RSS

Refutando as acusações dos adventista do sétimo dia

29 mar

Escolas adventistas_original

(

A seita Adventista do sétimo dia, em suas escolas adventistas, deturpam toda a Palavra de Deus, e se juntam às demais denominações protestantes, que se contradizem entre si em suas doutrinas, mas que concordam em um único ponto: denegrir a única Igreja fundada por Cristo, existente desde a época dos Apóstolos.

Ainda hoje, vemos o descaramento de adventistas, em acusar a Igreja Católica de ser a Prostituta do Apocalipse e o Papa, de ser a Besta. Mas nem todos ainda pensam assim.

Após anos de várias sucessões papais, adventistas da Polônia viram que suas teses não condiziam com a verdade, já que vários Papas se passaram e eles ficaram “sem graça” de mais uma vez insistirem na mesma tecla; já estava perdendo a graça. Fato esse que levou os adventistas do país a pedirem desculpas aos católicos e a fazer um acordo com a Igreja Católica, dizendo que nunca mais a acusariam de ser a “Prostituta do Apocalipse”, reconhecendo seu erro.

Mas então quem é a figura mencionada em Apocalipse 17, 18?

A besta do mar era o Império Romano; a besta da terra era a adoração do imperador. Não é difícil ver quem era Babilônia. Era uma grande cidade que dominava sobre os reis da terra (17:18), construída sobre sete colinas (17:9). Ela era rica (18:11-13), arrogante (18:7) e absolutamente ímpia (17:5). Ela era a cidade de Roma, e não a Igreja de Roma.

Ora, o Império Pagão era símbolo do Anti-Cristo, da Anti-Igreja. E os apóstolos já utilizavam o codinome Babilônia para a Roma Antiga, com esta conotação e não para acusar a Igreja fundada por Jesus Cristo.

A Igreja foi fundada por Cristo e não por Guilherme Miller e nem pelo casal Tiago e Ellen White, fundadores do Adventismo. A Igreja Verdadeira não se isolou no deserto e sumiu do mapa, como pretende a fábula adventista.

A história dá testemunho de que a Igreja fundada por Cristo se perpetuou através dos séculos na Sucessão dos Apóstolos, lutou contra as mais funestas heresias e nos deu a Bíblia Sagrada. Esta mesma história testemunhou a transformação que esta mesma Igreja trouxe ao Ocidente e Oriente durante a Idade Média.

O Império Pagão que a Igreja derrotou, voltou a surgir com a Revolução Francesa e o Iluminismo. Em nosso tempo atual se chama Modernidade, desgraça esta vem promovendo uma demolição da sociedade cristã e que deseja implantar em todo mundo um neo-paganismo, onde se pretende que o Estado acolha com bons olhos o aborto, a eutanásia, o homossexualismo, o divórcio e tantas outras desgraças.

Não vejo a Igreja Adventista empreendo uma luta contra estas malesas que nos afligem. Aliás, em qualquer noticiário que seja, não encontramos nenhum nome de qualquer seita a respeito. Enquanto que a Mídia ataca com unhas e dentes a Igreja Católica por suas posições e convicções cristãs.

A suposta perseguição dos adventistas por causa do Sábado é uma fábula que serve para distrair os vacilantes. A perseguição que ao Mundo Moderno empreende hoje não é contra o Adventismo, mas contra o Catolicismo.

Veja o que S. Paulo escreveu à Igreja Romana:

a todos os que estão em Roma, queridos de Deus, chamados a serem santos: a vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e da parte do Senhor Jesus Cristo! Primeiramente, dou graças a meu Deus, por meio de Jesus Cristo, por todos vós, porque em todo o mundo é preconizada a vossa fé […] O Deus da paz em breve não tardará a esmagar Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco!” (Rm 1,7-8; 16,20)

Não sei como ainda alguns pertencem cegamente à essa seita. Alguns o fazem por tradição familiar, mas se conhecessem a origem dessa seita, e os absurdos e mentiras ditas por Ellen White, que criou o Adventismo, logo certamente fugiriam correndo de lá.

Basta pesquisar e ver as datas que a pseudo-profetiza Ellen disse que Jesus voltaria, e não voltou. Ou, então, as heresias dessa seita que diz que o Arcanjo Miguel é a mesma pessoa de Jesus, e que Jesus participou sim da natureza pecaminosa como ser humano. Ou ainda que não se pode comer carne de porco, contradizendo a Bíblia que diz que o que é impuro não é o que entra pela boca, mas o que sai. Como Satanás brinca com aqueles que Deus ama. Sim! Porque Deus ama a todos, sem distinção!

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/03/2014 em Adventistas

 

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: