RSS

Uma verdadeira e nova evangelização

17 fev
Somos uma “Igreja de discípulos de Jesus Cristo em missão” – para que nEle, que é o Caminho, a Verdade e a Vida, nosso povo tenha vida.
Vivendo em meio às dores de parto de uma nova época da humanidade, dos seus anseios mais profundos por felicidade, as tristezas e as esperanças de nossos povos nos interpelam.
Como anunciar hoje de modo honesto e límpido, que em Jesus Cristo nosso Senhor ressuscitado e vivo entre nós, todos encontramos as respostas para os questionamentos humanos e o sentido da existência, vida em plenitude?
Como transmitir o dom imenso da fé que recebemos, sua força e poder divinos para a realização dos destinos humanos?
Cada vez mais tomamos consciência da grandeza da fé cristã. Em Jesus, Deus não se mostra concorrente da humanidade, muito ao contrário, se faz companheiro de vida e se dá como resposta às mais profundas buscas humanas por liberdade, vida e felicidade. Nele tudo isto se torna possível realmente.
Como Igreja, constatamos nossas próprias fraquezas – são desafios que nos interpelam e que tornam nossa missão mais urgente. Existe um substrato cristão e católico em nossa cultura. Mas cada vez mais ele se mostra insuficiente diante dos grandes desafios e questionamentos de nosso tempo.
É necessário mais que tintura ou tradição cultural religiosa para responder ao dom recebido e às grandes necessidades humanas. Torna-se necessária uma verdadeira e nova evangelização que atinja os fundamentos do encontro e do seguimento de Cristo; e que provoque verdadeira transformação de vida pessoal e social.
Lembramo-nos, diante das tão variadas ofertas religiosas, verdadeiro mercado de opções que hoje se oferecem, a necessidade do autêntico, da experiência vital, da opção fundamental do sentido de vida em Jesus Cristo, Deus e homem salvador do mundo.
Ser discípulo de Cristo significa ter tido com Ele um encontro pessoal e direcionador de toda a vida. Este encontro não se realiza apenas com certa doutrina, mas com a pessoa de Jesus Cristo vivo, o Senhor ressuscitado: dom de Deus que se manifesta e que recebe uma resposta inteligente e livre da pessoa
humana.

O ser discípulo torna-se seguimento de Jesus e adesão à Sua Palavra, até a identificação com Ele. Este seguimento é feito de uma contínua busca de ter os mesmos pensamentos, sentimentos e atitudes de Jesus. Se procurarmos nos Evangelhos as condições do discipulado, encontraremos toda uma forma de vida que parte da conversão interior e se prolonga na conformação com Jesus.

Os discípulos são levados a formar uma comunhão de vida, por Jesus, com o Pai e todos os irmãos e irmãs, formando nele uma família – Igreja. Assim os discípulos de Jesus são essencialmente condiscípulos. E o estar em comunidade não é, para os discípulos, apenas um objetivo a se alcançar, é um próprio modo de ser desde o início de seu seguimento do Senhor. O clima da comunhão o coloca na experiência mesma da presença viva do Senhor.

E por conseqüência do próprio seguimento de Jesus, identificação com Ele, formando o corpo social do Senhor vivo, estará em missão para fazer acontecer de toda a humanidade uma única família de Deus.

“Como Assim como o Pai me enviou, eu também envio vocês.”. (Jo 20,21)

Portanto, vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que ordenei a vocês.

Eis que eu estarei com vocês todos os dias, até o fim do mundo.» (Mt 28, 19-20).

Esta missão realiza-se no promover a vida plena que recebemos em Jesus, o Filho de Deus feito Homem pelos homens, por todas as pessoas humanas. Tomamos consciência e ficamos surpreendidos com a escolha que fez de nós e o envio que, com crescente força, tornamos nosso para ser luz do mundo e sal da terra.

Deus é um Deus da vida. A Igreja sabe que sua missão prolonga na história a missão de Cristo – incorporar à vida, à paixão e à ressurreição de Cristo, o Senhor da vida. A humanidade não quer andar por sombras da morte; ela tem sede de vida e de felicidade em Cristo, mesmo sem o saber.

Queremos ser uma Igreja de discípulos em missão pela vida do mundo. Temos um novo e longo caminho a cumprir.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17/02/2013 em Igreja

 

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: