Gestos e posições durante a Missa

Resultado de imagem para ajoelhar na missa

 

Fazer o sinal da Cruz:
– com água benta ao entrar na igreja.
– junto com o sacerdote no começo da Missa.
– quando o sacerdote diz “Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós…”
– quando o padre aspergir água em sua direção (se houver rito de aspersão).
– com o polegar na cabeça, nos lábios e no coração quando o ministro anuncia o evangelho
– na conclusão do Credo
– após ter receber a Comunhão
– durante a bênção final, quando o sacerdote invoca a Trindade.
– com água benta ao sair da igreja

Unir as mãos:
– no Pai Nosso

Bater no Peito:
– no “mea culpa(s)” (“por minha culpa, minha tão grande culpa”) no Confiteor.
– às palavras “Tende pedade de nós” no Agnus Dei
– ao dizer: “Domine, non sum dignus… (“Senhor, eu não sou digno…”).

Fazer genuflexão:
– antes de se dirigir ao banco.
– ao sair do banco para deixar a Igreja

Fazer inclinação de cabeça:
– quando o crucifixo na procissão de entrada passa (caso tenha Bispo, quando ele passar)
– quando o sacerdote diz “Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós…”
– ao dizer o “Senhor, tende piedade de nós” no Kyrie.
– a cada menção do nome de Jesus e a cada vez que a Doxologia [“Glória ao Pai…”] for rezada ou cantada. Também quando pedir que o Senhor receba a nossa oração. (“Senhor, escutai a nossa prece” etc, e ao fim das orações presidenciais: “Por Cristo nosso Senhor” etc.)
– ao turiferário quando ele fizer o mesmo, tanto antes como depois da incensação do povo.
– ao Dizer o nome da Virgem Maria
– No momento da Consagração de cada espécie
– no Pai Nosso
– ao dizer “Senhor eu não sou digno…”
– quando o crucifixo passar na procissão de saída (caso tenha Bispo, quando ele passar)

Fazer inclinação profunda:
– ao altar quando entrar na Igreja, quando não há sacrário ou não é visível
– quando o sacerdote faz genuflexão após a consagração de cada espécie
Ficar de Pé:
– para a procissão de entrada
– para os ritos iniciais
– para o evangelho
– para o credo
– quando o sacerdote disser “Orai, irmãos e irmãs…” na liturgia eucarística até o final do “Santo, Santo, santo”
– No Pai Nosso
– nos ritos finais
– na procissão de saída

Ficar Sentado:
– na leitura das escrituras
– na homilia
– no ofertório
– após a oração depois da comunhão

Ficar de Joelhos:
– ao chegar no banco para oração privada antes do início da Missa.
– no natal e na anunciação durante o Incarnatus no Credo
– depois do Santo, Santo, Santo ficando de joelhos durante toda oração eucarística
– ao fim do Agnus Dei
– para receber a comunhão
– antes de sentar depois de receber a comunhão para oração privada
– quando o sacrário é aberto
– depois da missa para oração privada

Anúncios
Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Twitter do Papa
Mídia Católica

 

Atualizações
Translator
Italy
Calendário
dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Visitantes
  • 2,657,416 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
LINKS
%d blogueiros gostam disto: