IMORTALIDADE DA ALMA


O que as sagradas escrituras ensinam?

A Bíblia é recheada de afirmações a respeito da alma imortal. Embora o velho testamento não tenha uma alusão clara sobre esse tema (tendo em vista que a revelação não estava concluída) o novo testamento apresenta provas de que após a morte o espírito preserva suas faculdades e lembranças. Na transfiguração de Cristo, Moisés que já havia morrido, aparece ao Senhor e tinha consciência das coisas que se passavam (Mc 9,4). O apostolo Paulo escreve aos Filipenses que embora na carne o evangelho de Cristo tenha se fortificado, seu desejo era partir para estar com o Senhor:

Fp 1,23Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor. 

Assim como diz na segunda carta aos Coríntios que tem o desejo de deixar o corpo para habitar com o Senhor:

II Cor 5,8-9Mas temos confiança e desejamos antes deixar este corpo, para habitar com o Senhor. Pois que muito desejamos também ser-lhe agradáveis, quer presentes, quer ausentes.


O que a Sagrada Tradição ensina?

A história da Igreja confirma aquilo que os apóstolos acreditavam: que após a morte, encontramos o Senhor e esse estado caracterizado como “intermediário” prefigura o aguardo dos justos (ou injustos / Hades) pela tão aguardada ressurreição. Irineu de Lião (180) escreveu em seu livro “Contra as Heresias” que o Senhor deixou claro o ensino a respeito das almas após a morte:

Contra as Heresias, pg. 239, Livro II / 34.1 – “O Senhor ensinou de forma clara que as almas não só perduram sem passar de corpo em corpo, mas conservam imutadas as características dos corpos em que foram colocadas e se lembram das ações que fizeram aqui na terra e das que deixaram de fazer”.


Eusébio, importante historiador da Igreja, deixou claro em um de seus escritos que a “morte” ou “sono” da alma era uma doutrina alheia à verdade:

História Eclesiástica, pg. 322, divergência dos árabes / cap 37 – “Apareceram ainda, na Arábia, no tempo a que nos referimos, introdutores de uma doutrina alheia a verdade. Asseveravam que a alma humana neste mundo, no momento final provisoriamente morre com o corpo e com ele se corrompe, mas no futuro, por ocasião da ressurreição, com ele reviverá. Então, foi convocado um IMPORTANTE concílio” 

Anúncios
Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Twitter do Papa
Mídia Católica

 

Atualizações
Translator
Italy
Calendário
outubro 2014
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Visitantes
  • 2,655,850 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
LINKS
%d blogueiros gostam disto: