Tradição Oral Sacra na Igreja Primitiva

________________________________________________________

NOTAS:

A tradição defendida pela igreja primitiva e na bíblia

A PROVA:

2 Tessalonicenses 2:15: “Permanecei firmes e retende as tradições que lhe foram ensinadas, seja por uma declaração oral ou por uma carta de nós.”
________________________________________________________

Fp 4: 9: “Continue fazendo o que você aprendeu e recebido e ouvido, e vistes em mim, então o Deus da paz estará convosco.”.

________________________________________________________

1 Corinto 11: 2: “Eu te louvarei, porque se lembra de mim em tudo e retende as tradições, assim como eu entregou-los para você.”
________________________________________________________

2 Tessalonicenses 3: 6: “Instruímos-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, para evitar qualquer irmão que se conduz de forma desordenada e não segundo a tradição que receberam de nós.”

________________________________________________________

1 Pedro 1:25: Mas a Palavra do Senhor permanece para sempre esta é a Palavra que foi proclamada a você (ou seja, por via oral).”.

________________________________________________________

Nos Padres da Igreja:

ST. Ireneu de Lião (c 180 AD.):

“Tão forte são esses argumentos que ninguém deve passar a buscar a verdade de qualquer outra fonte, uma vez que seria simples para obtê-lo da Igreja …. Por conta disso somos obrigados a evitá-los, mas para fazer a escolha das coisas respeito da Igreja com a máxima diligência, e em lançar mão da tradição da VERDADE ..para como deve ser, se os próprios apóstolos não tinha deixado-nos a escrever? Seria necessário [nesse caso] para seguir o curso da tradição que eles transmitiram para aqueles que cometeram as Igrejas? ” (Contra as heresias 3: 4: 1)
_________________________________________________________

“Embora nenhum outro sabe que nós a disposição de nossa salvação, do que aqueles por quem o Evangelho veio até nós, primeiro anunciando que, em seguida, pela vontade de Deus, entregando-nos as Escrituras, que deveriam ser o fundamento e pilar de nossa fé…
_

mas quando os hereges usa as Escrituras, como se eles estavam errados e una , e variável, e a verdade não pode ser extraído a partir deles por aqueles que eram ignorantes da tradição.

E quando nós desafiá-los por sua vez, com essa tradição, que é a partir dos Apóstolos, que é vigiado pela sucessão dos presbíteros nas igrejas, eles se opõem-se a tradição, dizendo que eles são mais sábios, não só do que os presbíteros, mas até do que os Apóstolos!
_

A tradição dos apóstolos manifestou, pelo contrário, em todo o mundo, está aberta em cada igreja a todos os que buscam a verdade …

E já que é uma longa matéria em um trabalho como este para enumerar essas sucessões, vamos refutar-los, apontando para a tradição do maior e mais Igreja antiga e universalmente conhecido fundada e constituída em Roma pelos gloriosos apóstolos, Pedro e Paulo, uma tradição que ela teve e uma fé que ela proclama a todos os homens a partir desses apóstolos “. (Contra as Heresias 3: 1-3)

“Ele vem para isso, portanto, esses homens não concorda com qualquer Escritura nem tradição”. (Contra as heresias 3: 2: 2).
_________________________________________________________

Tertuliano de Cartago (200 c.):

“Nós não tomamos nosso ensino bíblico das parábolas, mas nós interpretamos as parábolas de acordo com o nosso ensino.” (Pureza 9: 1)

“Por esta razão, não deve apelar apenas para as Escrituras nem lutar a nossa batalha em terra, onde a vitória é impossível ou incerta ou improvável. Para um resort com as Escrituras iria, mas resultar na colocação de ambas as partes em pé de igualdade, ao passo que a ordem natural de procedimento requer uma pergunta a ser feita em primeiro lugar, que é a única empresa que deve ser discutido. “Quem são os guardiões da verdadeira fé?

_
A quem pertencem as Escrituras? Por quem e através de quem e quando e para quem foi o cometeu a doutrina que nos faz cristãos? Para onde quer que a verdade da doutrina e da fé cristã respeitar claramente, haverá também as verdadeiras Escrituras e as verdadeiras interpretações e todas as verdadeiras tradições cristãs. ” (On Prescrição contra os hereges 36)
_________________________________________________________

ORÍGENES (c 220.):

“Embora existam muitos que acreditam que eles se colocam aos ensinamentos de Cristo, existem ainda alguns entre eles que pensam diferente de seus antecessores.

O ensinamento da Igreja tem sido, de facto, transmitida através de uma ordem de sucessão dos Apóstolos e restos . nas igrejas até mesmo para o tempo presente Isso por si só é para ser acreditado como a verdade, que não é de forma em desacordo com a tradição eclesiástica e apostólica “(As doutrinas fundamentais de 1: 2 [AD 225]).
_________________________________________________________

ST. Cirilo de Jerusalém (c 350.):

“Mas na aprendizagem da Fé e em professar que, adquirir e manter apenas o que agora é entregue a você pela Igreja, e que tem sido construída fortemente sobre as Escrituras.” (Cat V: 12)
_

Que Escrituras? Estes:

“Saiba também diligentemente da Igreja, quais são os livros do Antigo Testamento e quais são os livros do Novo”. (Cat IV: 33)

Nota: São Cirilo está se referindo à igreja local uma vez que, no seu dia, diferentes cidades-igrejas reconhecidas diferentes cânones bíblicos. E o próprio fato de que ele precisa dizer aos seus novos convertidos isso mostra que o cânone bíblico ainda não foi universalmente estabelecida.
__________________________________________________________

ST. Antônio do Egito (c 320.):

“Portanto, guardai-vos tudo o mais não viciada por eles (os arianos), e observar as tradições dos pais e, principalmente, a santa fé em nosso Senhor Jesus Cristo, o que você aprendeu com as Escrituras, e que você tem sido muitas vezes colocar em mente por mim “. (Atanásio “Vida de Anthony” NPNF Vol IV 2ª Série).

_________________________________________________________
ST. Atanásio (c 296-370.):

“Deixe-os (os arianos) nos dizer do que o professor, ou a partir do que a tradição, eles derivam essas noções sobre o Salvador”. (De Decr 13)

“Para que os nossos pais tenham entregue, esta é a verdadeira doutrina; e este é verdadeiramente o símbolo dos médicos, para confessar a MESMA COISA uns com os outros, e para variar nem de si mesmos nem de seus pais, e que os que não têm este caráter não são para ser chamado verdadeiros médicos “. (De Decr 4)

“O estabelecimento de sua impiedade PRIVATE como uma espécie de regra, eles (os arianos) arrancar todos os oráculos divinos (as escrituras) em conformidade com ela.” (Orat 1, 52)

“Se eles habitaram nesses pensamentos e reconheceu a ECCLESIASTICAL (ou seja, a Igreja) escopo como uma âncora para a fé, eles não fizeram naufrágio da fé.” (Orat 3, 58)
_________________________________________________________

ST. Basílio, o Grande (c. 370)

“Dos dogmas e mensagens preservadas na Igreja, alguns de nós possuímos ensinamento escrito e outros recebemos da Tradição dos Apóstolos, transmitido para nós em mistério (ie, Sacramento; a Liturgia da Missa).. No que diz respeito ao piedade ambos são da mesma força.

Ninguém vai contradizer qualquer um destes, ninguém, em todo caso, que está mesmo moderadamente versado em assuntos eclesiásticos. De fato, se nós tentarmos rejeitar os costumes não escritos como não tendo grande autoridade, estaríamos sem querer ferir o Evangelho em seus sinais vitais, ou melhor, gostaríamos de reduzir mensagem [Christian] a um mero termo “. (O Espírito Santo 27:66 [AD 375]).
_________________________________________________________

ST. Gregório de Nazianzo (370 c.):

“Eu desejo para aprender o que é a moda da inovação nas coisas concernentes a Igreja. Mas desde que a nossa fé tem sido proclamado por escrito e sem escrever, aqui e em partes distantes, em tempos de perigo e de segurança, como é que alguns fazer essas tentativas e outros mantêm em silêncio? ” (Ep 101).

“É suficiente para a prova de nossa afirmação de que temos uma tradição descendo dos pais, uma herança como se fosse, por sucessão dos apóstolos através dos santos que vieram depois deles (Contra Eunomius 4, 6 sobre a natureza de Cristo).
_________________________________________________________

ST. Epifânio de Salamina (c. 370)

“É necessário também fazer uso da Tradição, para que nem tudo pode ser obtido a partir da Sagrada Escritura. O Santos Apóstolos proferidas algumas coisas nas Escrituras, outras coisas na tradição.” (Medicine Chest contra todas as heresias 61: 6 [AD 375]).

ST. João Crisóstomo (c. 390)

“‘Permanecei firmes e retende as tradições que lhe foram ensinadas, seja por uma declaração oral ou por uma carta” (2 Tessalonicenses 2:15). Por isso, é evidente que eles não entregar todas as coisas por epístola, mas muitas coisas não escritas e, da mesma maneira tanto um quanto o outro são dignos de crédito. Por isso, vamos pensar a tradição da Igreja, também digno de crédito. É uma tradição, procurar mais longe. ” (Comentário sobre 2 Tessalonicenses NPNF 13: 390).

ST. Agostinho de Hipona (c. 400)

“Aqueles que mantemos, não como sendo escrito, mas a partir de tradição, se observada por toda a cristandade, são, assim entendida a ser cometido a nós pelos próprios Apóstolos ou Conselhos plenárias, e para ser mantido como instituídas.” (Ep 118).

“Mas, em relação a essas observâncias que nós cuidadosamente frequentam e que o mundo todo mantém, e que não derivam da Escritura, mas a partir de Tradição, que nos é dado a entender que eles são recomendados e ordenado para ser mantido, seja pelos próprios Apóstolos ou por plenária [ecumênicos] conselhos, cuja autoridade é muito vital na Igreja “(Carta aos Januário [400 dC]).

“E se alguém procurar por autoridade divina neste assunto, embora o que é mantido por toda a Igreja, e não como instituído pelos Conselhos, mas como uma questão de costume invariável, é justamente considerado como tendo sido proferidas pela autoridade apostólica.” ( No Batismo 24 falando do Batismo das crianças).
__________________________________________________________

“[O] costume [de não rebatizar convertidos] … pode ser suposto ter tido sua origem na Tradição Apostólica, assim como há muitas coisas que são observadas por toda a Igreja, e, portanto, são bastante mantidos até foram intimados pelos Apóstolos, que ainda não são mencionados em seus escritos “(no Batismo, contra os donatistas 05:23 [31] [400 dC]).

"Tradição Oral Sacra na Igreja Primitiva
________________________________________________________

NOTAS:

A tradição  defendida pela igreja primitiva e na bíblia 

A PROVA:

2 Tessalonicenses 2:15: "Permanecei firmes e retende as tradições que lhe foram ensinadas, seja por uma declaração oral ou por uma carta de nós."
________________________________________________________

Fp 4: 9: "Continue fazendo o que você aprendeu e recebido e ouvido, e vistes em mim, então o Deus da paz estará convosco.".

________________________________________________________

1 Corinto 11: 2: "Eu te louvarei, porque se lembra de mim em tudo e retende as tradições, assim como eu entregou-los para você."
________________________________________________________

2 Tessalonicenses 3: 6: "Instruímos-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, para evitar qualquer irmão que se conduz de forma desordenada e não segundo a tradição que receberam de nós."

________________________________________________________

1 Pedro 1:25: Mas a Palavra do Senhor permanece para sempre esta é a Palavra que foi proclamada a você (ou seja, por via oral).".

________________________________________________________

Nos Padres da Igreja:

ST. Ireneu de Lião (c 180 AD.):

"Tão forte são esses argumentos que ninguém deve passar a buscar a verdade de qualquer outra fonte, uma vez que seria simples para obtê-lo da Igreja .... Por conta disso somos obrigados a evitá-los, mas para fazer a escolha das coisas respeito da Igreja com a máxima diligência, e em lançar mão da tradição da VERDADE ..para como deve ser, se os próprios apóstolos não tinha deixado-nos a escrever? Seria necessário [nesse caso] para seguir o curso da tradição que eles transmitiram para aqueles que cometeram as Igrejas? " (Contra as heresias 3: 4: 1)
_________________________________________________________

"Embora nenhum outro sabe que nós a disposição de nossa salvação, do que aqueles por quem o Evangelho veio até nós, primeiro anunciando que, em seguida, pela vontade de Deus, entregando-nos as Escrituras, que deveriam ser o fundamento e pilar de nossa fé...
_

mas quando os hereges usa as Escrituras, como se eles estavam errados e una , e variável, e a verdade não pode ser extraído a partir deles por aqueles que eram ignorantes da tradição. 

E quando nós desafiá-los por sua vez, com essa tradição, que é a partir dos Apóstolos, que é vigiado pela sucessão dos presbíteros nas igrejas, eles se opõem-se a tradição, dizendo que eles são mais sábios, não só do que os presbíteros, mas até do que os Apóstolos! 
_

A tradição dos apóstolos manifestou, pelo contrário, em todo o mundo, está aberta em cada igreja a todos os que buscam a verdade ... 

E já que é uma longa matéria em um trabalho como este para enumerar essas sucessões, vamos refutar-los, apontando para a tradição do maior e mais Igreja antiga e universalmente conhecido fundada e constituída em Roma pelos gloriosos apóstolos, Pedro e Paulo, uma tradição que ela teve e uma fé que ela proclama a todos os homens a partir desses apóstolos ". (Contra as Heresias 3: 1-3)

"Ele vem para isso, portanto, esses homens não concorda com qualquer Escritura nem tradição". (Contra as heresias 3: 2: 2).
_________________________________________________________

Tertuliano de Cartago (200 c.):

"Nós não tomamos nosso ensino bíblico das parábolas, mas nós interpretamos as parábolas de acordo com o nosso ensino." (Pureza 9: 1)

"Por esta razão, não deve apelar apenas para as Escrituras nem lutar a nossa batalha em terra, onde a vitória é impossível ou incerta ou improvável. Para um resort com as Escrituras iria, mas resultar na colocação de ambas as partes em pé de igualdade, ao passo que a ordem natural de procedimento requer uma pergunta a ser feita em primeiro lugar, que é a única empresa que deve ser discutido. "Quem são os guardiões da verdadeira fé? 

_
A quem pertencem as Escrituras? Por quem e através de quem e quando e para quem foi o cometeu a doutrina que nos faz cristãos? Para onde quer que a verdade da doutrina e da fé cristã respeitar claramente, haverá também as verdadeiras Escrituras e as verdadeiras interpretações e todas as verdadeiras tradições cristãs. " (On Prescrição contra os hereges 36)
_________________________________________________________

ORÍGENES (c 220.):

"Embora existam muitos que acreditam que eles se colocam aos ensinamentos de Cristo, existem ainda alguns entre eles que pensam diferente de seus antecessores. 

O ensinamento da Igreja tem sido, de facto, transmitida através de uma ordem de sucessão dos Apóstolos e restos . nas igrejas até mesmo para o tempo presente Isso por si só é para ser acreditado como a verdade, que não é de forma em desacordo com a tradição eclesiástica e apostólica "(As doutrinas fundamentais de 1: 2 [AD 225]).
_________________________________________________________

ST. Cirilo de Jerusalém (c 350.):

"Mas na aprendizagem da Fé e em professar que, adquirir e manter apenas o que agora é entregue a você pela Igreja, e que tem sido construída fortemente sobre as Escrituras." (Cat V: 12)
_

Que Escrituras? Estes:

"Saiba também diligentemente da Igreja, quais são os livros do Antigo Testamento e quais são os livros do Novo". (Cat IV: 33)

Nota: São Cirilo está se referindo à igreja local uma vez que, no seu dia, diferentes cidades-igrejas reconhecidas diferentes cânones bíblicos. E o próprio fato de que ele precisa dizer aos seus novos convertidos isso mostra que o cânone bíblico ainda não foi universalmente estabelecida.
__________________________________________________________

ST. Antônio do Egito (c 320.):

"Portanto, guardai-vos tudo o mais não viciada por eles (os arianos), e observar as tradições dos pais e, principalmente, a santa fé em nosso Senhor Jesus Cristo, o que você aprendeu com as Escrituras, e que você tem sido muitas vezes colocar em mente por mim ". (Atanásio "Vida de Anthony" NPNF Vol IV 2ª Série).

_________________________________________________________
ST. Atanásio (c 296-370.):

"Deixe-os (os arianos) nos dizer do que o professor, ou a partir do que a tradição, eles derivam essas noções sobre o Salvador". (De Decr 13)

"Para que os nossos pais tenham entregue, esta é a verdadeira doutrina; e este é verdadeiramente o símbolo dos médicos, para confessar a MESMA COISA uns com os outros, e para variar nem de si mesmos nem de seus pais, e que os que não têm este caráter não são para ser chamado verdadeiros médicos ". (De Decr 4)

"O estabelecimento de sua impiedade PRIVATE como uma espécie de regra, eles (os arianos) arrancar todos os oráculos divinos (as escrituras) em conformidade com ela." (Orat 1, 52)

"Se eles habitaram nesses pensamentos e reconheceu a ECCLESIASTICAL (ou seja, a Igreja) escopo como uma âncora para a fé, eles não fizeram naufrágio da fé." (Orat 3, 58)
_________________________________________________________

ST. Basílio, o Grande (c. 370)

"Dos dogmas e mensagens preservadas na Igreja, alguns de nós possuímos ensinamento escrito e outros recebemos da Tradição dos Apóstolos, transmitido para nós em mistério (ie, Sacramento; a Liturgia da Missa).. No que diz respeito ao piedade ambos são da mesma força. 

Ninguém vai contradizer qualquer um destes, ninguém, em todo caso, que está mesmo moderadamente versado em assuntos eclesiásticos. De fato, se nós tentarmos rejeitar os costumes não escritos como não tendo grande autoridade, estaríamos sem querer ferir o Evangelho em seus sinais vitais, ou melhor, gostaríamos de reduzir mensagem [Christian] a um mero termo ". (O Espírito Santo 27:66 [AD 375]).
_________________________________________________________

ST. Gregório de Nazianzo (370 c.):

"Eu desejo para aprender o que é a moda da inovação nas coisas concernentes a Igreja. Mas desde que a nossa fé tem sido proclamado por escrito e sem escrever, aqui e em partes distantes, em tempos de perigo e de segurança, como é que alguns fazer essas tentativas e outros mantêm em silêncio? " (Ep 101).

"É suficiente para a prova de nossa afirmação de que temos uma tradição descendo dos pais, uma herança como se fosse, por sucessão dos apóstolos através dos santos que vieram depois deles (Contra Eunomius 4, 6 sobre a natureza de Cristo).
_________________________________________________________

ST. Epifânio de Salamina (c. 370)

"É necessário também fazer uso da Tradição, para que nem tudo pode ser obtido a partir da Sagrada Escritura. O Santos Apóstolos proferidas algumas coisas nas Escrituras, outras coisas na tradição." (Medicine Chest contra todas as heresias 61: 6 [AD 375]).

ST. João Crisóstomo (c. 390)

"'Permanecei firmes e retende as tradições que lhe foram ensinadas, seja por uma declaração oral ou por uma carta" (2 Tessalonicenses 2:15). Por isso, é evidente que eles não entregar todas as coisas por epístola, mas muitas coisas não escritas e, da mesma maneira tanto um quanto o outro são dignos de crédito. Por isso, vamos pensar a tradição da Igreja, também digno de crédito. É uma tradição, procurar mais longe. " (Comentário sobre 2 Tessalonicenses NPNF 13: 390).

ST. Agostinho de Hipona (c. 400)

"Aqueles que mantemos, não como sendo escrito, mas a partir de tradição, se observada por toda a cristandade, são, assim entendida a ser cometido a nós pelos próprios Apóstolos ou Conselhos plenárias, e para ser mantido como instituídas." (Ep 118).

"Mas, em relação a essas observâncias que nós cuidadosamente frequentam e que o mundo todo mantém, e que não derivam da Escritura, mas a partir de Tradição, que nos é dado a entender que eles são recomendados e ordenado para ser mantido, seja pelos próprios Apóstolos ou por plenária [ecumênicos] conselhos, cuja autoridade é muito vital na Igreja "(Carta aos Januário [400 dC]).

"E se alguém procurar por autoridade divina neste assunto, embora o que é mantido por toda a Igreja, e não como instituído pelos Conselhos, mas como uma questão de costume invariável, é justamente considerado como tendo sido proferidas pela autoridade apostólica." ( No Batismo 24 falando do Batismo das crianças).
__________________________________________________________

"[O] costume [de não rebatizar convertidos] ... pode ser suposto ter tido sua origem na Tradição Apostólica, assim como há muitas coisas que são observadas por toda a Igreja, e, portanto, são bastante mantidos até foram intimados pelos Apóstolos, que ainda não são mencionados em seus escritos "(no Batismo, contra os donatistas 05:23 [31] [400 dC])."
Autor: Edmilson Silva
Anúncios
Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Sugestão de Leitura
Doutrina Católica, Visão de Conjunto e Implicações na Sociedade – Prof. Emerson Takase
Nós Somos a Igreja Católica

 

 

Santa Missa – Passo a Passo

 

Cantar a Liturgia – Padre Anderson Marçal

 

Símbolos na Santa Missa – Prof. Carlos Tadelle
Erros Litúrgicos do Pe. Marcelo Rossi – Dom Armando Bucciol
Padre Demétrio: Os abusos litúrgicos e a riqueza da Santa Missa
Abusos na liturgia da Igreja – Padre Alex
A Missa – O certo e o errado – Padre Raphael
Mariologia – Apresentação
Mariologia – Introdução
Historia da Mariologia
Maria no Antigo Testamento
Maria em Gálatas 4,4 5
Maria em Mateus
Maria em Marcos
Maria nas Sagradas Escrituras do Antigo ao Novo Testamento – Pe. Guido
As Bem-aventuranças e Nossa Senhora – Prof. Lucas Parra
Nossa Senhora Corredentora – Prof. André Melo
O Ministério de Pedro e a Igreja Primitiva
O Pentateuco | Estudo Bíblico com Pe. Guido
Os 7 Livros Sapienciais do Antigo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Os Livros Proféticos do Antigo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Os Evangelhos na História da Igreja
Evangelho de Mateus | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto
Evangelho de Marcos | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto
Evangelho de Lucas | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

 

Evangelho de João | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

Atos dos Apóstolos | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Cartas de São Pedro | Estudos Bíblicos com Pe. Guido
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 1/3
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 2/3
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 3/3
Cartas de São Paulo | Introdução | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Corpus Paulinum | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Tessalonicenses | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Coríntios | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Coríntios | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

Cartas de São Paulo | Gálatas | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Cartas Pastorais 1 | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Cartas Pastorais 2 | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Apocalipse: o Livro Profético do Novo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Apocalipse | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

 

 

Sagrada Tradição da Igreja – Professor Felipe Aquino
Sagrado Magistério da Igreja – Professor Felipe Aquino
Breve comentário sobre a História da Igreja | Prof. Felipe Aquino
O Santo Terço Explicado – Professor Carlos Ramalhete

 

Doutrina Social da Igreja (introdução) – Padre Douglas Pinheiro Lima

 

Formação sobre canto e música litúrgica

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 1

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 2

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 3

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 4
Curso de Canto Gregoriano – Parte 5
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Introdução ao estudo dos Dogmas da Igreja Católica – Márcio Carvalho
Grandes Heresias da História da Igreja – Pe. Guido
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Apresentação – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Identidade da Igreja Católica – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Fé como resposta à Palavra de Deus – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A busca da Compreensão da fé – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Sagrada Escritura e a Sagrada Tradição – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Sagrada Tradição: Os Padres da Igreja – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os Santos Padres e as Heresias/ Parte I -Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os Santos Padres e as Heresias/ Parte II -Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os 21 Concílios, a Infabilidade Papal e Tradições/ Professor Joel Gracioso
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Magnificat anima mea Dominum
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
março 2015
D S T Q Q S S
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Visitantes
  • 3,270,290 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: