evangelho ou crê apenas naquilo que você quer ?
    “Se você crê somente no que gosta do evangelho e rejeita o que não gosta, não é no evangelho que você crê, mas, sim, em si mesmo.” Agostinho de Hipona”
    Pedimos ao Senhor que traga ao porto da verdade todos os nossos irmãos separados.
    Autor: A.Silva com a colaboração de V.de Carvalho

     

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: