RSS

O Número NOVE nas ESCRITURAS

20 fev
9(NOVE) – O objetivo alcançado

Para começar: nove (9) é o maior número de uma cifra única. E, para falar desse número, apreciemos algumas curiosidades gerais.

Nove são os meses da normal gestação humana. Novena são nove dias de oração que fazemos para preparar bem uma festa importante. São nove os planetas conhecidos do sistema solar. Segundo a angelologia, nove são os coros angélicos, agrupados em três hierarquias. No futebol, espera-se que o centroavante, que veste a camisa nove, marque o gol, em função do qual o time inteiro se empenha e todas as ações se desenvolvem.

Apreciando as fases lunares, constata-se que a lua minguante assemelha-se ao seis (imperfeição), ao passo que a crescente tem forma de nove (caminho de perfeição). Para a cosmologia, medieval são nove as esferas celestes. Neste sentido o número nove tem conotação de perfeição, de cumprimento, de objetivo alcançado. Por isso mesmo, convencionou-se que é o número do altruísmo, símbolo do amor universal, da fantasia e da liberdade. Na mesma linha, a numerologia vê o nove como o número que simboliza o senso de humanidade, ajuda ao próximo e generosidade, dinamismo e solidariedade, sabedoria e incondicionalidade.

Por ser o mais elevado dos algarismos elementares, o nove assinala o fim de uma fase vital e espiritual. Uma corrente da espiritualidade cristã desenvolveu, lá pelos anos 70, uma espécie de itinerário espiritual a partir do eneagrama que, literalmente, é uma figura de nove lados. Aliás, já desde a Antigüidade (Pitágoras, Plotino etc.), o nove é considerado número místico. Por isso mesmo, essa corrente, fazendo-se auxiliar por várias disciplinas, como a psicologia e a psicoterapia, busca a serenidade, a perfeição e a felicidade, de acordo com o tipo da pessoa. A propósito, individuaram-se nove tipos psicológicos elementares do ser humano e nove características ou virtudes em base às quais a pessoa trilha seu caminho de perfeição. O movimento da Nova Era apossou-se e reinterpretou esses rudimentos eneagramáticos.

Nas escrituras
Embora a tradição bíblica suponha o valor simbólico dos números, é preciso reconhecer que o nove não tem ocorrências expressivas na Sagrada Escritura. Ainda assim, também para o mundo bíblico, esse número indica a perfeição, o quadrado de três. Limitamos-nos, aqui, a cinco breves referências.

No quinto dia da Festa das Tendas (que celebrava a peregrinação do povo de Israel pelo deserto e durava oito dias), oferecia-se, entre outros sacrifícios, nove novilhos (cf. Lv 29, 26).

Oséias, filho de Ela, reinou nove anos sobre Israel (cf. 2Rs 17, 1). Além dos seis filhos que lhe nasceram enquanto era rei em Hebron, Davi teve nove filhos legítimos nos 33 anos de reinado em Jerusalém (cf. 2Cr 3, 5-8).

Segundo o Evangelho de Lucas, Jesus ficou impressionado com a ingratidão de nove dos dez leprosos por ele curados (cf. Lc 17, 17). Para Mt 27, 46, a nona hora foi a da morte redentora de Jesus Cristo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20/02/2014 em Bíblia

 

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: