10 razões para algumas mulheres estarem voltando a usar véu na igreja

 

Não muito tempo atrás, as mulheres cristãs sempre cobriam suas cabeças na igreja e agora muitas estão optando por voltar a fazê-lo.

Quais são as razões que fundamentam esta escolha?

1) Está no Novo Testamento!

“Sede meus imitadores, como eu mesmo o sou de Cristo. Eu vos louvo por vos recordardes de mim em todas as ocasiões e por conservardes as tradições tais como vo-las transmiti. Quero, porém, que saibas: a origem de todo homem é Cristo, a cabeça da mulher é o homem, e a cabeça de Cristo é Deus. Todo homem que ore ou profetize de cabelos longos, desonra sua cabeça. Mas toda mulher que ore ou profetize com a cabeça descoberta, desonra a sua cabeça; é o mesmo que ter a cabeça raspada. Se a mulher não se cobre, mande cortar os cabelos! Mas, se é vergonhoso para a mulher ter os cabelos cortados ou raspados, cubra a cabeça!

Quanto ao homem, não deve cobrir a cabeça, porque ele é a imagem e a glória de Deus; mas a mulher é a glória do homem. Pois o homem não foi tirado da mulher, mas a mulher, do homem. E o homem não foi criado para a mulher, mas a mulher para o homem. É por isso que a mulher deve disciplinar seu cabelo, por causa dos anjos. Entretanto, diante do Senhor, a mulher não existe sem o homem e o homem não existe sem a mulher. Pois, se a mulher foi tirada do homem, o homem nasce pela mulher, e tudo vem de Deus.

Julgai por vós mesmos: será que é conveniente que a mulher ore a Deus sem estar coberta de véu? A natureza mesma não vos ensina que é desonroso para o homem trazer cabelos compridos, ao passo que, para a mulher, é glória ter longa cabeleira, porque a cabeleira lhe foi dada como véu?

Se, no entanto, alguém quiser contestar, não temos este costume, nem tampouco as Igrejas de Deus.” (1Coríntios 11, 1-16)

Eu sei que esta é uma passagem polêmica, mas deixe-me tentar explicar:

2) A Igreja cobre com um véu as coisas que são sagradas

O tabernáculo é coberto com um véu. O cálice é coberto com um véu. O altar é coberto com um véu. Moisés cobriu o rosto depois de ter visto Deus. Uma mulher que se cobre com um véu mostra reverência a Deus, simbolizando a noiva de Cristo, que é a Igreja; mas também honra a si mesma como mulher diante de Deus.

3) Homens e mulheres são diferentes

Homens representam Cristo, o noivo, e é por isto que temos o sacerdócio masculino. As mulheres representam a Igreja, a noiva. Todos os leigos participam da natureza feminina da Igreja, mas as mulheres simbolizam a Igreja como noiva.

O piedoso uso do véu vai contra uma sociedade que nos diz que homens e mulheres são iguais, que existem muitos gêneros, e que “gênero” não é importante quando as pessoas querem se casar. O uso do véu anuncia em alta voz contra a modernidade e suas mentiras. Uma mulher escolher ser submissa como esposa, como mulher, ao marido é contra tudo o que nossa sociedade nos diz a respeito do homem e da mulher. São Paulo comenta sobre a submissão das mulheres aos seus maridos e sobre a submissão da Igreja à Cristo. E também do amor de Cristo pela Igreja a ponto de sofrer por ela até a morte e, portanto, os maridos devem amar suas esposas da mesma maneira.

4) Homens e mulheres são iguais

São Paulo disse isto, o que ia contra as ideias de sua cultura a respeito do homem e da mulher:

“Entretanto, diante do Senhor, a mulher não existe sem o homem e o homem não existe sem a mulher. Pois, se a mulher foi tirada do homem, o homem nasce pela mulher, e tudo vem de Deus.”

O cristianismo fez homens e mulheres iguais em Deus, e São Paulo o diz bem no meio da passagem quando ele fala sobre as mulheres cobrirem suas cabeças. É importante lembrar que quando Jesus e São Paulo falam sobre as mulheres nas Escrituras era algo totalmente novo para suas culturas. O uso do véu pelas mulheres não deve ser considerado como algo que as diminua em relação aos homens, mas deve ser vista em conjunto com os homens não estarem cobrindo suas cabeças. O que enfatiza a diferença entre homens e mulheres, e o símbolo de que são imagens de Deus.

5) Um véu acentua a beleza natural de uma mulher

Santo Tomás de Aquino explica em seu comentário sobre o uso do véu em I Coríntios 11 que os seres humanos, em geral, aumentam sua beleza natural com o que vestem.

As mulheres naturalmente possuem belos cabelos e o véu ornamenta e acentua esta beleza. Geralmente, queremos trazer o melhor de nós mesmos para a liturgia e o uso do véu é uma maneira de fazê-lo.

6) Faz parte da Tradição dos Apóstolos

São Paulo escreve que deseja que os coríntios “conservem as tradições tais como vo-las transmiti”. Ele não o fez apenas por sua cultura. Ao contrário, ele está passando a tradição das mulheres cobrirem suas cabeças e dos homens não o fazerem. Esta tradição veio dos Apóstolos e foi mantida até os anos 1960, quando tantas tradições litúrgicas caíram em desuso.

O Código de Direito Canônico de 1917 requeria que as mulheres cobrissem suas cabeças e proibia que os homens fizessem o mesmo. O Código de Direito Canônico de 1983 omitiu a passagem sobre as mulheres terem que cobrir suas cabeças, mas manteve a proibição dos homens.

Não está claro o porquê de o Código ter mudado, embora esteja claro que as mulheres cobrirem suas cabeças não é mais exigido por lei pela Igreja. É também claro que esta tem sido uma tradição em desuso e, como leigos, não há razão de não continuar esta tradição, mesmo sem a exigência do Código de Direito Canônico.

7) Algumas mulheres rezam melhor assim

Algumas escolhem não apenas usar o véu na igreja, mas em qualquer momento de oração, seja privada ou pública. É uma maneira de ajudá-las a se concentrar.

Uma oração para se rezar ao colocar o véu e entrar em uma igreja é “Felizes os convidados para o banquete nupcial do Cordeiro”.

8) Usando um véu você está imediatamente vestida para a igreja

Seja em um dia durante a semana ou no domingo, quando uma mulher coloca um véu na igreja, ela está dizendo para ela mesma e para os outros que está vestida para a igreja. Uma mulher, que vai à missa após o trabalho, pode mentalmente distinguir o “se vestir para o trabalho” de “se vestir para a igreja” ao usar um véu. Uma mulher que fica em casa com os filhos usando “roupas de mãe” o dia todo pode estar instantaneamente vestida para a igreja ao colocar um véu.

9) Colocar um belo véu na presença de Deus faz se sentir bem

O uso do véu faz as mulheres se sentirem bonitas e muitos maridos as consideram “atraentes”. A beleza do véu é algo que honra a Deus da mesma forma que belas arquiteturas e belos paramentos o fazem. Os véus contribuem para dar a Deus o culto que é devido a Ele.

10) Por causa dos anjos

Santo Tomás de Aquino explica esta declaração de I Cor 11, 10 simplesmente dizendo que é porque os anjos estão presentes no Santo Sacrifício da Missa. Os homens devem mostrar reverência, assim como as mulheres. As mulheres mostram reverência cobrindo suas cabeças e os homens não as cobrindo.

Fato Bônus:

As mulheres ainda cobrem suas cabeças quando vão à uma audiência com o Papa.

Anúncios
Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Sugestão de Leitura
Doutrina Católica, Visão de Conjunto e Implicações na Sociedade – Prof. Emerson Takase
Nós Somos a Igreja Católica

 

 

Santa Missa – Passo a Passo

 

Símbolos na Santa Missa – Prof. Carlos Tadelle
Erros Litúrgicos do Pe. Marcelo Rossi – Dom Armando Bucciol
Padre Demétrio: Os abusos litúrgicos e a riqueza da Santa Missa
Abusos na liturgia da Igreja – Padre Alex
A Missa – O certo e o errado – Padre Raphael
Mariologia – Apresentação
Mariologia – Introdução
Historia da Mariologia
Maria no Antigo Testamento
Maria em Gálatas 4,4 5
Maria em Mateus
Maria em Marcos
Maria nas Sagradas Escrituras do Antigo ao Novo Testamento – Pe. Guido
As Bem-aventuranças e Nossa Senhora – Prof. Lucas Parra
Nossa Senhora Corredentora – Prof. André Melo
O Ministério de Pedro e a Igreja Primitiva
O Pentateuco | Estudo Bíblico com Pe. Guido
Os 7 Livros Sapienciais do Antigo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Os Livros Proféticos do Antigo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Os Evangelhos na História da Igreja
Evangelho de Mateus | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto
Evangelho de Marcos | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto
Evangelho de Lucas | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

 

Evangelho de João | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

Atos dos Apóstolos | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Cartas de São Pedro | Estudos Bíblicos com Pe. Guido
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 1/3
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 2/3
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 3/3
Cartas de São Paulo | Introdução | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Corpus Paulinum | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Tessalonicenses | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Coríntios | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Coríntios | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

Cartas de São Paulo | Gálatas | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Cartas Pastorais 1 | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Cartas Pastorais 2 | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Apocalipse: o Livro Profético do Novo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Apocalipse | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

 

 

Sagrada Tradição da Igreja – Professor Felipe Aquino
Sagrado Magistério da Igreja – Professor Felipe Aquino
Breve comentário sobre a História da Igreja | Prof. Felipe Aquino
O Santo Terço Explicado – Professor Carlos Ramalhete

 

Doutrina Social da Igreja (introdução) – Padre Douglas Pinheiro Lima

 

Formação sobre canto e música litúrgica

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 1

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 2

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 3

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 4
Curso de Canto Gregoriano – Parte 5
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Introdução ao estudo dos Dogmas da Igreja Católica – Márcio Carvalho
Grandes Heresias da História da Igreja – Pe. Guido
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Apresentação – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Identidade da Igreja Católica – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Fé como resposta à Palavra de Deus – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A busca da Compreensão da fé – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Sagrada Escritura e a Sagrada Tradição – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Sagrada Tradição: Os Padres da Igreja – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os Santos Padres e as Heresias/ Parte I -Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os Santos Padres e as Heresias/ Parte II -Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os 21 Concílios, a Infabilidade Papal e Tradições/ Professor Joel Gracioso
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Magnificat anima mea Dominum
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
setembro 2016
D S T Q Q S S
« ago   out »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Visitantes
  • 3,210,916 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: