Você sabe quais os dias santos de guarda?

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica, todo católico deve participar da Santa Missa em determinadas datas. Este preceito da Igreja vem para elucidar para os fiéis leigos o terceiro mandamento – Guardar domingos e festas de guarda.

Elevação hóstia missa tridentina [2]Os dias santos, em que todos os católicos devem participar, são:

– A Solenidade da Santíssima Mãe de Deus, no dia 1º de Janeiro, que comemora o dogma da Maternidade divina de Maria, fonte de todos os seus privilégios;

– A Solenidade da Epifania ou Manifestação do Senhor (dia 6 de janeiro), que, na vocação dos Magos, os primeiros pagãos chamados ao conhecimento de Jesus, comemora as primícias da vocação para a fé;

– O dia de São José (19 de março) esposo de Maria Santíssima, em que a Igreja homenageia seu patrono.

– A Ascensão do Senhor (antigamente na quinta-feira, 40 dias depois da Páscoa), que comemora a subida gloriosa de Jesus aos céus;

– A Solenidade de Corpus Christi, solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, celebrado na quinta-feira depois do domingo da Santíssima Trindade, em que a Igreja adora a Presença Real de Cristo no sacramento da Eucaristia;

São Pedro e São Paulo (29 de junho), a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida dos santos considerados “os cabeças dos apóstolos”;

– A Assunção de Maria (dia 15 de agosto), em que todo o povo é convidado a se alegrar com a entrada de Maria Santíssima em corpo e alma na glória;

– O Dia de Todos os Santos (1º de novembro), quando se honra todos os santos do céu;

– A Imaculada Conceição de Maria, no dia 8 de dezembro, que celebra a criação da alma de Maria livre do pecado original, o primeiro dos passos da redenção;

– O Solenidade do Natal do Senhor, celebrado em 25 de dezembro, no qual se comemora o nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Porém, nem todos os países e dioceses festejam e guardam estes dez dias de preceito, porque, com a prévia aprovação da Sé Apostólica, a Conferência Episcopal de cada país pode suprimir algumas das festas de preceito ou transferi-los para um domingo. Assim como acontece no Brasil, onde, com exceção da Solenidade da Santíssima Mãe de Deus, Corpus Christi, Imaculada Conceição e Natal; todas as demais são transferidas para o domingo seguinte.

Claro que isso não impede que o fiel participe de outras Missas, além dessas. Afinal, como dizia Santo Afonso de Ligório: “Se a Santa Missa é a renovação do Calvário, precisamos então dos melhores sentimentos, atitudes e disposições para bem vivê-la. A mesma disposição que Maria Santíssima teve aos pés da cruz do seu Filho”.

Anúncios
Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Twitter do Papa
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
julho 2015
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Visitantes
  • 2,587,007 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
LINKS
%d blogueiros gostam disto: