Os perseguidores da Igreja

santo inacio de antioquia morto no coliseu romano

 

A perseguição para com a Igreja não é algo novo, muito pelo contrário é algo que é antigo e é assim desde o seu inicio. O ato de perseguir a Igreja, nos dias de hoje, podem ser de diversas formas.

Os perseguidores da Igreja se posicionam de diversas formas, fora ou até mesmo dentro da própria Igreja de Cristo. Acredite, existem diversos membros da Igreja que não contribuem em nada com o Corpo de Cristo.

Vivenciamos tempos difíceis, tempos em que não podemos mais esconder a nossa fé. Ter uma Fé morna e acomodada só ajuda a quem quer fazer da Igreja palco de suas próprias convicções e não a de Cristo.

Há um levante social para que a moral pregada pela Igreja a mais de 2 mil anos seja ridicularizada e banalizada. Além disso há também um desprezo por tudo o que a Igreja construiu ao logo destes 2 mil anos.

Todas as vezes que se persegue a Igreja, é o próprio Cristo que se persegue. Podemos encontrar esta referência, do ato de perseguir a Igreja, nas Sagradas Escrituras.

Paulo, por exemplo, antes da sua conversão foi um grande perseguidor da Igreja, até que ele mesmo tem uma experiência com Cristo.

Ao perseguir a Igreja, Saulo se depara com a realidade de Cristo: “Durante a viagem, estando já perto de Damasco, subitamente o cercou uma luz resplandecente vinda do céu. Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?” (Atos 9, 3-4).

Na narrativa do livro dos Atos dos Apóstolos, o Evangelista Lucas, autor do livro, narra a conversão de Paulo. Ora, Saulo, que depois se tornaria Paulo, era perseguidor dos cristãos.

No período em que Paulo perseguia a Igreja, Jesus já havia sido crucificado, morto e ressuscitado. Paulo, perseguia portanto os cristãos.

Portanto quando se persegue a Igreja, está perseguindo o próprio Cristo. Portanto é a Cristo que é ridicularizado e menosprezado quando a Igreja sofre.

Nós somos membros da Igreja, sendo uma só corpo permanecendo na unidade e na mesma doutrina. Em Efésios no capítulo 4, Paulo nos exorta sobre o Corpo da Igreja e na permanência da unidade.

Exorto-vos, pois, – prisioneiro que sou pela causa do Senhor -, que leveis uma vida digna da vocação à qual fostes chamados, com toda a humildade e amabilidade, com grandeza de alma, suportando-vos mutuamente com caridade. Sede solícitos em conservar a unidade do Espírito no vínculo da paz. Sede um só corpo e um só espírito, assim como fostes chamados pela vossa vocação a uma só esperança. 5.Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo.” (Efésios 4, 1-5)

Ao rejeitar e ao perseguir a Igreja, estamos rejeitando e perseguindo o próprio Cristo, Senhor Nosso. Existem várias pessoas que morreram e que ainda morrem por causa de Cristo.

Perseguir a Igreja não se dimensiona no âmbito de atentados e morte, mas existe uma perseguição mais velada. A Igreja pode ser perseguida quando também nós não damos testemunho da nossa Fé.

A Igreja também é perseguida quando no avanço da desconstrução do sistema educacional, moral e cultural. Quando nós não questionamos estas ações dentro da nossa sociedade, estamos nos calando.

Ao nos calarmos, é a Cristo quem calamos. No entanto é preciso ter inteligência e astucia, pagar com as mesmas moedas além de não ser inteligente, não é uma atitude cristã.

Eu os estou enviando como ovelhas entre lobos. Portanto, sejam astutos como as serpentes e sem malícia como as pombas.” (Mateus 10, 16)

Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Magnificat anima mea Dominum
Inquisição on Line
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 13 – A Igreja Católica e a Salvação – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 14 – A Infalibilidade da Igreja e a união da Igreja e do Estado – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 15 – Da comunhão dos santos à vida eterna – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 16 – Os princípios da oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 17 – Como rezar bem? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 18 – Os tipos de oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 19 – O Pai Nosso – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 20 – A Ave Maria e o Santo Terço – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 21 – A Meditação Católica – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 22 – Introdução à moral católica: uma moral das virtudes – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
março 2018
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Visitantes
  • 3.758.502 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: