RSS

DESCONSTRUINDO O DISCURSO DE SILAS MALAFAIA CONTRA A JMJ E CONTRA O PAPA

11 set

==========================================================================

Como todo sabemos, alguns pregadores protestantes não suportaram o sucesso da Jornada Mundial da Juventude. Inconformados com o carisma de Francisco e indiferentes ao clima de paz e fraternidade cristã reinantes naqueles dias, alguns poucos trataram de escrever textos contra Francisco e contra a Igreja Católica.

Na linha de frente dos ataques nos deparamos com Malafaia e Macedo. Sempre os dois. Nada de novo. Outros menos cotados e ainda sem a visibilidade dos dois primeiros também produziram textos aspirando o estrelato.

Um destes candidatos ao sucesso é presidente um conselho de Igrejas que embora se pareçam nos nomes, divergem umas das outras em matéria de fé e doutrina. Ele não tolerou o carisma de Francisco. E ele quer mudanças. Imagina ! Ele quer mudanças na doutrina da Igreja Católica !!! Poderoso né ???

Ele ainda não sabe que sendo Jesus Cristo o mesmo ontem, hoje e eternamente sua noiva também não pode mudar. Jesus não se casou com uma adúltera e nem disse que as portas do inferno nunca prevaleceriam contras suas milhares de Igrejas. Ele disse a minha Igreja. Apenas uma. Talvez ele queira o Papa andando de braços dados com o Reverendo Moon. Quem sabe pregando a teologia da prosperidade de seu amigo Malafaia ? Ele só não quer mudanças na sua própria denominação onde se prega de tudo e onde Davi, Elias, Eliseu, Moisés e, especialmente Paulo, por vezes ganham mais importância do que o Sr.Jesus Cristo. É justamente este pregador que caminha na linha de Macedo e que não tem qualquer noção do significado da Santa Missa, deseja um culto “cristocêntrico” na Igreja Católica. Justamente ele que lidera um conglomerado de Igrejas que por vezes, não sempre, dão ao velho testamento uma ênfase maior e onde até reverendo Moon faz escola.

Um outro líder que se auto proclama reverendo de uma outra linha das milhares existentes no protestantismo pretendeu ensinar Bíblia para a Igreja que deu a Bíblia ao mundo. Ele ainda pensa que a Bíblia caiu do céu ou que foi Jesus que entregou a Martinho Lutero um exemplar traduzido por João Ferreira de Almeida. E ele também quer mudanças. E ainda elenca os pontos que o Papa Francisco tem que mudar na Igreja. Outro Super Pastor !

Sem perceber acabou dando ao Papa um poder maior do que ele tem. Transformou o pontífice romano em um ditador que governa por “decreto”. Não tem a menor noção da unidade e coesão católicas decorrentes da ação direta do Espírito Santo.

Com tanta unção do chulé, unção da Vassoura, unção da meia, unção da lama, unção do zoológico, unção da vaca, transferência de unção e tantas outras doutrinas estranhas no meio protestante, o auto nomeado reverendo EXIGE mudanças na igreja da qual ele faz questão de ficar de fora. Quanta “coerência” !

E um terceiro pregador procurou alertar aos evangélicos que Francisco não lhes deve servir de modelo. Só faltou dizer que ele próprio é o modelo a ser seguido. Ou talvez Macedo. Quem sabe Silas ?

Primeiro ele tece elogios ao Papa e depois diz que o papa não serve como modelo. Ora, se o Papa merece elogios é porque fez algo de bom e, portanto, deveria ser copiado. Não parece lógico ??? Não para o auto proclamado pastor. E o interessante é que nenhum de nós é ensinado a seguir modelos de papas. Quem quiser agradar Jesus deve imitar sua mãe. E quem quiser agradar sua mãe deve adorar ao filho.

De certa forma, o auto declarado pastor reconhece que seu povo está inclinado a ajustar mestres para si e dar ouvidos a toda sorte de novidades, razão pela qual não conseguiu disfarçar sua preocupação.

Este pregador ainda escreveu um outro artigo em que sugere que a julgar pela acolhida do povo a Francisco, a vinda do anticristo será facilitada. Além de ter feito uma comparação infeliz e indelicada, acabou sugerindo que os católicos são tolos ao demonstrarem pelo Papa um carinho que não se vê entre os espertos protestantes que se atacam o tempo todo.

Ora, ninguém idolatrou Francisco. Ninguém foi visto acendendo vela para Francisco ou tocando em toalha suada que ele usou, tal como se vê entre os protestantes. Outro “sábio” que não olha para o próprio umbigo.

Conclusão: Mais ou menos conhecidos, o fato é que nenhum deles trouxe nada de novo e muito menos algo construtivo. Apenas reproduziram as críticas que já são conhecidas e repetidas e que por mais que se explique irão durar o tempo que durar o protestantismo. A crítica pela crítica e a fama a qualquer custo.

Sobre Silas Malafaia: Não pretendemos responder a todos estes pregadores. Iremos responder apenas ao conhecido pastor Silas Malafaia que parece ser o maior expoente do segmento protestante. Basta ele aparecer na TV que todos correm para ve-lo e o tomam como representante de todo o segmento.

Alguns de seus ataques podem ser vistos em diversos endereços eletrônicos na Internet. Vamos citar apenas um destes endereços para facilitar o acompanhamento: http://noticias.gospelmais.com.br/silas-malafaia-papa-francisco-cedeu-lobby-gay-58927.html

Frase de Malafaia: “Depois a Igreja Católica reclama que está perdendo gente para a igreja evangélica. Lhe falta condenar o pecado, segundo o que a Bíblia diz e como todos sabem, a Bíblia é o manual de fé e regra dos cristãos”, escreveu. “Por que o Papa não diz que a prática homossexual é pecado e Deus condena na sua palavra?”

Nossa resposta: Eu lamento, mas não reclamo. A Igreja também lamenta porque é mãe. E mãe alguma gosta de ver seus filhos lhe darem as costas. E todos nós lamentamos porque a Igreja é necessária a santificação rumo a pátria celeste e desejamos que todos se salvem. Lamentamos ainda porque, como dizia Chesterton: “A Igreja Católica é a única coisa que salva o homem da degradante escravidão de ser um filho de sua época”.“

Reclamar como ele diz é protestar e reivindicar. E como todos sabemos quem protesta é protestante. E se for protestante como ele, irá protestar contra tudo e contra todos de forma indiscriminada.

Usando as mesmas palavras que Silas(gente): Tais nunca foram gente nossa. Sobre eles o apóstolo João já dizia: “1Jo 2,19 – “Eles Saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos; pois, se tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco. Mas, saíram para que se mostrasse que nem todos são dos nossos, nem do número dos eleitos.”

Se estes que deixam a Igreja fossem fiéis, não teriam saído. Se saíram é porque não são fiéis. Para estes católicos que abandonam a Igreja deixamos uma vez mais o pensamento do santo católico:

“Não acrediteis que os bons podem deixar a Igreja, não é o trigo que o vento carrega. O Furacão não arranca as árvores que tem sólidas raízes, ao contrário são as palhas vazias que a tormenta agita. São as árvores vacilantes que a força do turbilhão abate, contra estes o apóstolo João manifesta a sua repulsa dizendo: ‘Saíram do nosso meio mas não eram dos nossos, pois se fossem realmente dos nossos, teriam permanecido conosco.’” 1 Jo 2,19 (São Cipriano de Cartago 258 d.C).

Fala de Silas Malafaia: “…Lhe falta condenar o pecado, segundo o que a Bíblia diz…”

A Igreja vem condenando todo e qualquer pecado durante os últimos 2.000 anos. Silas ainda não foi informado ?

Ele não entendeu a revolta recente de um grupo contra os símbolos católicos ? Não sabe o motivo dos protestos durante a JMJ ?

Ele nunca viu Bento XVI ser hostilizado no Canadá ou na Alemanha ? Não soube do cardeal belga esbofeteado por um grupo de feministas ? Não tomou conhecimento do chute na Santa Católica promovido por um auto proclamado pastor ?

Ele nunca viu, por exemplo, protestantes que metendo-se em assunto que não lhes diz respeito ficam “indignados” com o celibato sacerdotal católico ?

Por que será que tanta gente se lança contra a Igreja Católica se não pelo fato de que ela condena veementemente o pecado, os modismos, as tendências e as novidades ?

O senhor Malafaia não está interessado na condenação do pecado, mas sim na condenação do pecador. Apontar o dedo é fácil. Difícil é fazer o que se prega. Tirar o cisco do olho alheio é simples. Complicado é dominar as suas próprias paixões.

Ele ainda não sabe que para não cometer o pecado é preciso orar, vigiar e pedir forças a DEUS. E são ainda indispensáveis orientação, carinho, acolhimento, instrução, sacramentos e tudo que somente a Igreja que é santa e santificadora pode proporcionar.

Viver uma vida cristã longe da verdadeira Igreja é como caminhar manco pelo mundo. A pessoa pode ter bons valores, pode ter boas intenções, mas não está completa. O próprio Jesus disse: “Sem mim nada podeis fazer.” E Jesus está na Igreja que ele fundou.

É por isto que chamamos a Igreja de mãe e mestra por excelência. Porquanto ela é coluna e sustentáculo da verdade (I Tim 3.15).

Sr.Silas, Jesus Cristo nos pediu que amássemos ao próximo incondicionalmente. E quem muito ama geralmente não tem tempo para ficar apontando o dedo na cara dos outros. Foi assim que se passou com aquela mulher que escutou de Jesus: “”Muito lhe foi perdoado, porque muito amou…”

Prefiro a orientação de Jesus do que os conselhos dos abeneres, solanos e ciros.

Sr.Pastor, apontar os defeitos alheios é a parte fácil. Mas ao final, como dizia Madre Teresa de Calcutá, nunca foi entre o senhor e o teu irmão, mas entre você e DEUS. Ouça Madre Teresa e esqueça os homens. Ame-os, mas não siga suas doutrinas. Especialmente se este homem for macedo.

O fato de Francisco não berrar, não bater na mesa, não atacar a tudo e a todos e não xingar, não significa que ele está de acordo com o pecado. Amar o pecador não significa concordar com o seu pecado.

Sr.Silas, o Papa Francisco veio abraçar o povo brasileiro. Ele veio ter com os jovens e se o senhor tivesse um pouco de boa vontade teria compreendido que quando o Papa diz, por exemplo, “nademos ou lutemos contra a corrente”, ele está, entre outras coisas, condenando o pecado, os modismos e as tendências.

Fala de Silas Malafaia: “.a Bíblia é o manual de fé e regra dos cristãos.” Nossa resposta: O que o senhor quis dizer que ninguém entendeu ? Alguém falou contra a Bíblia durante a JMJ ? O papa pregou contra a Bíblia ? Explique-se melhor e não faça confusão. A fé vem pelo ouvir e não pela leitura.

Jesus já condenou no passado aqueles que julgavam ter vida eterna porque pensavam conhecer a lei. Jesus lhes ensinou que as próprias Escrituras que eles julgavam conhecer davam testemunho dele. Bíblia protestante: João 5: 39

Pois é. Jesus chegou, pregou, teve morte de cruz, retornou dos mortos e aquele grupo não percebeu que tudo tinha se cumprido.

Tem gente hoje que ainda não percebeu que Jesus Cristo já institui sua Igreja na terra. Tem gente ainda fundando a cada dia a “verdadeira” Igreja de Jesus Cristo.

E o Papa já chegou. Foi embora e não foi visto por aí condenando este ou aquele ou atacando pregador ou igreja protestante.

Percebeu a diferença entre Francisco e Silas ?

O Papa não veio dizer todas as coisas possíveis. Até porque não seria possível dize-las todas em apenas cinco dias.

E o Silas que deseja ver o Papa apontando o dedo para todos, aproveitou a ponta no programa de uma grande emissora para condenar a sua programação televisiva ou reafirmar suas acusações contra ela feitas anos atrás ao lado de Macedo ? E o Silas vem condenando os pecados dos pastores pilantras e ladrões ?

Discurso de Malafaia: “Não temos autoridade para colocar ninguém no céu ou no inferno, mas temos autoridade, segundo a palavra de Deus, para dizer se a prática de alguém é pecaminosa ou não. Não temos autoridade para julgar ninguém que vai a Deus, mas temos autoridade de dizer que uma prática de vida é pecado segundo a luz da Bíblia – explicou.”

A primeira frase: “Não temos autoridade para colocar ninguém no céu ou no inferno…” Nossa resposta: Em outras palavras, o senhor está dizendo que não devemos julgar. Portanto, não julgue.

A segunda frase: “…mas temos autoridade, segunda a palavra de Deus, para dizer a prática de alguém é pecaminosa ou não.” Nossa resposta: Então, outros também possuem o direito de dizer ao senhor quando tuas práticas são pecaminosas. Ou você não tem pecados ?

A terceira frase: “…Não temos autoridade para julgar ninguém que vai a DEUS…” Nossa resposta: Você não tem autoridade mesmo ! Portanto, não diga a Francisco o que fazer. Afinal de contas Jesus disse a Pedro e não aos protestantes: “Tu és Pedro.” “Confirma teus irmãos na fé.” “Apascenta minhas ovelhas.” “O que ligares na terra será ligado no céu.”

A quarta frase: “…mas temos autoridade de dizer que uma prática de vida é pecado segundo a luz da Bíblia – explicou.” Nossa resposta: Quanta falta de amor ! Deixe de lado tua decoreba bíblica e entenda o contexto da mensagem de Francisco.

Procure entender não só as palavras de Francisco, mas especialmente seu silêncio.

Sr.Silas, Francisco está falando de acolhimento e não de viabilizar o pecado.

Sr.Malafaia, para alguns não fumar é fácil. Para outros não beber é simples. Conheço muita gente que nem é cristã e que também não fuma e nem bebe. Por causa de pregadores como o senhor, muita gente acha que servir a Jesus é tão e somente pagar dízimos, vestir-se como crente, não fumar, não beber e comprar os livros e DVDs do pastor.

Pergunto ao senhor o que é mais relevante ? Uma fé que luta contra o pecado ou uma fé mecânica que vivendo de aparência apenas realiza aquilo que é fácil ?

Não por acaso, a Bíblia ensina que o nosso grande desafio é ter domínio próprio. Ou seja, ao invés de apontar o erro alheio, devemos antes tentar dominar as nossas próprias paixões.

Não ser homossexual é algo fácil para mim, pois sou hetero e casado. Mas talvez eu tenha dificuldades com o adultério. E se é assim, com que direito eu julgo o meu irmão que não é hetero ?

Francisco está falando de acolher quem sofre pela solidão e pela indiferença dos “juízes” deste mundo e dos “não” pecadores.

O discurso de Francisco é simples e profundo ao mesmo tempo. Compreensível para os que estão disposto a receber o Reino dos céus como crianças e ao mesmo tempo complicado para os “notáveis” e “sábios” que julgam ter vida eterna porque “conhecem” a Bíblia.

Quais são os nossos méritos quando fazemos apenas aquilo que não é dificil para nós ? Que mérito temos quando deixamos para trás apenas o que não é caro e precioso ?

Qual é o exemplo que nos foi deixado pelo jovem rico decepcionado com a oferta de Jesus ? E contrastando com o jovem rico, o que os apóstolo deixaram para trás quando optaram por Jesus ?

Ora, foi Jesus mesmo que nos orientou a lançar sobre ele os nossos fardos. Entendeu Sr.Silas ? Fardos significam dificuldades, espinhos, desafios, problemas, tristeza, abandono, solidão, carência, vícios, pecados, e tantas outras coisas.

Lembre Sr.Silas, para tratar do pecado, seja ele qual for, é preciso antes acolher o pecador. Foi assim que Jesus sempre fez.

Ainda sobre o discurso do Sr.Silas Malafaia:

“Vamos continuar lendo a palavra, pregando a palavra, distribuindo a palavra de Deus ao povo brasileiro. É exatamente o que está faltando à Igreja Católica.”

Nossa resposta: Lendo a palavra ? Mas não é o crente evangélico que pode ler e interpretar com a assistência do Espírito Santo ? Então por que os crentes precisam de pastores como o senhor ?

Distribuindo a palavra ? Quer dizer que está faltando a Igreja Católica ler a palavra ou distribuí-la ao povo brasileiro ?

Como é o que senhor sabe ? O senhor é perito em Igreja Católica ? O Vaticano encomendou ao senhor algum estudo a respeito do assunto ?

O Senhor já assistiu a uma Santa Missa para saber se existe ou não a leitura da Bíblia ?

E quem são estes aos quais o senhor se refere “Vamos continuar lendo a palavra…” ???

Quem mais está com o senhor ? O pregador do aborto ? O vendedor de TV por assinatura que diz que não se deve ajudar os pobres porque desvia recursos da igreja ? O tal senhor da regressão ao útero materno ? Ou seria aquele outro que prega a heresia de Ário ? Ou seriam aqueles que dizem que não se deve tocar no “ungido” do Senhor ?

Francisco fez sucesso. Maior do que o esperado. Também me surpreendi. E que belo discurso do Vice Presidente da República em agradecimento a visita de Francisco. Que coisa “irritante” não é mesmo Sr.Silas ?

De fato Francisco esteve na TV para milhões de pessoas e foi um grande sucesso.Quer saber ? Na Moral ? A grande estrela da TV em 2013 foi Francisco !!!

E ele não precisou de 30 anos para ter este prestígio todo. E ele não precisou atacar religião alheia para chamar a nossa atenção em torno de sua mensagem. Muito menos chamou aos outros de idiotas, imbecis, trouxas, endemoniados ou filhos do diabo, tal como lamentavelmente assistimos todos os dias no protestantismo.

Francisco reuniu 3,7 milhões de pessoas sem quaisquer esforços. As pessoas gostaram do que viram e do que ouviram.

Bento XVI renunciou e muitos imaginaram: Agora desmorona tudo !!! E veio Francisco e recomeçou tudo outra vez !

Que desagradável não é mesmo Sr.Silas ? E ainda contamos com a brilhante teologia de Joseph Ratzinger. E ele ainda se coloca em posição de submissão a Francisco.

Que coisa mais insuportável não é Silas ? O maior teólogo da atualidade obediente ao sucessor de Pedro.

Isto lembra o maior dos apóstolos que foi Paulo. Fazendo-se o menor entre todos, foi com Barnabé submeter sua doutrinas aos apóstolos menos letrados. Paulo não fundou igrejas e ainda se fez o menor entre todos os apóstolos.

Enquanto alguns querem aparecer na TV a qualquer custo em qualquer programa para falar de qualquer assunto em qualquer emissora, nosso Bento XVI nos transmite um exemplo de desapego ao poder não é mesmo Sr.Silas ?

Sem sombra de dúvida, a decisão de Bento XVI ganhou a admiração e respeito de muitos e, naturalmente, a raiva de alguns poucos eternamente indignados e ciumentos face a humildade alheia.

Ainda o discurso de Silas Malafaia: “Faltou ao Papa a firmeza de dizer que a prática homossexual é pecado. Uma maneira subjetiva e covarde de não assumir uma posição firme que a Bíblia não negocia. – declarou o pastor.

Nossa resposta: O senhor não deve confundir firmeza com falta de educação, histeria ou gritaria. Firmeza pode ser provada com atitudes concretas e não com discursos inflamados. Discurso duro impressiona. Mas não realiza. É no máximo uma boa carta de intenções. Ações efetivas transformam realidades. Ataque menos e faça mais.

Saiba que 30.000 dos seus irmãos participaram da JMJ e não tivemos problema algum com eles. Pelo contrário, a unidade que foi vista naqueles dias emocionou a todos e em especial, vimos em nossos irmãos separados uma disponibilidade para o serviço e grandes manifestações de carinho e respeito. Aprenda com eles Silas.
Ainda o discurso de Silas Malafaia: Malafaia afirmou ainda estar “desconfiado que o Papa está precisando ler mais a Bíblia”, e afirmou que para que a Igreja Católica não perca mais fiéis para as igrejas evangélicas ela deveria motivar os católicos a lerem mais a Bíblia.
Nossa resposta: O Malafaia está desconfiado que o Papa está precisando ler mais a Bíblia. E eu tenho certeza que ele Silas só decora capítulos e versículos.

Silas ainda não sabe que a Bíblia surgiu no mundo cerca de 1.200 anos antes de começar o protestantismo. E eu tenho certeza também que o Macedo não lhe contou que a Bíblia foi dada ao mundo pela Igreja Católica.

Quanto ao papa, tenho certeza de ele sim leu a Bíblia quando fez a opção pelas palavras mais suaves que de acordo com as Escrituras convencem mais do que os gritos de alguns poucos.
Malafaia diz ainda que a Igreja Católica deveria motivar os católicos a lerem mais a Bíblia.

Pois é. Pouco provável que Malafaia conheça 1 bilhão e 200 milhões de católicos no mundo para poder fazer uma afirmação vazia e infundada como a que fez. Mas se ele não tivesse dito o que disse já não seria o Malafaia que todos conhecem. Sabemos que no fins dos tempos os homens acreditariam nas fábulas. As escrituras atestam sobre o fato.

Mas será que Malafaia realmente acredita que os sacerdotes pedem aos fiéis que não leiam a Bíblia ? Será que Macedo tem sobre Silas um poder maior do que imaginávamos ? Será que Silas nunca tomou conhecimento do discurso de Bento XVI onde o pontífice orientava aos fiéis que aproveitassem as suas férias anuais para se dedicarem a leitura da Bíblia ?

Mas uma coisa podemos adiantar ao Sr.Silas Malafaia.

Caro senhor, é exatamente porque vocês estão “motivando” os protestantes a procederem a “leitura” da Bíblia sem a orientação que só pode ser encontrada na verdadeira Igreja, é que vocês estão divididos em 50.000 igrejas contraditórias e divergentes entre si.

Porque Lutero instituiu o livre exame afrontando a Igreja é que ninguém com ele permaneceu. Ao invés de uma Igreja de Lutero, milhares de igrejas protestantes diferentes uma das outras e todas dizendo-se ser a verdadeira Igreja de Jesus Cristo.

Sr.Silas Malafaia, justamente porque todos estão “motivados” e assim todos se julgam “intérpretes” infalíveis, é que um monte de gente resolve fundar Igrejas, pois ninguém aceita instrução e correção de qualquer tipo.

E como alguns não suportam, por exemplo, serem chamados de trouxas ou idiotas por outros é que surgem a cada dia novas e novas denominações. E tantos outros, igualmente “motivados”, acabam indo para a Internet e começam a xingar e criticar pastores e/ou doutrinas. Todos estes “motivados” tornaram-se também “mestres” e “teólogos”.

Fique o senhor sabendo que a Igreja Católica não é um daqueles produtos que o senhor vende em teus programas. A Igreja Católica não é mais uma novidade surgida a partir de um congresso de pastores que o senhor promoveu ou fruto de palestra ministrada pelo “grande” conferencista Malafaia ou por um dos seus amigos da prosperidade. Não compare a colossal teologia católica de 2.000 anos com as doutrinas baratas de Cerullo e Murdock.

O surgimento da Igreja Católica é fruto do amor de DEUS pela humanidade. Mais um daqueles presentes que só o melhor entre todos os pais pode ofertar aos seus filhos.

Como diria Napoleão Bonaparte para fundar Igrejas duas coisas são necessárias. A primeira é morrer em uma cruz e a segunda retornar dos mortos. E fazendo referência a sua própria popularidade na França, acrescentou que tal empreendimento não era possível aos homens, porquanto morrer em uma cruz ninguém desejava. E ressurgir dos mortos ninguém poderia.

Agora não me pergunte qual é a Igreja que deve ser ouvida ?

Uma tem 2000 anos, concílios, duzentos e tantos papas, dogmas, santos e a Santíssima Virgem. E o principal: Seu fundador é Jesus Cristo, o verbo encarnado, o Filho do Altíssimo DEUS. Ele que morreu na cruz e retornou dos mortos.

A tua igreja quem fundou Sr.Silas ? Foi você mesmo ? Você morreu na cruz ? Você retornou dos mortos ?

Tua Igreja tem santo ? Quantos santos tem além de você que acha que pode apontar o dedo na cara dos outros ?

Tua Igreja tem papa ? Quantos papas além de você que julga tua doutrina superior ao Espírito Santo ?

Tua Igreja tem concílios ou tem achismos ? Tua Igreja tem dogmas ou tem “eu decido” ?

Tua Igreja tem a Santíssima Virgem ou tem Maria sendo tratada como mulher como outra qualquer ou barriga de aluguel ?

Tua Igreja tem 2.000 anos de história ou foi fundada a partir de uma brigalhada danada entre pastores de uma das 32.458 denominações com nomes parecidos ?

O que minha Igreja não tem e a tua tem de sobra são aqueles “ungidos” intocáveis. Sobre estes Bento XVI sentenciou: “O perdão não substitui a justiça.”

Percebeu a diferença entre Bento XVI e Silas ?

Outros textos poderiam merecer a nossa indignação. Quanto a estes textos e seus ilustres autores menos conhecidos, iremos fazer o seguinte: Vamos deixa-los sem respostas ao invés de dar publicidade a quem não merece. Se querem fama, deverão conquista-la por meios próprios e produzindo algo de bom ao invés de fofoca e ciúmes. Nada de pegar carona no evento católico. Iremos mante-los no esquecimento. É o que eles merecem.

E se Malafaia não gostou do texto, faça como fazem os “grandes” pregadores que dizendo que religião não serve para nada, alegam perseguição “religiosa” quando são confrontados.

Autor: André Silva com a colaboração de V.De Carvalho – Livre divulgação mencionando-se o autor

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11/09/2013 em Apologética, Papa

 

Tags: ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: