Curiosidades e atribuições sobre o cargo Papal

Resultado de imagem para ultimos papas

 

Um Papa na verdade é um Bispo, além de ser governante de toda a Igreja de Cristo. O Papa, quando eleito é também o Bispo de Roma, capital da Itália.

Depois da morte do Papa São João Paulo II, vimos acontecer a eleição de dois Papas. Bento XVI, eleito em 2005, renunciou em 2013 e o Papa Francisco eleito posteriormente, no mesmo ano.

No inicio da Igreja todas as pessoas poderiam participar da eleição de um novo Papa, no entanto esta dinâmica precisou ser mudada. A mudança na eleição papal foi em decorrência das diversas influências políticas que desejavam manipular nas escolhas de quem deveria ocupar a cadeira de Pedro.

Um Papa na verdade é um título, este título é reservado para aquele que irá governar toda a Igreja. Inicialmente a escolha de um Papa, era participado pelo povo e pelo clero, como dito anteriormente.

O mandato de um Papa é vitalício ou até, como no caso de Bento XVI, decidir por uma renuncia. Atualmente a eleição para assumir o cargo de Papa é realizado pelo Colégio Cardinalício, recebe este nome por ser composto por Cardeais.

Os cardeais são responsáveis em auxiliar o Papa em diversos assuntos da Igreja. Geralmente um cardeal é um Bispo, mas também pode ser um Padre ou um Diácono.

Não confunda o título de Cardeal com algum grau do Sacramento da Ordem que só possui três graus, sendo Episcopado (Bispo), Presbiterato (Padre) e Diaconato (Diáconos). Da mesma forma como também, Papa é título.

Dada a situação, geralmente um novo Papa pode ser eleito de dentro do Colégio Cardinalício, porém nem sempre foi assim. Atualmente as eleições para um novo Papa ocorre somente no Conclave.

QUEM PODE SER PAPA

Como você percebeu existe toda uma estrutura formal para se estabelecer uma eleição para um Papa. Os cardeais se reúnem em uma sala fechada e ai, rezam, deliberando para a escolha do novo Pontífice.

Existe uma curiosidade com relação a escolha de um Papa, embora atualmente a escolha para o novo Bispo e Roma, geralmente é um Cardeal, nem sempre foi assim e isso não foi mudado nas normas canônicas da Igreja.

Isso quer dizer, que na verdade, qualquer Batizado, do sexo MASCULINO e SOLTEIRO, pode ser eleito Papa. no Código de Direito Canônico, não há nenhum impedimento no que se refere esta possibilidade.

No canôn 332, diz que:

Cân. 332 §  1.  O  Romano  Pontífice  obtém  o  poder  pleno  e  supremo  na  Igreja  pela  eleição  legítima  por  ele  aceita,  junto  com a consagração episcopal. Por conseguinte, o eleito para o  sumo  pontificado,  que  já  tiver  o  caráter  episcopal, obtém esse  poder  desde  o  instante  da  aceitação.  Se  o  eleito  não  tiver   caráter   tiver   caráter   episcopal,   seja   imediatamente ordenado Bispo.

Ou seja, caso algum LeigoPadre ou mesmo Diácono, seja escolhido para sentar no trono de Pedro, este deverá receber a ordenação episcopal ou seja, ser Bispo.

A reunião dos Cardeais para a escolha de um novo Papa, chamada de Conclave, que significa de “Portas Fechadas” ocorre desde 1378. O Papa Urbano VI foi o ultimo Papa eleito de fora do Colégio dos Cardeais.

Papa Gregório Magno (590), antes de ser eleito Papa era diácono e estava em um mosteiro, quando ficou sabendo de sua aclamação para ser Papa.

PARA ENTENDER MELHOR?

  1. O Papa é eleito e não há candidatura
  2. Os cardeais votam para a escolha de um Papa
  3. Além de ser o líder supremo da Igreja o Papa também é chefe de Estado
  4. O cargo de Papa é vitalício
  5. O Papa é quem atribui o título de Cardeal
  6. Teoricamente qualquer católico, do sexo masculino, batizado, pode ser eleito Papa
  7. A fumaça branca anuncia que um novo Papa foi escolhido
  8. O anuncio “Habemus Papam” quer dizer Temos Um Papa
  9. Todo Papa é SUCESSOR direto de Pedro
  10. Um Papa pode renunciar seu cargo
  11. É comum um Papa escolher seu nome de pontificado

Existem várias outras curiosidades e atribuições sobre o cargo papal, mas de uma forma genérica estas ajudam a compreender um pouco mais este assunto.

Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Magnificat anima mea Dominum
Inquisição on Line
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 13 – A Igreja Católica e a Salvação – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 14 – A Infalibilidade da Igreja e a união da Igreja e do Estado – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 15 – Da comunhão dos santos à vida eterna – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 16 – Os princípios da oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 17 – Como rezar bem? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 18 – Os tipos de oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 19 – O Pai Nosso – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 20 – A Ave Maria e o Santo Terço – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 21 – A Meditação Católica – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 22 – Introdução à moral católica: uma moral das virtudes – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
março 2018
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Visitantes
  • 3.917.876 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: