Sagrada Escritura e Sagrada Tradição, fundamentos da Fé Católica

n/d

 

Isso decorre necessariamente pera se ter uma visão adequada da Igreja como um corpo divinamente constituído, em quem a manutenção do depósito da fé foi confiado:

(1) Novo Testamento

Cristo não deu aos discípulos  comando para escrever, mas só para ensinar: “vai, portanto, ensinai todas as nações,. . . ensinando-os a observar todas as coisas que vos tenho ordenado “(Mat., XXVIII, 19-20). “Como o Pai me enviou, eu também vos envio” (Jo, xx, 21). E de acordo com isso, a Igreja está em todos os lugares que nos é apresentado como uma viva e eterna sociedade composta dos professores e alunos. Cristo está na Igreja, e é Sua cabeça; e ele prometeu que o Espírito Santo deve  sempre  permanecer nela. “Ele vos ensinará todas as coisas e os fará lembrar tudo o que eu tenho dito” (João XIV, 26). Daí São Paulo chama a Igreja “a coluna e sustentáculo da verdade” (I Tim, III, 15;. Marcos, XVI, 16; Rom., X, 17; Atos, XV, 28).
(2) Tradição

A sã Doutrina aparece nos escritos dos Padres de todas as épocas; assim Santo Inácio adverte “Guardai-vos do hereges. Você será capaz de fazer isso se você não estiver inflado de orgulho, e (por isso) separado de (nosso) Deus, Jesus Cristo,  do bispo e dos preceitos dos Apóstolos. Ele que está dentro dos altares é limpo, Aquele que está fora do altar  não está limpo.

E Santo Irineu ( Adversos Hereges, III, ii) diz dos hereges, que, “não é um deles, mas não sentem vergonha em pregar por si mesmo, e, assim, depravar a Regra de Fé”; e novamente (III, iv), “Não é direito buscar em outros a Verdade que é fácil de obter a partir da Igreja desde os Apóstolos que serviram como um tesouro rico de tudo que pertence à verdade para que todo aquele que deseja beber da água da vida”. Um pouco mais adiante, ele fala (V, xx) da “pregação verdadeira da Igreja, que fala  ao mundo inteiro um único e mesmo Caminho da Salvação”.

Tais testemunhos são incontáveis; no tratado de Tertuliano Contra Marcião, e em seu “The praescriptionibus Haereticoum”, e o famoso “Commonitorium” de São Vincent de Lérins. Na verdade são conhecidas as palavras de Santo Agostinho que podem servir como uma síntese do ensinamento patrístico sobre a autoridade da Igreja. “Eu não acreditaria nos Evangelhos, a menos que a autoridade da Igreja Católica me levasse a isso” (Contra Ep. Fund., V). Deve-se notar que os Padres, especialmente Tertuliano e Santo Irineu, use o termo tradição não como meramente passiva, mas como ensino Divino oralmente concedido no sentido ativo da interpretação eclesiástica. E este é, sem dúvida, o significado de que São Paulo diz a Timóteo para defender “da mesma forma as palavras que ouviste de mim” (II Tim., I, 13). É neste sentido que as várias fórmulas de fé de que  temos a mais antiga amostra em I Cor. XV, 3-4, tornou-se regra de fé “.

Nosso problema hoje é que o próprio papa, e alguns da hierarquia da Igreja, está jogando fora a tradição católica e ensinamentos bíblicos para acomodar os conceitos mundanos imorais, como dar a Sagrada Comunhão aos casais divorciados e recasados.

Que possamos aprender a nossa fé católica e estudar a Bíblia Sagrada. Esta é a nossa fé fundada em Jesus e no depósito da fé transmitida pelos Apóstolos, chamada tradição.

Fonte: http://romadesempre.blogspot.com.br http://www.rainhamaria.com.br

Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Magnificat anima mea Dominum
Inquisição on Line
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 13 – A Igreja Católica e a Salvação – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 14 – A Infalibilidade da Igreja e a união da Igreja e do Estado – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 15 – Da comunhão dos santos à vida eterna – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 16 – Os princípios da oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 17 – Como rezar bem? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 18 – Os tipos de oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 19 – O Pai Nosso – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 20 – A Ave Maria e o Santo Terço – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 21 – A Meditação Católica – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 22 – Introdução à moral católica: uma moral das virtudes – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
março 2018
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Visitantes
  • 4.069.243 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: