RSS

Qual a diferença entre Missa e Celebração da Palavra?

12 nov

Santa Missa celebrada pelo Papa Francisco

O que é Santa Missa? Tem alguma diferença a Celebração da Palavra? De forma tradicional e bastante simplificada podemos responder a esta pergunta tão presente cada vez mais em pleno séc. XXI. E de uma vez por todas dar fim a este grande embaraço.

Santa Missa: “é a renovação do sacrifício de Cristo da Cruz, de maneira incruenta”; desta forma respondemos a primeira pergunta e mais a frente, antes de terminar esta leitura será possível descobrir a diferença entre um e outro. Interessante perceber esta palavra “renovação”. Ao observá-la, percebemos que não é um outro sacrifício, mas a renovação do mesmo sacrifício. Oferecido por Cristo na Cruz a quase 2000 anos. Ou seja, Cristo não morre outra vez na cruz, mas se torna presente e faz deste sacrifício, oferecido pelo sacerdote que age “in persona capitas”, o mesmo sacrifício.

Outra palavra bastante interessante nesta frase – que dá a definição de Santa Missa – é “incruenta” –  na verdade este aposto “de maneira incruenta”. A quase 2000 anos atrás este mesmo sacrifício foi oferecido por Cristo na Cruz de maneira cruenta, ou seja, com dor, com sofrimento, com derramamento de sangue. Hoje, ao vermos este mesmo sacrifício não vemos dor, nem sofrimento, nem derramamento de sangue. Mas é o mesmo sacrifício. Então, temos aqui a definição de Santa Missa e agora veremos a diferença para com a Celebração da Palavra.

Interessante percebermos que faz parte da essência da Santa Missa duas grandes partes que se fazem necessárias para que se possa chamar de Santa Missa: Liturgia da Palavra e Liturgia Eucarística. Liturgia da Palavra é composta por duas Leituras (Domingos e Solenidades), Salmo Responsorial, Aclamação ao Evangelho, Proclamação do Evangelho, Credo (Domingos e Solenidades) e Preces. Esta é a essência da Liturgia da Palavra. Liturgia Eucarística é composta basicamente por: Apresentação das oferendas, Prefácio, Oração Eucarística, Sanctus, Narrativa da Instituição, Rito da Comunhão (Pai Nosso, Embolismo, Oração pela Paz, Cordeiro de Deus, Apresentação, Comunhão Eucarística, Ação de Graças e Oração de Pós-Comunhão). Esta é a essência da Liturgia Eucarística. Uma observação muito importante: para que haja Santa Missa, é necessário que se tenha essas duas grandes partes!

Aqui chegamos à diferença entre Santa Missa e Celebração da Palavra. Iniciamos pelo termo correto – e, daí já percebemos a semelhança, porém, também a grande diferença -“Celebração da Palavra com distribuição da Eucaristia”. Que é composta da Liturgia da Palavra e uma pequena parte da Liturgia Eucarística, a saber: Oração do Pai Nosso, Apresentação (Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo…), Comunhão Eucarística, Ação de Graças e Oração Pós-Comunhão. Interessante ter consciência de que há pequenos e por vezes despercebidos elementos que fazem total diferença entre um e outro.

Por fim, podemos concluir que há não só diferença entre Santa Missa e Celebração da Palavra – com distribuição da Eucaristia – mas também o essencial entre um e outro. Ou seja, na Santa Missa há oferta, há uma vítima que se entrega, há o sacrifício, ou melhor, a renovação “Do Sacrifício”, fato esse que não se faz presente numa Celebração da Palavra. Deus nos dê a graça de desejar ardentemente a boa participação em cada momento de cada Santa Missa!

David Matias, Postulante da Comunidade Católica Shalom

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12/11/2015 em Uncategorized

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: