RSS

A MISSA É BÍBLICA

15 mar

 

 

A Missa é a celebração eucarística do corpo e sangue de Cristo ordenada pelo próprio Senhor na última ceia (Luc 22,19; I Cor 11,23-27) e vivenciada pelos Apóstolos e os primeiros cristãos como testemunham o livro dos Atos e as Cartas dos Apóstolos, sendo chamada, na época, de fração do pão (At 2,42), partir o pão (At 2,46; 20,7) ou ceia do Senhor (I Cor 11,20) .

 Abaixo, coloquei algumas passagens bíblicas usadas no ritual da Missa: Saudação, Ato penitencial, Glória, Ofertório, Comunhão, etc.

Ao fim, um testemunho da Missa dos primeiros cristãos (ano 155), algumas citações bíblicas sobre o culto da memória dos santos, o uso de relíquias,imagens, incenso e  velas na Missa.

Alegremo-nos, pois pertencemos a única Igreja Mãe, fundada por Cristo, e participamos de seu divino culto bimilenar.

 

 

 

 

 

 

SAUDAÇÃO INICIAL 

 

 

 

 é sempre tirada de uma das cartas de São Paulo, como esta, por exemplo:

Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.”
( 1 Cor 1,3)
 
 
“2 Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
3Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda a consolação,”
(2 Cor 1,3)
 

 “O Deus da esperança vos cumula de todo gozo e paz em vossa fé, até transbordar de esperança pela força do Espírito Santo” ( Rm 15, 13).

 

“a todos os que estais em Roma, amados de Deus, chamados para serdes santos: Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. (Rm 1″

 

 

 

 

ATO PENITENCIAL

Logo no início da Missa pedimos perdão com uma fórmula, baseada nos Evangelhos:

 

30 e eis que dois cegos, sentados junto do caminho, ouvindo que Jesus passava, clamaram, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de nós.

 

31 E a multidão os repreendeu, para que se calassem; eles, porém, clamaram ainda mais alto, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de nós.”

 

(Mt 20,31)

 

 

 

E eis que uma mulher cananéia, provinda daquelas cercania, clamava, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de mim, que minha filha está horrivelmente endemoninhada.

 

(Mt15,22)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HINO DE GLÓRIA

Após pedir perdão, cantamos ou rezamos o Hino de glória baseado em textos sagrados, começando pelo glória dado pelos anjos no nascimento do Senhor:

 

 

 

 

 

 “Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra aos homens de boa vontade.”

 

(Lc 2,14)

 

  Nesse hino exaltamos Cristo por aquilo mesmo que Ele é: 

Senhor (Fl 2,11), Cordeiro ( Jo 1,36), Filho de Deus Pai ( Mc 1,11).

 





 


LITURGIA DA PALAVRA

Depois do glória, ouvimos a leitura da Bíblia. Ao final da leitura de alguma passagem, se diz “palavra do Senhor!”:

 

 

 

 

 

 

“Disse mais Moisés a toda a congregação dos filhos de Israel: Esta é a palavra que o Senhor ordenou … ” (Ex 35:4)

 

 “Então disse Isaías a Ezequias: Ouve a palavra do Senhor:

 

(2 R 20,16)

 

” E à casa do rei de Judá dirás: Ouvi a palavra do Senhor:

 

(Jer 21,11)

 

 

 

 

 


Em seguida, o povo responde” Graças a Deus“:

 

 

 

“Por isso nós também, sem cessar, damos graças a Deus, porquanto vós, havendo recebido a palavra de Deus que de nós ouvistes, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo ela é na verdade) como palavra de Deus, a qual também opera em vós que credes.”

 

(1 Tes 2,13)

 






OS SALMOS 

Entre a primeira leitura , tirada do Antigo Testamento e a segunda, tirada do Novo Testamento, cantamos ou rezamos um salmo:

 

 “Apresentemo-nos diante dele com ações de graças, e celebremo-lo com salmos de louvor.”

 

(Sl 95:,2)

 

 

 

“falando entre vós em salmos, hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração”

 

(Ef 5,19)

 

 

 



O EVANGELHO

 

 Antes de ouvir os Evangelhos, fazemos o sinal da cruz sobre a testa, para que a Palavra penetre em nossa mente, nos lábios, para que a professemos com a boca ,e sobre o peito, para que a vivamos no coração.

 

“Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado.”

 

(Jo 15,3)

 

 

 

 

 

 

 

ORAÇÃO DA ASSEMBLÉIA

Terminada as leituras e a reflexão sobre elas na homília, a Igreja nos convida a rezar ou agradecer por todos e por tudo:

 

 

 

 “Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens,

 

(1 Tm 2,1)

 

 

 

 

 

“Finalmente, irmãos, orai por nós, para que a palavra do Senhor se propague e seja glorificada. como também o é entre vós,”

 

(2 Tes 3,1)

 

 

 

 

 

 

 

OFERTÓRIO:

Terminda a oração da Assembléia, entramos na parte Eucarísitca da Missa, começando com o Ofertório do pão e do vinho:




 

 

 

 

 

 

 “14 e oferecerá a sua oferta ao Senhor: um cordeiro de um ano, sem defeito, como holocausto, e uma cordeira de um ano, sem defeito, como oferta pelo pecado, e um carneiro sem defeito como oferta pacífica;

 

15 e um cesto de pães ázimos, bolos de flor de farinha amassados com azeite como também as respectivas ofertas de cereais e de libação.

 

16 E o sacerdote os apresentará perante o Senhor, e oferecerá a oferta pelo pecado, e o holocausto;

 

17 também oferecerá o carneiro em sacrifício de oferta pacífica ao Senhor, com o cesto de pães ázimos e as respectivas ofertas de cereais e de libação. “

 

(Num 6,14-17)

 

 

 

Enquanto o sacerdote, o padre, prepara as oferendas de pão e vinho, nós  oferecemos tudo o que somos e o que temos, espiritualmente e materialmente ( dinheiro):

“E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos! E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.”
(Gn 14,20)

 
“Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente que cada ano se recolher do campo.”
(Dt 14,22)

 
“Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome; trazei oferendas, e entrai nos seus átrios. ”
(Sl 96,8)

 

 “No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder, conforme tiver prosperado, guardando-o, para que se não façam coletas quando eu chegar.”

(1 Coríntios 16,2)

 Lembrando que Paulo nos diz para dar o que puder, quem pode mais,  oferece mais dinheiro quem não pode , oferece o que tem.

Não é certo explorar os pobres como muitas igrejas cristãs fazem.

 Porém, mais que nossa oferta material, dinheiro, bens, Deus quer nosso coração. Nossa vida, nossas boas obras são a maior oferta feita a Deus:




“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas. ”
(Mt 23,23
)

 

 

 

 

 

SANTO, SANTO, SANTO:

 

Nessa parte da Missa, também nos unimos aos anjos e santos para cantar o Santo:


 “Os quatro seres viventes tinham, cada um, seis asas, e ao redor e por dentro estavam cheios de olhos; e não têm descanso nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, aquele que era, e que é, e que há de vir.”

 (Apo 4,8)

Conforme nos diz o livro de Isaías 6, 1-3:

1 No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as orlas do seu manto enchiam o templo.

2 Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava.
3 E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; a terra toda está cheia da sua glória.

 
 

CONSAGRAÇÃO DAS OFERTAS:

 


Para consagrar o pão e o vinho, o padre repete na íntegra o texto do Evangelho da última ceia:




“19 E tomando pão, e havendo dado graças, partiu-o e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim.
20 Semelhantemente, depois da ceia, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto em meu sangue, que é derramado por vós.”
(Lc 22, 19-20)




 

 “23Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou pão; 

 

 

24 e, havendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo que é por vós; fazei isto em memória de mim.

 

25 Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim.

 

(1 Cor 11, 23-25)

ORAÇÃO EUCARÍSTICA

Logo após a consagração, rezamos pela Igreja, pelos defuntos, em comunhão com os santos, rendemos ação de graças, rezamos pela unidade pela paz da Igreja. 

Nós, povo, respondemos às orações dirigidas pelo sacerdote fórmulas variadas, mas que sempre nos lembram que somos uma única Igreja:

“Nós somos muitos e formamos um só corpo em Cristo, sendo membros uns dos outros” (Rm12, 5).





PAI NOSSO
Rezamos o Pai nosso, como ordenou o Senhor:


“Portanto, orai vós deste modo:

 Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal.”
(Mt 6,9-13)

“Ao que ele lhes disse: Quando orardes, dizei:

 Pai, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano; e perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a todo aquele que nos deve; e não nos deixes entrar em tentação, [mas livra-nos do mal.] ”
(Lc11,2-4)






CORDEIRO DE DEUS QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO, TENDE PIEDADE DE NÓS!:


“Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” (Jo1,29)

EIS O CORDEIRO…
Antes da comunhão o Padre diz:


No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.”(Jo 1,29)





SENHOR ,EU NÃO SOU DIGNO QUE ENTREIS…

 

Antes da comunhão rezamos como o Centurião Romano:

” O centurião, porém, replicou-lhe: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado; mas somente dize uma palavra, e o meu criado há de sarar.”
(Mt 8,8)





A COMUNHÃO

A comunhão como corpo e o sangue de Cristo é o que temos de mais precioso e o motivo principal do nosso culto, pois para o católico a hóstia (pão) é o Corpo e o vinho o Sangue de Cristo:




“Porventura o cálice de bênção que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos, não é porventura a comunhão do corpo de Cristo?”
(1 Cor 10,16)
 “e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.”
 (At 2,42)

 

“É nessa vontade dele que temos sido santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez para sempre.”
(Hb 10,10)

 









PARA RECEBER A COMUNHÃO É PRECISO CONFESSAR PECADOS GRAVES

 

 

Mas para receber a comunhão é preciso não ter pecado grave:

 

 

“27 De modo que qualquer que comer do pão, ou beber do cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor.

 

28 Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice.

29 Porque quem come e bebe, come e bebe para sua própria condenação, se não discernir o corpo do Senhor.
(2 Cor 11, 27-29)

 BÊNÇÃO FINAL:

 

Depois da oração final da comunhão, recebemos a bênção de Deus pelas mãos do sacerdote, que usa entre as várias fórmulas da Igreja, a bíblica de Moisés, usada como base para as outras:

” O Senhor te abençoe e te guarde;

 

25 o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti;

 

26 o Senhor levante sobre ti o seu rosto, e te dê a paz.

 

27 Assim porão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei. “

 

(Num 6, 24-27)



FINAL DA MISSA:


 

 

No fim o Padre diz uma fórmula baseada na Bíblia: “Ide ….”

 

“Ao que lhes disse o sacerdote: Ide em paz; perante o Senhor está o caminho que seguis.”

 

(Jz 18,6)


Em latim:

“Ite Missa Est”.


Daí veio o nome do Culto dos Cristãos : Missa ( significa Missão, nossa missão começa ao fim da Missa, levar a Palavra de Deus ao mundo)



 
Deixe um comentário

Publicado por em 15/03/2014 em Missa

 

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: