RSS

ALGUMAS DENOMINAÇÕES EVANGÉLICAS E PROTESTANTES E SEUS ESTRANHOS ENSINOS E CONTRADIÇÕES

14 maio

————————————————————————————————————————————————————————–

1)Seita Protestante: “Religião não serve para nada. O mundo está cheio de religiões.”

Nossa resposta:  A importância da religião é citada no Antigo e no Novo Testamentos. Ísaias 42, 1 e Tiago 1.27.  Evangélicos, leiam a Bíblia !!!

2)Seita Protestante: “Está havendo perseguição religiosa ao povo evangélico.”

Resposta com pergunta: Ora bolas, se religião não serve para nada, por que o protestante está preocupado com perseguição religiosa ?  Quem tem que ficar indignado com perseguição religiosa é quem dá valor a religião.

3)Seita Protestante A: “A Igreja Católica modificou a doutrina do cristianismo primitivo.”

Seita Protestante B: “A Igreja Católica é arcaica e dogmática. Nunca se modifica. Sempre metódica e cheia de tradições.”

Resposta com pergunta:  As Senhoras Seitas Protestantes já se decidiram ?  É possível que pelo menos nas críticas ao catolicismo seja estabelecido consenso entre todas as seitas ?

4)Protestante: “A Bíblia não ensina o consumo de bebida alcoólica. Estes católicos bebem, fumam e dançam.”

Resposta: De um modo geral em tudo a moderação é necessária. È isto que a Bíblia ensina. Certas coisas não devem nem mesmo merecer experimento. Mas outras tantas podem ser usadas com critério e bom senso.

Para alguns não beber é fácil. Que mérito estes possuem ?  Talvez devessem evitar fofocas ou tratar melhor vizinhos e familiares. Cada qual deve carregar a sua cruz e lutar contra suas dificuldades. Dominar a si próprio é o que a Bíblia ensina. Ensinar aos outros como viver é fácil. Dificil é fazer aquilo que se prega.

Falar para Jesus que não bebe, não fuma ou não dança não garante ninguém no céu. Para alguns não praticar tais coisas é algo natural e não seria diferente se a pessoa estivesse em uma outra religião ou até mesmo se não tivesse religião alguma. Alguns naturalmente não gostam de bebida ou fumo.

Deixemos de lado os vícios. Sem dúvida. Mas não nos esqueçamos das coisas que nos dominam e contra as quais deveríamos lutar.

5)Protestante: “Tudo bem. A Bíblia pode até não proibir a bebida, mas também não autoriza o seu consumo.”

Resposta com pergunta: A Bíblia autoriza ouvir música Gospel ou fazer fogueira santa ?  A Bíblia autoriza unção da Vassoura, unção do zoológico ou unção da lama ? A Bíblia autoriza culto das princesas ou transferência de unção ?

Réplica protestante:  “A Bíblia não diz que sim e não diz que não.”

Nossa tréplica: Pois é. A Bíblia também não diz que beber uma pequena taça de vinho é pecado.

Quem proíbe diversão de qualquer tipo são os lobos. Para que sobre mais recursos para os dízimos e ofertas. Sobre estes a Bíblia diz que que os fardos impostos por eles aos homens seriam pesados.

Continuação da nossa resposta: Alguns gostam dos jogos de palavras e por isto estes mesmo dizem que a Bíblia não proíbe isto ou aquilo. Pergunto se a Bíblia proíbe o batismo de crianças, o celibato ou a recitação do Pai Nosso ?

Conclusão: Outro dia vi alguém dizendo que Jesus nunca proibiu o consumo de carne vermelha. Isto foi dito para criticar o costume católico de evitar o consumo da carne vermelha na sexta-feira santa. A crítica pela crítica.

Repito o que foi dito pelo protestante aos berros: “Jesus nunca proibiu o consumo de carne vermelha.”  Pois é. Eu também nunca vi Jesus batendo palmas ou cantando música Gospel ou defendendo o aborto como faz um famoso e reverenciado pregador protestante. Aliás, nunca soube que Jesus pagava dízimos ou que Jesus determinava sua vitória ou tomava posse de sua benção. Eu nunca soube que Jesus tivesse dito que não aceita derrota ou que DEUS irá lhe restituir tudo que o diabo lhe tomou. Eu nunca soube de Jesus participando de fogueira santa.

Também escutei outro dia um protestante dizer que Maria nunca foi católica. Segundo este novo protestante ou evangélico, Maria não adotava as práticas que são comuns aos católicos. Ora, a Igreja começou com Maria e os apóstolos reunidos. Como poderia Maria antes deste excepcional evento pedir a intercessão dos santos ou confessar-se a um padre ? Se Maria não era católica ela era o que ?  Protestante ???   De que denominação ???  Alguém consegue enxergar Maria dizendo sobre si mesmo termos como barriga de aluguel ou deusa do catolicismo  ? Ora, Jesus também nunca proibiu o fumo ou a pornografia na TV. Lógico. Nem havia fumo ou tv naquela época. Nem por isto iremos dizer que todos deveriam apreciar pornografia tão e somente porque a Bíblia não condena tal prática. Isto seria deboche, escárnio e manipulação. Infelizmente, tem protestante jogando com as palavras e tomando todos os católicos por tolos e ingênuos. O próprio significado do termo católico é completamente desconhecido pelos nossos críticos e “juízes”.

O fato é que tudo depende do que queremos ver e daquilo que não queremos escutar. Ou ainda,tudo depende de quem pretendemos atacar. E no caso de alguns, vai depender a quem é dirigido o indisfarçável ódio. Se o adversário for a Igreja Católica, então vale tudo.

Uma hora dizem que a Bíblia permite. Outra hora dizem que a Bíblia não proíbe. Parece a mesma coisa mais não é. Permitir é praticamente decretar. Não proibir pode ser uma ausência de doutrina para determinado assunto. Também por este motivo o magistério da Igreja é fundamental.

Sendo mestra por excelência, a Igreja está habilitada a tratar de assuntos que não foram definidos pela Bíblia. Podemos citar os diversos métodos de contracpeção, a escolha de colégio dos filhos, a questão da vasectomia, o voto, a prática de esportes, a redução do consumo de sal e açucar, o sistema de cotas na universidade, a distribuição de renda, os programas sociais, a reforma do judiciário,  entre tantos outros assuntos. Muitas coisas surgiram depois da Bíblia. E tantas outras ainda serão inventadas ou descobertas. Mesmo nas questões bíblicas que parecem incompletas para muitos, a Igreja tem respostas. É o caso dos pecados contra o Espírito Santo que protestante algum pode conhecer através da Bíblia, exceto de forma genérica utilizando blasfêmia para aquilo que cada protestante pessoalmente vier a julgar como tal.  Se não há autoridade e consenso entre os evangélicos e/ou protestantes, o que é blasfêmia para um pode não ser para outro e vice-versa.

É o caso ainda dos casamentos de pessoas divorciadas. Também para isto a Igreja tem resposta.

Se permitir não quer dizer a mesma coisa que não proibir, o mesmo podemos dizer sobre o dueto não permitir e proibir.

Quando alguém, por exemplo, diz que a Bíblia não autoriza(não permite) que possamos suprir materialmente os mais pobres, na verdade está usando de escárnio e cinismo sem iguais. Não autorizar textualmente, não significa proibir. Ademais, o contexto deve ser levado em consideração, e, portanto, a dita autorização ou permissão muitas vezes pode ser encontrada em outros textos que propositalmente são omitidos pelo pregador de má-fé.

Assim, tem evangélico que vai usando os verbos e expressões como bem entende e ajustando sua doutrina conforme seus desejos e crenças particulares.

6)Protestante evangélico:  “Onde está na Bíblia a palavra purgatório ?”

Pergunta católica:  Provaremos adiante que o Purgatório está na Bíblia. E vocês podem provar pela Bíblia o protestantismo ou algum dos reformadores ? Podem provar a doutrina da Trindade professada pela maioria das denominações protestantes ?

Réplica protestante:  “A doutrina da Trindade está implícita na Bíblia”.

Resposta católica:  Foi a Igreja Católica que ensinou ao mundo a doutrina da trindade. Lutero aprendeu na Igreja Católica e depois ensinou aos seus pares.

Pergunta católica:  A doutrina do purgatório está na Bíblia de forma implícita ?  É isto que o Sr.Protestante está nos contando ?

Ora caríssimo contraditório e confuso protestante. O mesmo caso se dá para a doutrina da Trindade Santa que vocês protestantes corretamente aceitam, tal como nós católicos. Sobre o purgatório, vejam I João 5 – 16. , Apocalipse 20-14, Apocalipse 21 – 27, Mateus 18 – 23.

Como vocês mesmo dizem:  “Não é o que o pastor diz. Vai na palavra.”

7)Protestante: “Onde está na Bíblia que Pedro foi o primeiro papa ?”

Resposta católica:  A pergunta certa é se Jesus deu ou não autoridade a Pedro. Disse Jesus: “Pedro apascenta minhas ovelhas.”  “Pedro confirma teus irmãos na fé.”  “O que ligares na terra será ligado nos céus.”  E assim por diante. A quem Jesus concedeu tais poderes ? Ao contrário dos protestantes, Pedro não se auto intitulou pastor, bispo, missionário ou apóstolo. E até Paulo, o maior dos apóstolos, fez-se o menor entre todos e humildemente foi conferir sua doutrina com Pedro e seus irmãos.

Pergunta católica:  Onde está na Bíblia a Igreja invisível de que tanto falam os protestantes ?  Está implícita na Bíblia ?  Mas não foi o Sr.Protestante que nos cobrou a palavra Purgatório na Bíblia descartando a possibilidade de que alguma doutrina esteja implícita ?

Já sei. Implícito ou explícito. Literal ou não literal. Tudo depende do momento. E melhor ainda. É você protestante quem julga quando usar um ou outro critério, especialmente, se o adversário for um católico ou a Igreja.

Uma hora você usa grego, depois aramaico e por vezes hebraico. E quando estes idiomas não te servirem, você vai de português mesmo. E você decide tudo.

Tem hora que Lutero é bom e tem hora que não serve. Tem hora que Calvino é referência e outra hora não é. Tem hora que a Igreja Católica é de Constantino e logo a seguir deixa se ser quando você quer citar Agostinho, Policarpo ou condenar heresia de um outro protestante. Aí você se lembra de citar concílios católicos, santos católicos e a história da igreja que você antes havia condenado.

Você decide tudo. Tal como Lutero né ?

Martinho Lutero pai dos protestantes e evangélicos: “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

8)Protestante A: “A Igreja Católica foi fundada por Constantino.”

Protestante B: “A Igreja Católica é a Babilônia.”

Protestante C: “Martinho Lutero foi indispensável para por fim a tirania de Roma.”

Pergunta católica: Sr.Protestante, eternamente contraditório,  por que você dá ouvidos ao Martinho Lutero que era tão e somente um frei da Igreja de Constantino ?  Por que você copia deste frei as doutrinas do Sola Scriptura(Só a Bíblia) e Sola Fide(Só a fé), sabendo que ele pertencia a Igreja de Constantino que segundo você é a Babilônia ?

9)Protestante:  “Onde está na Bíblia que Maria foi assunta ao céu ?”

Resposta católica:  “Sr.Protestante, quem se obrigou ao Sola Scriptura(Só a Bíblia) foi o senhor. Eu não protestante. Não sigo Lutero. Aliás, Lutero foi ex comungado pela Igreja Católica. Não estou obrigado a provar tudo pela Bíblia. O senhor é quem precisa provar tudo pela Bíblia e cobrar o mesmo critério de seus pares. Prove pela Bíblia a Teologia da Prosperidade, as “teologias” do pregador do aborto, a unção da vaca, a unção do helicóptero, a troca de anjos, a transferência de unção ou a adoração da Arca da Aliança. Só para citar algumas doutrinas protestantes propagadas por aí.

Pergunta católica:  Já que o senhor gosta de prova bíblica para tudo, pergunto onde está na tua Bíblia que um auto intitulado pastor pode ter uma “visão” para fundar denominações ?  Quem julga se a “visão” dele foi ou não verdadeira ?   O Senhor nunca leu na Bíblia:  “Maldito o homem que confia no outro homem.” ? O Senhor já perguntou ao líder de tua denominação quem lhe deu autoridade para fundar uma Igreja ?  Pediu-lhe provas bíblicas ou as tais provas bíblicas você só pede a nós católicos ?

10)Protestante:  “A Bíblia diz que só há um mediador entre DEUS e os homens que é Jesus Cristo.”

Resposta católica: “Exato Sr.Protestante. É o que ensina o catecismo da Igreja Católica para as crianças a partir dos 07 anos de idade. Quer ver ?:

Catecismo da Igreja Católica: 480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

Conclusão católica:  Surpreso Sr.Protestante ?  Crianças com 07 anos aprendem no catecismo que Jesus Cristo é o único mediador entre DEUS e os homens. E o protestante só aprende esta verdade quando fica adulto e adere a uma denominação protestante “aceitando” Jesus.

Imaginemos o sujeito que nunca frequentou o catecismo da Igreja Católica !  Ao invés de aprender que Jesus Cristo é o único mediador já aos 07 anos, corre o risco de morrer adulto sem conhecer esta verdade.

Que bom que sou católico e meu pais me matricularam no catecismo. Quanto mais cedo conhecer a verdade melhor. O mesmo fiz pelos meus filhos. Por que eles deveriam esperar que um protestante lhes explicasse aquilo que todo católico já sabe desde criança ?

11)Protestante:  “Mas acontece que os católicos pedem orações a Maria e a aos seus santos.”

Resposta católica: Se o senhor que não é Maria e nem santo pode interceder por alguém, imagina quem já está na glória de DEUS ?

Pergunta católica: Maria ouviu as seguintes palavras:  “Achastes graça diante de DEUS.” Ou “O Senhor é convosco”. O Senhor Protestante ouviu tais palavras do anjo do altíssimo DEUS ?

Pergunta: O que o senhor faz quando alguém lhe pede oração ?  O senhor ora ou manda a pessoa ir direto a Jesus ?  Quem poderia ser melhor mediador que Jesus Cristo ?  O Senhor costuma pedir oração ao teu pastor ?  Por que o senhor não vai diretamente a Jesus ?

Réplica protestante: “Mas devemos orar uns pelos outros. E acontece que Maria e os vossos santos estão mortos.”

Nossa Tréplica:  Se fosse o caso, mesmo assim permaneceria a pergunta. Se alguém pode ir diretamente a Jesus por que deveria passar primeiro pelo pecador ?  A Bíblia ensina que muito vale a oração de um justo. O senhor está atribuindo a si próprio e aos teus pares a alcunha de justo  ?  Vocês se auto intitularam como tais ?  Com que autoridade ?

Continuação da tréplica católica: E quem disse para o senhor que Maria está morta ?  Afinal de contas Sr.Protestante,  o nosso DEUS é DEUS dos vivos os dos mortos ?  Elias e Moisés estavam vivos na transfiguração ou não estavam ?   O que houve em tal evento foi verdadeiro ou mero espiritismo de DEUS ? E o ladrão da cruz ?  O Senhor Jesus prometeu-lhe que ainda naquele dia estariam ambos no paraíso. O senhor acha que o Senhor Jesus cumpriu sua promessa ou enganou o ladrão da cruz ?  Se ambos estariam juntos naquele mesmo dia, só há duas hipóteses que podem ser consideradas. Ou os dois estariam vivos ou ambos estariam dormindo. E se Jesus ainda dorme tal como o ladrão da cruz que está dormindo na imaginação dos protestantes, como é possível concluir pela ressureição do Senhor ?

12)Protestante: “Mas Maria é uma mulher como outra qualquer. A Bíblia diz que Jesus tinha outros irmãos.”

Resposta:  “Me mostre uma passagem bíblica que afirme textualmente que Maria e José tiveram outros filhos.”

Réplica protestante:  “Para mim está implícito.”

Nossa Tréplica:  Implícito ?  Mas não é o protestante que nos cobra textos claros para o purgatório, assunção de Maria e batismo de crianças. De onde veio esta idéia agora de acatar o implícito ?

Continuação da tréplica:  O senhor quer um texto claro ao invés de implícito ?   Vou lhe dar alguns bem claros e que o senhor rejeita porque o pastor mandou.

Tiago 2:18 “Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Tiago 2:26: “Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta”.

Sobre as obras, disse o fundador do protestantismo Martinho Lutero que o texto de Tiago é palha morta. Texto que não merecia ser lido. O que o senhor acha da citação do pai do protestantismo e que serve de inspiração para o líder de tua seita ?

São João, 6

51. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo. 53. Então Jesus lhes disse: Em verdade, em verdade vos digo: se não comerdes a carne do Filho do Homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós mesmos. 54. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. 55. Pois a minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida. 56. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.

Sobre a Eucaristia, mais claro do que isto não há.  Está claro e o protestante rejeita assim mesmo. E este mesmo protestante engole os implícitos dos seus “mestres”. Ora, se não consideram os textos claros que consultam com frequência, como poderiam aceitar o julgamento da Igreja a quem nem querem escutar ?

Afinal, como todos sabemos, ao contrário do que ensina a Bíblia, a fé do protestante não vem pelo ouvir, mas por sua leitura e interpretação privadas da Bíblia.

13)Protestante: “Falta ao povo católico conhecimento bíblico.”

Resposta: A Bíblia proíbe a Interpretação privada, se não vejamos: “Nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal.” (2 Pedro 1, 20).  Mas EXPLÍCITO do que isto impossível. E mesmo com a proibição bíblica, o que mais fazem os protestantes é “interpretar” a Bíblia. E cada protestante interpreta diferente do outro.

Conclusão: É porque todos no protestantismo possuem “conhecimento bíblico” que só no Brasil existem 60.000 seitas e milhares de “mestres” e “peritos” em Bíblia, todos divergentes entre si e uns chamando aos outros de hereges.

14)Protestante: “Igreja é o que não falta. O importante é olhar para Jesus”

Resposta: A igreja certa é a estrada mais segura para o caminho do céu. Só quem pode apresentar o verdadeiro Jesus é a coluna e sustentáculo da verdade. É o que a bíblia ensina: Igreja, coluna e sustentáculo da verdade.” (I Tim 3.15).

Conclusão: Para o protestante ele próprio é a coluna e sustentáculo da verdade, tão logo tenha feito sua leitura da Bíblia.

15)Protestante: “Placa de Igreja não salva ninguém.”

Resposta:  Não é o que parece. O que mais se vê no protestantismo é a abertura de novas Igrejas a cada dia. Isto porque “placa de igreja não salva ninguém.”

E para não fugir a regra permanecem fazendo oposição a Bíblia que juram defender, causando todo o tipo de divisão:

“… que todos seja um. Como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, que eles estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste” (Jo 17,21). Tudo que os protestantes mais sabem fazer é fragamentar a mensagem evangélica dividindo-se em milhares de seitas divergentes e assim, contrariando o texto o mundo evidentemente não pode crer que Jesus Cristo é o Senhor. Jesus foi claro. Para que o mundo creia que ele foi enviado pelo pai é indispensável a unidade.

“Rogo-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que todos estejais em pleno acordo e que não haja entre vós DIVISÕES. Vivei em boa harmonia, no mesmo espírito e no mesmo sentimento.” (ICor. 1,10).

“Rogo-vos, irmãos, que desconfieis daqueles que causam divisões e escândalos, apartando-se da doutrina que recebestes. Evitai-os! Esses tais não servem a Cristo nosso Senhor, mas ao próprio ventre. E com palavras adocicadas e linguagem lisonjeira enganam os corações simples”.(Rom.16,17-18).

16)Protestante: “Maria é barriga de aluguel.”  “Maria é mulher pecadora.” “Maria é deusa do catolicismo.”

Resposta: “TODAS AS GERAÇÕES ME CHAMARÃO BEM-AVENTURADA”(Lc 1,48)

Pergunta católica: Onde se cumpre a profecia bíblica ?  Qual a Igreja que está fazendo cumprir a profecia da Bem Aventurança de Maria ?

O que dizer de uma igreja onde tal profecia bíblica não se cumpre ?  Esta igreja ou ministério que não fazem cumprir a profecia bíblica merecem algum crédito ?

Réplica protestante:  “Mas acontece que os católicos adoram Maria no lugar de Jesus.”

Resposta:Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort:

“…14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

Entendeu protestante o que é ensinado aos católicos sobre Maria ?  Claro que você não sabe. Ao invés de consultar a igreja Católica sobre Maria, você preferiu ouvir o pregador protestante. É por isto que você está sempre dizendo bobagens sobre a Igreja Católica. Você é um mero repetidor daquilo que ouve aqui e acolá.

17)Seita Protestante A – O Papa foi conivente com os pedófilos e desvios do clero.

Seita Protestante B – O Papa renunciou porque não aguentou tantos escândalos na Igreja. Ele recebeu um dossiê de 300 páginas com várias denúncias.

Resposta com pergunta – Se o papa foi conivente com tanta sujeira por que haveria de renunciar por “indignação” ?  Se ele era conveniente por que encomendou o dossiê ?  Por que o revelou ao mundo ?  Não era mais fácil não encomendar o dossiê ?  E depois de encomenda-lo, não seria mais fácil queima-lo ou rasga-lo ? Se o papa era conivente com toda a “sujeira” por que renunciou ?

Decidam-se protestantes na acusação que irão fazer ao papa emérito. Não escolham acusações conflitantes entre si. Sabemos que a prática protestante é fazer tudo fora de ordem, do tipo sem  pé e sem cabeça. Mas neste caso que nos diz respeito, pedimos que nos acusem de forma coerente.

18)Seita Protestante A: “A Bíblia não fala em Igreja Católica”

Seita Protestante B: “De acordo com o apocalipse a Igreja Católica é a Babilônia.”

Pergunta: Afinal protestantes, a Bíblia fala ou não fala em Igreja Católica ? Decidam-se

19)Seita Protestante A: “A Bíblia não fala em papado.”

Seita Protestante B: “As profecias dizem que o papa é a Besta do Apocalipse.”

Pergunta:  Afinal protestantes, a Bíblia fala ou não em papado ? Decidam-se

20)Protestante: “Roma é um antro de podridão.  A Igreja matou milhares de pessoas. A igreja mente. A igreja é corrupta. A Igreja tem pedófilos.”

Resposta: Minha Igreja tem escândalos. Foi o próprio Jesus que nos advertiu. Disse o mestre: “E inevitável que haja escândalos, mas ai daquele que os causar” (Lc 17,1). Jesus deixa claro que os escândalos são inevitáveis e antecipa ainda a sentença daqueles que causam tais escândalos.  Portanto, quem precisou de Lutero para “consertar” os desmandos do catolicismo em verdade não creu nas promessas do Senhor.

Conclusão e pergunta:  Sabemos que o protestante não pode sair da Bíblia que jura defender e assim não há como dizer que DEUS pretendeu isto ou aquilo, exceto se a Bíblia assim o fizesse. Definitivamente não é o caso.

Por outro lado, até mesmo os protestantes concordam que a reforma não encontra amparo bíblico. Pelo contrário, o que a pretensa reforma fez foi desprezar a permanente assistência de Jesus a sua Igreja.

Sr.Protestante, o senhor precisa desesperadamente acreditar que todas as igrejas protestantes criadas a partir de Lutero não produzem escândalos, pecadores ou heresias.

Do contrário, qual teria sido o sentido da reforma se todas as comunidades cristãs produzem escândalos, pecadores e heresias ?

Mas quem poderia acreditar nisto se é o próprio protestante quem diz que não existem santos  ?

Se não existem santos, não existe santidade. E se não existe santidade, muito provavelmente abunda o pecado em todos os lugares, inclusive entre protestantes.

E quem poderia acreditar nas santidades das seitas protestantes se não há entre vós unidade de qualquer espécie e os ataques de uns aos outros são vistos em larga escala ?

Perguntamos afinal. Quando surge um escândalo, heresia ou pecado entre evangélicos e protestantes o que o senhor faz ?

Vamos repetir o que é dito sobre a Igreja Católica:  “Roma é um antro de podridão.  A Igreja matou milhares de pessoas. A igreja mente. A igreja é corrupta. A Igreja tem pedófilos.”

O senhor protesta, grita e diz sobre os crentes e a igreja evangélica expressões similares que costuma proferir contra o catolicismo e contra os católicos, ou, o senhor diz em alto e bom som:  “Não toca no ungido do Senhor”  “Aí de quem toca no servo de DEUS.”   “Deixa que DEUS é quem vai julgar.”  “Deixa que ele está fazendo a obra de DEUS.”  “O importante é que ele está salvando vidas.”  “O importante é que ele está pregando a palavra de DEUS.”

De acordo com a maior parte dos protestantes, nós católicos deveríamos deixar a Igreja Católica por causa destes “incontáveis” escândalos e pecados da Igreja.  Mesmo que determinado “escândalo” tenha ocorrido 500 anos atrás. Não tem perdão e pronto.

Podemos esperar que o senhor protestante irá abandonar o protestantismo logo que tenha conhecimento de um pecado grave de pastor ou falcatrua de alguma denominação ?

O que fará um protestante feroz crítico do catolicismo tão logo descubra heresias no protestantismo ?

E o que ele faria se soubesse que entre os evangélicos ou protestantes também existem pecadores que cometem crimes ou desvios ?

Ele seguirá o conselho que costuma dar aos católicos e abandonará o protestantismo ?

Podemos contar com a sua total e completa indignação para escândalos, crimes e heresias no protestantismo ?

Eu duvido que o senhor usa um só peso e uma só medida.

Passar bem Sr.Protestante.

Autor: Val Melkis com a colaboração de Bebel Acioli e Dani Silva. Livre divulgação mencionando-se o autor

 

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: