Sábado ou Domingo ?

Resultado de imagem para domingo ou domingo
“Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, que são sombras das coisas futuras, mas o corpo  é de Cristo.”  (Colossenses 2,15-17)
Os textos do Novo Testamento nos apontam que os cristãos se reuniam no Domingo, o Primeiro dia da Semana, pois foi nesse dia que Cristo ressuscitou, nos libertou do pecado e nos garantiu o descanso eterno no céu:
 
“No primeiro dia da semana, tendo-nos reunido a fim de  partir o pão, Paulo, que havia de sair no dia seguinte, falava  com eles, e prolongou o seu discurso até a meia-noite.” (Atos 20,7)
 
 
“No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder, conforme tiver prosperado, guardando-o, para que se não façam coletas quando eu chegar.” (1 Coríntios 16,2)
Jesus ressuscitou no primeiro dia da semana (Marcos 16,9; Lucas 24,1; João 20,1), um domingo, fazendo desse o dia  da vida nova, da renovação da criação ,o dia da  luz (Gênesis 1,1-5).

Sempre que Cristo aparece em Sua forma ressuscitada (e o dia é mencionado), é o primeiro dia da semana (Mateus 28:1, 9, 10; Marcos 16:9; Lucas 24:1, 13, 15; João 20:19, 26).

AS DIFERENÇAS ENTRE O SÁBADO E A RENOVAÇÃO E PERFEIÇÃO DO DOMINGO:
O sábado era guardado em memória do descanso de Deus  depois da criação (Êxodo 20,11).
O Domingo é guardado em memória do descanso eterno (Hebreus 4,9-10) que nos dá Jesus libertando -nos da morte por sua ressurreição (I Coríntios 15,17.20-22).
O sábado é a memória da libertação do povo do Egito (Deuteronômio 5,15).
O Domingo é a memória da libertação do homem do pecado e da morte pela ressurreição do Senhor (Marcos 16,9; Lucas 24,1; João 20,1; I Coríntios 15,20-23; João 11,25).
Com sua ressurreição, Jesus não só liberta a humanidade,  mas toda a criação (Romanos  8,22-23; Colossenses 1,20).

Dessa forma, o Domingo, o primeiro dia da semana, que lembra  o primeiro dia da criação do mundo, é o dia da nova criação,  pois todas as criaturas, junto com os homens,  foram salvas  e redimidas pelo sacrifício do Senhor (Colossenses 1,20), que fez novas todas as coisas.

O NOVO TESTAMENTO AFIRMA QUE OS CRISTÃOS SÃO LIVRES DAS FESTAS, SÁBADOS E LEIS JUDÁICAS:

O Sábado é parte da Lei do Velho Testamento, e os cristãos são livres da servidão da Lei (Gálatas 4:1-26; Romanos 6:14).

“Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo” (Colossenses 2:16-17).

Esta idéia é repetida mais de uma vez no Novo Testamento:

“Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz”(Romanos 14:5-6a).

“Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos” (Gálatas 4:9-10).

A ritualística de guardar o sábado está associada à mesma lei que impõe o sangue de animais (1Cr 23,31 e 2Cr 31,3), mas o sangue de Cristo que é o Novo Testamento diz que se alguém guardar uma só ordenança da lei está debaixo de maldição, e terá que guardar toda a lei (Gl 3,10).

O DOMINGO É SANTIFICADO POR CRISTO E SEUS APÓSTOLOS:

– Jesus ressuscitou no DOMINGO, 1º dia da semana judaica (Jo 20,1).

– Jesus apareceu, pela primeira vez, a todos os seus discípulos ao DOMINGO (Jo 20,19).

– A segunda aparição de Jesus foi também ao DOMINGO (Jo 20,26).

– O pentecostes foi no DOMINGO (At 2,1). A palavra pentecostes significa “cinquenta” e servia para designar essa festa judaica. Na passagem de Lv 23,15-16 fica claro que a festa devia ser celebrada NO DIA SEGUINTE DO SÁBADO.

– Foi também ao DOMINGO que o primeiro dos apóstolos (Pedro) fez o primeiro sermão de evangelização e aconteceram as primeiras conversões da igreja (At 2,14 e 2,41).

– A igreja não judaica reunia-se no DOMINGO e nesse dia Paulo pregou no meio de uma assembléia eucarística (reunimo-nos para partir o pão) (At 20,6-7).

– A igreja fazia as coletas de caridade no PRIMEIRO DIA DA SEMANA (1Co 16,10).

“Aqueles que viviam segundo a ordem antiga das coisas voltaram-se para a nova esperança, não mais observando o Sábado, mas sim o dia do Senhor, no qual a nossa vida foi abençoada, por Ele e por sua morte”

 (Carta aos Magnésios. 9,1 de Santo Inácio de Antioquia que morreu em 107 d.c.,
bispo de Antioquia e discípulo do Apóstolo João.)
Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Magnificat anima mea Dominum
Inquisição on Line
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 13 – A Igreja Católica e a Salvação – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 14 – A Infalibilidade da Igreja e a união da Igreja e do Estado – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 15 – Da comunhão dos santos à vida eterna – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 16 – Os princípios da oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 17 – Como rezar bem? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 18 – Os tipos de oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 19 – O Pai Nosso – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 20 – A Ave Maria e o Santo Terço – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 21 – A Meditação Católica – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 22 – Introdução à moral católica: uma moral das virtudes – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
novembro 2016
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Visitantes
  • 5.032.581 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: