Qual a diferença entre os templos católicos?

Muitos se perguntam qual a diferença entre Igreja e Basílica, Matriz e Capela, etc. Os templos católicos, de fato, se subdividem em categorias distintas e,  conforme as suas características, história e finalidades,  podem ser qualificados em diversos tipos. Essas categorias não são monolíticas e um edifício católico pode vir a ser, num futuro, algo diferente. Dependerá sempre do uso que se faz dele, da afluência de fiéis, da devoção que ali acontece e, por fim, da própria solicitação e aprovação das instituições competentes. Vejamos os tipos principais de edifícios católicos:

Basílica – Palavra que designa: “Casa do imperador”, eram as primeiras Igrejas cristãs, ligadas aos imperadores; grandes pavilhões em que se reunia com todos do povo. A Basílica cristã foi este edifício comum de reunião, dado em favor do culto. Depois de ornamentada e dividida segundo as funções sacras e não mais profanas, as Basílicas passaram a representar igrejas de grande porte, privilegiadas com relíquias de um ou mais  santos,  e que possuísse grande influência sobre determinada região geográfica ou país e seu acentuado caráter espiritual.

Catedral – É a Igreja principal de uma (arqui)diocese, centro religioso da Igreja Particular e onde está a sede, cujo dirigente é o Bispo, que exerce sobre o clero e sobre todos os demais fiéis sua autoridade eclesiástica, confirmando todos na fé e na caridade pastoral, segundo as diretrizes emanadas pelo Romano Pontífice, o Papa.  Nas catedrais costumam ser sepultados  os bispos daquela (arqui)diocese.  Outro costume, agora em desuso, é que o Pároco da Catedral seja feito cônego e que esta igreja também tenha um cabido metropolitano, que é um grupo de cônegos que se reúnem em ocasiões especiais do ano para celebrarem o Ofício divino no coro da Catedral, com o povo de Deus.

Igreja – É um templo católico, normalmente, com qualidade de Matriz, sendo o centro espiritual e de governo de uma Paróquia, onde o Pároco, auxiliado ou não por vigários, exerce seu pastoreio,  confirmando os leigos na fé e mantendo a unidade com o Bispo e as Normas diocesanas, assim como seguindo o Plano Pastoral e outras disposições em voga. A Igreja paroquial (Matriz) é erigida pelo Ordinário Próprio e possui um território específico delimitado no Ato de sua ereção canônica.

Capela – Templo católico que comporta, normalmente, só um altar, caracterizado pela sua modesta estrutura física, onde o padre exerce suas funções sacerdotais de maneira menos frequente. A Capela sempre estará subordinada  e pertencendo a determinada Paróquia, Irmandade ou outra Instituição. Em alguns casos, para que ajam outros sacramentos que não a Missa, será necessária uma autorização expressa. É comum que algumas Capelas muito prósperas pastoralmente e integrando um vasto território, sejam desmembradas para formar uma nova Paróquia; sempre seguindo necessidades pastorais e podendo dar à nova Paróquia seu pastor próprio, que é o Pároco.

Santuário – Igreja ou Matriz paroquial digna de apreço pelas relíquias que contém, normalmente do padroeiro de uma cidade ou Estado, pela  afluência de devotos ou sinais visíveis de grandes graças aí obtidas. O Santuário pode ter grandes, médias ou pequenas proporções. O ideal, no entanto, é que haja um espaço ideal para abrigar os peregrinos e poder oficiar, com zelo e piedade, as cerimônias. Existem Santuários Nacionais e (arqui)diocesanos.

Oratórios – São nichos com imagens de Nosso Senhor, da Virgem ou dos Santos (não necessariamente com altar) colocados em pequenos ambientes sejam particulares, sejam institucionais. Esses lugares são destinados mais à oração do que à celebração de sacramentos. Estão em casas de família, Casas religiosas, estradas, fazendas e hoje até em shoppings.

Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Magnificat anima mea Dominum
Inquisição on Line
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 13 – A Igreja Católica e a Salvação – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 14 – A Infalibilidade da Igreja e a união da Igreja e do Estado – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 15 – Da comunhão dos santos à vida eterna – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 16 – Os princípios da oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 17 – Como rezar bem? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 18 – Os tipos de oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 19 – O Pai Nosso – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 20 – A Ave Maria e o Santo Terço – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 21 – A Meditação Católica – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 22 – Introdução à moral católica: uma moral das virtudes – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
setembro 2015
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Visitantes
  • 4.561.168 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: