Genuflexão e inclinação na missa

Resultado de imagem para Genuflexão e inclinação na missa

Notas preliminares:

 

1 – O documento da CNBB – n. 43, no número 239, e a IGMR, no número 310c, falam do lugar destinado aos ministros no presbitério, ministros aqui entendidos como todos aqueles que estão envolvidos mais diretamente na celebração, como o padre, o diácono, os acólitos, leitores, salmista e ministros extraordinários da comunhão. O animador do canto e o comentarista, por estarem mais a serviço da assembleia, não devem exercer a sua função do presbitério, mas de lugar apropriado, que revele a natureza de seu ministério.

2 – Acontece, porém, que muitas igrejas, não dispondo de um presbitério mais espaçoso, acabam se conformando também com ritos processionais mais pobres, como na entrada, por exemplo, onde apenas o sacerdote e os acólitos participam. No caso em foco, nada impede que o rito de entrada seja solene, pois no presbitério ficaria apenas o sacerdote com os acólitos, e os demais ministros tomariam lugar nos bancos da frente, para facilitar também o exercício de seu ministério. Assim, leitores e salmistas ficariam próximos ao ambão, e os ministros da comunhão mais próximos do altar. 

3 – O tema aqui proposto, levando em consideração o que nesta nota se expõe, destina-se principalmente àqueles ministros, de qualquer função, iniciantes no ministério, como também até mesmo aos fiéis em geral, que queiram uma compreensão dos gestos de genuflexão e de inclinação na Liturgia.  Numa tentativa de facilitar a assimilação do tema, a modalidade aqui proposta é de perguntas e respostas, como no sistema antigo do catecismo. Eis, pois, as questões:

– O que é genuflexão?

Genuflexão é o ato físico de dobrar o joelho direito até o chão. Significa adoração. Por isso, é reservada ao Santíssimo Sacramento e à Cruz, esta da Sexta-feira Santa até o início da Vigília Pascal do Sábado Santo.

– Na missa faz-se genuflexão?

A genuflexão na missa, regra geral, é feita somente pelo sacerdote, em três momentos: depois da elevação da hóstia, após a elevação do cálice e antes da Comunhão. Caso, porém, haja no presbitério tabernáculo (sacrário) com o Santíssimo Sacramento, todos os ministros então devem fazer a genuflexão, no início e no final da missa, mas não durante a celebração. O diácono, ou o leitor, quando conduz o Evangeliário, por causa da dignidade desse livro sagrado fica dispensado da genuflexão.

– O que é inclinação? 

Inclinação, em liturgia, é também ato físico relacionado com o nosso corpo. Existem duas espécies de inclinação: inclinação profunda, ou do corpo, e inclinação simples, ou da cabeça. A inclinação é sinal de reverência e de honra que se atribuem às pessoas e seus símbolos. Faz-se inclinação da cabeça, quando se nomeiam juntas as três pessoas da Trindade, como no início e no fim da missa e como acontece também no “Glória ao Pai…”, no fim dos salmos na Liturgia das Horas. Já a inclinação profunda se faz ao altar; às orações “Ò Deus todo-poderoso, purificai-me” e “De coração contrito”, próprias do sacerdote; no Símbolo Niceno-Constantinopolitano às palavras “E se encarnou”; e, no Cânon Romano (Oração Eucarística I) às palavras “Nós vos suplicamos”, da epiclese sobre os comungantes. Na prática, porém, essa orientação da Instrução Geral quase não se verifica.
Por quem e como são feitas na missa as duas espécies de inclinação?
São feitas por todos os ministros (sacerdote, diácono e leigos), no início e no final da missa, mas não durante a celebração, assim como acontece também com a genuflexão, quando há sacrário no presbitério com o Santíssimo Sacramento. A inclinação profunda, ou do corpo, regra geral é feita por todos, e a inclinação simples, isto é, a inclinação da cabeça, é feita somente por aqueles ministros que conduzem algum objeto sagrado, como a cruz, as velas, o turíbulo, a naveta com incenso etc..

Na missa há também momentos de genuflexão e de inclinação para os fiéis?
– Tais gestos os fiéis devem fazer quando chegam à igreja e quando dela saem, nas circunstâncias acima descritas. Além destes, durante a celebração há aqueles momentos referidos no início (no Símbolo e na epiclese do Cânon Romano).  Também na Oração Eucarística, no momento do relato eucarístico ou Consagração, depois de cada elevação (da hóstia e do cálice), quando o sacerdote faz a genuflexão, juntamente com ele os fiéis que não podem ajoelhar-se podem fazer uma inclinação profunda, isto é, do corpo, como propõe a Instrução Geral.

 

Anúncios
Publicado em Uncategorized
Um comentário em “Genuflexão e inclinação na missa
  1. Isabel Cristina de Sousa Guimarães disse:

    Amei as explicações a respeito da inclinação e genuflexão na Santa Missa. Gostaria de receber informações sobre o papel do comentarista e dos ministros e dos MESC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Magnificat anima mea Dominum
Doutrina Católica, Visão de Conjunto e Implicações na Sociedade – Prof. Emerson Takase
Nós Somos a Igreja Católica

 

 

Santa Missa – Passo a Passo

 

Cantar a Liturgia – Padre Anderson Marçal

 

Símbolos na Santa Missa – Prof. Carlos Tadelle
Erros Litúrgicos do Pe. Marcelo Rossi – Dom Armando Bucciol
Padre Demétrio: Os abusos litúrgicos e a riqueza da Santa Missa
Abusos na liturgia da Igreja – Padre Alex
A Missa – O certo e o errado – Padre Raphael
Mariologia – Apresentação
Mariologia – Introdução
Historia da Mariologia
Maria no Antigo Testamento
Maria em Gálatas 4,4 5
Maria em Mateus
Maria em Marcos
Maria nas Sagradas Escrituras do Antigo ao Novo Testamento – Pe. Guido
As Bem-aventuranças e Nossa Senhora – Prof. Lucas Parra
Nossa Senhora Corredentora – Prof. André Melo
O Ministério de Pedro e a Igreja Primitiva
O Pentateuco | Estudo Bíblico com Pe. Guido
Os 7 Livros Sapienciais do Antigo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Os Livros Proféticos do Antigo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Os Evangelhos na História da Igreja
Evangelho de Mateus | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto
Evangelho de Marcos | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto
Evangelho de Lucas | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

 

Evangelho de João | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

Atos dos Apóstolos | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Cartas de São Pedro | Estudos Bíblicos com Pe. Guido
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 1/3
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 2/3
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 3/3
Cartas de São Paulo | Introdução | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Corpus Paulinum | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Tessalonicenses | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Coríntios | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Coríntios | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

Cartas de São Paulo | Gálatas | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Cartas Pastorais 1 | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Cartas Pastorais 2 | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Apocalipse: o Livro Profético do Novo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Apocalipse | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

 

 

Sagrada Tradição da Igreja – Professor Felipe Aquino
Sagrado Magistério da Igreja – Professor Felipe Aquino
Breve comentário sobre a História da Igreja | Prof. Felipe Aquino
O Santo Terço Explicado – Professor Carlos Ramalhete

 

Doutrina Social da Igreja (introdução) – Padre Douglas Pinheiro Lima

 

Formação sobre canto e música litúrgica

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 1

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 2

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 3

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 4
Curso de Canto Gregoriano – Parte 5
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Introdução ao estudo dos Dogmas da Igreja Católica – Márcio Carvalho
Grandes Heresias da História da Igreja – Pe. Guido
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Apresentação – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Identidade da Igreja Católica – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Fé como resposta à Palavra de Deus – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A busca da Compreensão da fé – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Sagrada Escritura e a Sagrada Tradição – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Sagrada Tradição: Os Padres da Igreja – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os Santos Padres e as Heresias/ Parte I -Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os Santos Padres e as Heresias/ Parte II -Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os 21 Concílios, a Infabilidade Papal e Tradições/ Professor Joel Gracioso
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
julho 2017
D S T Q Q S S
« maio   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Visitantes
  • 3,284,334 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: