A Bíblia condena as Novelas ?

Resultado de imagem para o mal das novelas

 

 

Como foram fortes e confiantes as palavras de Jesus ao ser tentado no deserto! Quando satanás quis ser adorado, então Jesus disse: “Adorarás só o senhor teu Deus”.(Mt 4,10 ) Mas infelizmente o que vemos nas telas é a adoração a tudo que envolve o ator ou a atriz; adora-se o seu corpo, suas fotos, o que veste , o que come, o seu carro. Enfim os ídolos roubam o lugar que é de Deus.

As novelas induzem os adolescentes para uma precoce vida sexual, em nome de um amor que não tem nada de amor. Por isso vemos hoje em tantos lares meninas assumindo as conseqüências de uma gravidez indesejada, ou pior, uma doença sexualmente transmissível. Mas o plano de Deus para os jovens é este: “Que cada um de vós saiba possuir o seu corpo em santidade e honra…” Tes 4,3

As novelas expõem o homossexualismo e lesbianismo como algo natural e bom. Também ensinam que se um filho(a) apresentar esta tendência, deve-se aplaudir qualquer que seja sua decisão a respeito destes desvios de sexualidade. Pois dizem que todos têm o direito de descobrir sua felicidade. Esta é a falsa “lei” do momento. Mas observe como a palavra de Deus é severa contra estes PECADOS, leia Rom 1,24-29 .

Tantas famílias despedaçadas porquê? É que o veneno entra nos corações em pequenas doses diárias. As novelas apresentam o ADULTÉRIO como uma deliciosa aventura romântica, uma experiência cativante. Levando muitos a copiarem essas fantasias amorosas para suas vidas. A família que vive no amor é odiada pelo demônio. Mas para não mostrar sua face horrível, ele entra nos lares usando rostinho de galãs ou de belas atrizes, traindo ou promovendo a traição. “Os adúlteros não possuirão o reino dos céus” I Cor 6,9

Se sabemos que as novelas e a Malhação, não são um passatempo inocente, mas que tem destruído os valores cristãos, peçamos a GRAÇA de defendermos nossas crianças deste perigo, pois: “ Um filho deixado à sua vontade torna-se insolente.” Ecl 30,8 “Não vos enganeis; de Deus não se zomba. Porque aquilo que o homem semear, isso também colherá”. Gal 6,7

Façamos a nossa parte e certamente Deus fará o resto. Às vezes nos desculpamos dizendo que é impossível evitar que as crianças assistam, mesmo sabemos que é perigoso para elas. Portanto, para aqueles que não toma uma firme decisão, o Senhor Jesus alerta: “Conheço as tuas obras, que não és quente nem frio; oxalá foras frio ou quente; mas, porque és morno, e nem frio nem quente, começarei a te vomitar da minha boca…” Ap 3,15

Lembremos:

 

“Não ameis o mundo nem as coisas do mundo. Se alguém ama o mundo não há nele o amor do Pai; porque tudo o que há no mundo é concupiscência da carne, e concupiscência dos olhos, e soberba da vida;” I Jo 2,15

 

Anúncios
Publicado em Uncategorized

O que os hereges retiraram da Bíblia ?

Resultado de imagem para O que os hereges retiraram da Bíblia

O que os hereges retiraram da Bíblia
Esse é um assunto delicado e de extrema importância para o Cristianismo, pois os hereges vivem em uma total escuridão onde muitos deles vivem mentindo para si mesmo, outros vivem sendo enganados pelos falsos profetas, pois eles inventaram a doutrina herética chamada “SOLA SCRIPTURA”, ou seja, eles acreditam apenas no que está escrita na Bíblia; até que seria uma doutrina válida desde que nossos amigos da santa rebelião de Lutero não tivessem mutilado e adulterado a sua Bíblia.

Meus irmãos Católicos, a podridão no meio protestante é muito maior do que vocês imaginam, o pior é que essa podridão alicia muitas pessoas simples e humildes que por sua ignorância as vezes se deixam levarem pela astucia de satanás.

Quantas vezes vocês escutaram de um protestante mentiras como:

Existem sete livros apócrifos na Bíblia Católica.

A igreja Católica adicionou sete livros apócrifos no concilio de Trento.

Os judeus não aceitavam os sete livros Deuterocânonicos.

O Cânon hebraico é o mesmo que o Cânon protestante e não contêm os 7 livros.

Os sete livros não são inspirados por Deus.

Os sete livros contem erros doutrinários e cronológicos.

Meus irmãos, essas historinhas são tudo mentiras, mentiras de satanás por sinal, o mesmo satanás que coloca heresias na boca desses rebelados filhos de Lutero para tentar justificar a sua fé sem fundamentos baseada em mentiras satânicas.

Nessa página eu colocarei vários tópicos onde eu desmascaro cada uma dessas mentiras, uma por uma, mostrando a verdade sobre o Cânon Bíblico e assim provarei que a Bíblia sagrada é um livro Católico, feito e edificado pela Igreja Católica, para ser usado na liturgia Católica.

Assim poderei mostrar que esse cânon possui 73 livros e não 66 como pensam os hereges rebelados, alias, tem uma questão numérica muito importante a ser exposta, Deus nos manda sinais mostrando o que é certo e o que é errado.

Os protestantes retiraram 7 livros da Bíblia (numero 7 é um numero de perfeição) isso quer dizer que eles retiraram a perfeição da Bíblia deles.

Assim a sua Bíblia ficou com 66 livros (o 6 sempre foi um numero imperfeito na simbologia Hebraica) tanto que o nome da besta tem essa contagem numérica de (666) por ser exatamente um numero imperfeito, o real significado é que a Bíblia protestante está totalmente imperfeita.  

Podemos entender que Deus deixou todos os sinais para a humanidade entender seus erros, mas os protestantes não conseguiram até esse momento enxergar o sacrilégio que cometeram.

Mas vamos descobrir como surgiu a Bíblia sagrada.

Bíblia sagrada.

Antigo Testamento: Gênese, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio, Josué, Juízes, Rute, 1Samuel, 2Samuel, 1Reis, 2Reis, 1Crônicas, 2Crônicas, Esdras, Neemias, TobiasJudite, Ester, 1Macabeus2Macabeus, Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes (ou Coélet), Cântico dos Cânticos, SabedoriaEclesiástico (ou Sirácida), Isaías, Jeremias, Lamentações, Baruc, Ezequiel, Daniel, Oséias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias.

Novo Testamento: Mateus, Marcos, Lucas, João, Atos dos Apóstolos, Romanos, 1Coríntios, 2Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, 1Tessalonicenses, 2Tessalonicenses, 1Timóteo, 2Timóteo, Tito, Filêmon, Hebreus, Tiago, 1Pedro, 2Pedro, 1João, 2João, 3João, Judas e Apocalipse.

Bem os livros em negrito são exatamente aqueles que os hereges retiraram de sua Bíblia.

 

 

Publicado em Uncategorized

Deus proíbe o uso de imagens?

Resultado de imagem para Deus proíbe o uso de imagens
No livro do Êxodo 20,4-5 Deus parece proibir o uso de imagens. Mas porquê essa proibição? Porque podiam ser ocasião a que o povo de Israel as adorassem, como faziam os povos vizinhos dados à idolatria. Os israelitas tendiam a imitar gestos religiosos pagãos e, por isso, muitas vezes caíram na idolatria. Deus queria incutir o conceito de Javé, mostrando que o Senhor era diferente dos deuses dos outros povos.
Tomadas as cautelas contra o perigo da idolatria, Deus não somente permitiu, mas até mandou que se fizessem imagens sagradas.
Veja:
Ex 25,17-22, Deus manda Moisés colocar 2 querubins de ouro na Arca da Aliança, onde Javé falava com seu povo.
1Rs 6,23-28, No Templo construído por Salomão foram colocados querubins de madeira junto à Arca da Aliança. E as paredes do templo tinham imagens de querubins. Tudo feito com ordem de Deus, conforme vemos em 1Cr 22,6-13.
1Rs 7,25.29, No Templo de Salomão havia também bois de metal, leões, touros e querubins.
Nm 21,8-9, Deus ordenou a Moisés que fizesse uma serpente de bronze, e quem olhasse para ela seria salvo.
Ex 31,1-11, Deus diz a Moisés que “encheu do espírito divino a Beseleel para lhe dar sabedoria e habilidade para todo tipo de obra: trabalho de ouro, prata, bronze, madeira, etc.” (vs 1-4). E em Ex 35,35, Moisés diz ao povo que Deus “o dotou de talento para executar toda sorte de obras de escultura e de arte…”., conforme confirma Ex 38,23 que diz que Beseleel era “perito em escultura”. Finalmente, em Ex 37,7 vemos que foram feitos 2 querubins de ouro. E todo o trabalho foi abençoado por Deus: Ex 39,42-43.
A cultura dos povos evoluiu e a filosofia foi mostrando quanto é absurdo atribuir a uma escultura a força da divindade, de modo que o perigo da idolatria foi diminuindo. Por isso o uso de imagens foi-se implantando.
No século III, encontramos sinagogas da Palestina com pinturas e figuras humanas. A sinagoga de Dura-Europos, na Babilônia, tinha a representação de Moisés, Abraão e outros.
As antigas catacumbas cristãs apresentavam imagens bíblicas. Noé salvo do dilúvio, Daniel na cova dos leões, o Peixe que simbolizava o Cristo e muitas outras.
A veneração que a Igreja presta às imagens, só é válida na medida em que é oferecida indiretamente àqueles que as imagens representam.
Veja alguns depoimentos sobre o uso das imagens:
“Uma coisa é adorar uma imagem, outra coisa é aprender, por essa imagem, a quem se dirigem as tuas preces. O que a Escritura é para aqueles que sabem ler, a imagem o é para os iletrados. Por essas imagens, aprendem o caminho a seguir. A imagem é o livro daqueles que não sabem ler” (Papa São Gregório Magno)
“Quanto mais os fiéis contemplarem essas representações, mais serão levados a recordar-se dos modelos originais. Uma veneração respeitosa sem que isto seja adoração, pois esta só convém, segundo a nossa fé, a Deus.” (Concílio de Nicéia II)
“Ninguém há tão simples e iletrado que possa desculpar-se de não saber como viver retamente, quando tem diante de si na imagem do Crucificado, um livro ilustrado, escrito, de forma clara e legível, em que todas as virtudes são aprovadas e todos os vícios reprovados.” (Jean Gerson)
“Outrora Deus invisível, nunca era representado. Mas agora que Deus se manifestou na carne e habitou entre os homens, eu represento o “visível” de Deus. Não adoro a matéria, mas o Criador da matéria.” (ib I.16)
Para finalizar, saibamos que em Karlsruhe, em 1956, os luteranos reunidos em Congresso ponderaram que a ordem de Cristo de pregar o Evangelho em todas as línguas, inclui também a linguagem figurada do artista. Perguntavam-se: “Porque admitir as impressões auditivas na catequese e rejeitar as impressões visuais? Estas parecem ainda mais eficientes do que aquelas.” (Der christliche Sonntag, em 14/10/1956, pág. 327)
Dom Estevão Bettencourt 
Apostila do Mater Ecclesiae 
Publicado em Uncategorized

É possível ser ao mesmo tempo católico e espírita ?

 

Resultado de imagem para catolico e espirita

“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” Mateus.6,24

 

“Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” João.8,44

 

Se você é católico e por algum motivo frequenta centros espíritas saiba que:

 

1) O Espiritismo nega o mistério.
2) O Espiritismo nega o milagre.
3) O Espiritismo nega a inspiração divina da Sagrada Escritura!
4) O Espiritismo nega a autoridade do Magistério Eclesiástico
5) O Espiritismo nega a infalibilidade do Papa.

6) O Espiritismo nega a instituição divina da Igreja.
7) O Espiritismo nega a suficiência da revelação cristã.
8) O Espiritismo nega o augusto mistério da Santíssima Trindade!
9) Grande parte dos espíritas nega a existência de um Deus, pessoal e distinto do mundo!
10) O Espiritismo nega a liberdade de Deus Criador.

11) O Espiritismo nega a criação do nada.
12) O Espiritismo nega a criação da alma humana.
13) O Espiritismo nega a criação do corpo humano e nos faz descender de macacos.
14) O Espiritismo nega a união substancial entre o corpo e a alma.
15) O Espiritismo nega a espiritualidade da alma.

16) O Espiritismo nega a unidade do gênero humano.
17) O Espiritismo nega a existência dos anjos.
18) O Espiritismo nega a existência do demônio.
19) O Espiritismo nega a divindade de Jesus Cristo!
20) O Espiritismo nega os milagres de Cristo.

21) Grande parte dos espíritas nega a humanidade de Cristo.
22) O Espiritismo nega os privilégios de Maria Santíssima!
23) O Espiritismo nega a nossa redenção por Cristo!
24) O Espiritismo nega o pecado original.
25) O Espiritismo nega a graça divina.

26) O Espiritismo nega a possibilidade do perdão dos pecados.
27) O Espiritismo nega o valor da vida contemplativa e ascética.
28) O Espiritismo nega toda a doutrina cristã do sobrenatural.
29) O Espiritismo nega o valor dos Sacramentos!
30) O Espiritismo nega a eficácia do Batismo.

31) O Espiritismo nega a presença de Cristo na Eucaristia.
32) O Espiritismo nega o valor da Confissão.
33) O Espiritismo nega a indissolubilidade do Matrimônio.
34) O Espiritismo nega a unicidade da vida terrestre.
35) O Espiritismo nega o juízo particular depois da morte.

36) O Espiritismo nega a existência do Purgatório.
37) O Espiritismo nega a existência do Céu.
38) O Espiritismo nega o Inferno!
39) O Espiritismo nega a ressurreição da carne.
40) O Espiritismo nega o juízo final.

 

Conclusão:

Foi muito acertada a denúncia dos Bispos proclamando que o
Espiritismo “não nega apenas uma ou outra verdade de nossa Santa Religião, mas todas elas”.

Desde os tempos apostólicos os cristãos costumam professar a sua fé
rezando o Credo, mas tudo isso é contestado pela doutrina espírita.

Não permanece de pé uma só das verdades fundamentais de nossa santa, religião, verdades ensinadas por Cristo, pregadas pelos Apóstolos e integralmente conservadas e transmitidas pela Igreja.

É pois evidente que é de todo impossível ser ao mesmo tempo católico e espírita.

Negadores de todas as verdades básicas do Cristianismo, os espíritas deixaram de ser cristãos.

Em vista de tão radical negação da Doutrina Cristã, reafirmemos a nossa fé rezando:

Creio em Deus Pai…
.(..)

A censura da excomunhão recai sobre os espíritas ipso facto,
isto é, pelo mesmo fato de aderirem à doutrina espírita. São, portanto, eles mesmos que se excluem da comunhão dos fiéis.

A Igreja é apenas consequente e coerente com o que eles próprios preferiram, escolheram e provocaram com sua contumaz e obstinada desobediência.

Mas a Igreja está também sempre disposta e pronta a tornar a recebê-los, logo que acabar a contumácia do desobediente.
Cân. 2242 § 3: “Considera-se terminada a contumácia, quando o réu se
arrepender verdadeiramente do crime cometido e ao mesmo tempo der, ou ao menos seriamente prometer, côngrua satisfação pelos danos e escândalos;

Mas, o julgar se é ou não verdadeira a penitência, côngrua a satisfação, ou séria a sua promessa, pertence a quem se pede a absolvição da censura.”

 

Fonte: Do Livro “Espiritismo: Orientação para Católicos “ Dom Frei Boaventura Kloppenburg, ofm – Bispo Emérito de Novo Hamburgo -RS – Ed. Loyola.

 

Publicado em Uncategorized

Ter padroeiros é bíblico?

Resultado de imagem para santos padroeiros na biblia
A Bíblia diz que cada nação tem seu Padroeiro, seu Intercessor no céu    (Daniel 10,13.20-22; Apocalipse 2,1.8.12.18; 3,1.7.14).

O livro de Daniel afirma que cada povo, nação, possui um Anjo Protetor (Daniel 10,13.20-22) , um responsável de apresentar as orações dos fiéis da terra e interceder pelas necessidade desse povo. (Apocalipse  8, 3-4; Zacarias 1,12).

A IGREJA TEM PODER PARA DEFINIR O PADROEIRO DE UMA COMUNIDADE

A Igreja recebeu de Cristo, o Filho de Deus, Um com o Pai e o Espírito Santo, o poder de o que ligar na terra, ser ligado no céu (Mateus 16,19), assim ela pode decretar qual o Padroeiro de determinado povo, igreja ou nação.
Dessa forma, levando em consideração o desejo do povo cristão católico do Brasil, decretou oficialmente que Nossa Senhora representada na imagem de Aparecida, era a Padroeira do Brasil.
Assim como os anjos que vigiam lembrando a Deus as necessidades de Jerusalém (Zacarias 1,12-13; Isaías 62,6-7), Maria, Nossa Senhora Aparecida, apresenta ao seu Filho as necessidades e preces do povo brasileiro, tal qual o anjo e os Santos Anciãos no livro do Apocalipse (Apo 5,8. 8,4).

Publicado em Uncategorized

SANTOS PADROEIROS DE CADA ESTADO DO BRASIL

Resultado de imagem para padroeiros dOS ESTADOS DO BRASIL

Brasil= Nossa Senhora Aparecida e São Pedro de Alcântara

 

Brasilia-Distrito Federal: São João Bosco

 

Acre=Nossa Senhora de Nazaré

 

Alagoas= Nossa Senhora da Conceição

 

Amazonas= Nossa Senhora da Conceição

 

Amapá=São José

 

Bahia= Nossa Senhora da Conceição

 

Ceará= São José

 

Espirito Santo=Nossa Senhora da Penha e Divino Espirito Santo

 

Goias=Santa Ana

 

Maranhão= Nossa Senhora da Vitória e São Luiz Rei de França

 

Minas Gerais = Nossa Senhora da Piedade

 

Mato Grosso= Nosso Senhor Bom Jesus

 

Mato Gosso do Sul=Nossa Senhora da Abadia

 

Pará=Nossa Senhora de Nazaré 

 

Paraíba=Nossa Senhora das Neves

 

Paraná=Nossa Senhora do Roccio

 

Pernambuco=Nossa Senhora do Carmo

 

Piauí=Nossa Senhora da Vitória 

 

Rio de Janeiro= São Sebastião do Rio de Janeiro

 

São Paulo=  Nossa Senhora da Assunção  e São Paulo

 

Santa Catarina=Nossa Senhora do Desterro e Santa Catarina de Alexandria

 

Sergipe=Nossa Senhora da Conceição

 

Rio Grande do Sul= SãoPedro, o apóstolo

 

Rio Grande do Norte =Nossa Senhora da Apresentação

 

Rondonia=Nossa Senhora de Nazaré

 

Roraima=Nossa Senhora do Carmo

 

Tocantins= Nossa Senhora da Natividade e São Domingos Gusmão

 

(Origem: http://www.cademeusanto.com.br/padroeiros12.htm)

Publicado em Uncategorized

DEVOÇÃO NA BÍBLIA

Resultado de imagem para devoção
devoção é um “culto privado (pessoal ou comunitária)“, centrado no ato de entrega ou consagração de si próprio ou da comunidade “ao amor de Deus e aos seus santos” e à Virgem Maria.
 Existem essencialmente dois tipos de devoção:
  • a devoção de veneração (Gen 19,1;Ex 32,13;Jos 5,15;Juz 7,18;13,17s;Jo 5,45; 8,39; Heb 13,7), que é voltada aos santos (chama-se dulia), sendo a veneração especial à Virgem Maria ( Lucas 1,41-45.48) denominada de hiperdulia.
  • a devoção de adoração ou latria (Det 6,13;Luc 4,8; Apo 4,10s), que é unicamente dirigido e prestado à Santíssima Trindade (Deus) (Mateus 28,19).
Esse ato de entrega é expresso através de “práticas piedosas exercidas, privada ou publicamente (co­mo regra devem ser aprovadas pela Igreja). 
Porém, a devoção verdadeira não são só práticas exteriores, mas também uma atitude interior, espiritual, como lemos no conselho de Davi:
“E tu, Salomão, meu filho, conhece o Deus de teu pai e serve-o com um coração leal e com alma devotada, pois ele sonda todos os corações e penetra todos os desígnios do espírito. Se o procuras, ele deixar-se-á encontrar por ti; mas se o abandonas, rejeitar-te-á para sempre.” (I Crônicas 28, 9)
É preciso que as práticas exteriores de devoção demonstrem, de verdade, uma atitude interior, uma vivência real da espiritualidade cristã de verdade, como lemos sobre o rei Amasias:
“Fez o bem aos olhos do Senhor, mas não com um coração inteiramente devotado. “
(II Crônicas 25, 2)

ELISEU DEVOTO DE ELIAS


Na passagem dos Atos dos Apóstolos, vemos o uso da palavra devoto para dar uma qualidade aos prosélitos que seguiam Paulo e Barnabé:
  • “Depois que a assembleia terminou, muitos judeus e prosélitosdevotos seguiram Paulo e Barnabé, os quais com muitas palavras os exortavam a perseverar na graça de Deus.” (Atos dos Apóstolos 13, 43)
O devoto de um Santo é como esses prosélitos, que  seguem os Santos para ouvir a palavra de Deus, para conhecer Jesus, para imitar suas virtudes (Filipenses 3,17; João 8,39; Hebreus 6,12; 13,7; Tiago 5,10).
 
É preciso salientar que a devoção não é igual à idolatria, que é o culto de adoração que se presta a uma criatura, tributando-lhe a honra que é devida só a Deus. 1
Ser devoto, como foi dito mais acima, significa entregar-se  ao amor de Deus, como constatamos na passagem da Bíblia abaixo:

Embora não tenham desaparecido os lugares altos, o coração de Asa foi inteiramente devotado ao Senhor durante toda a sua vida.”(I Reis 15, 14)

Mas ser devoto não significa apenas culto de  adoração, também pode  significar dedicação a alguém, algo ou a algum Santo, como lemos nas passagens bíblica:

Não maltrates um escravo que trabalha pontualmente, nem o operário que te é devotado. “(Eclesiástico 7, 22)

E, retirando-se o anjo que lhe falava, chamou dois dos seus criados, e a um piedoso soldado dos que estavam ao seu serviço.” (Atos 10,7)

A devoção aos Santos na Bíblia pode ser encontrada na devoção de Eliseu para com Elias.

Eliseu seguiu o Profeta Elias para o servir ( II Reis 19,21) e simboliza todos aqueles que são devotos de um Santo:

“Voltou, pois, de o seguir, e tomou a junta de bois, e os matou, e com os aparelhos dos bois cozeu as carnes, e as deu ao povo, e comeram; então se levantou e seguiu a Elias, e o servia.”(1 Reis 19,21)
Todo devoto busca aprender do Santo sua experiência de Deus (Hebreus 6,12; 13,7; Tiago 5,10), daí porque Eliseu  pediu um porção dobrada do espírito de Elias (II Reis 2,9).
“Sucedeu que, havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Eliseu: Peço-te que haja porção dobrada de teu espírito sobre mim.”
(2 Reis 2,9)
Todo devoto se confia à intercessão de seu Santo favorito (Gênesis 20,7.17; Isaías 37,1-5; Jó 42,8; Filipenses 1,19; Tiago 5,16; Apocalipse 5,8) , como Eliseu que orava Deus invocando o nome de Elias (II Reis 2,14):
“E tomou a capa de Elias, que dele caíra, e feriu as águas, e disse: Onde está o Senhor Deus de Elias? Quando feriu as águas elas se dividiram de um ao outro lado; e Eliseu passou.”
(2 Reis 2,14)
Todo devoto admira a vida de seu Santo padroeiro e se coloca diante dele como Eliseu que louvava Elias (II Reis 2,12).
“O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel, e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, pegando as suas vestes, rasgou-as em duas partes.”
(2 Reis 2,12)
Todo devoto lembra-se de seu Santo padroeiro para imitar-lhe a fé (Hebreus 13,7), as virtudes, para tê-lo como exemplo de amor a Deus e como um intercessor diante do trono do Altíssimo (Apocalipse 7,15; Hebreus 11,4), mantendo-lhe a memória desperta (Isaías 62,6-7).
DEVOÇÃO DE ADORAÇÃO A DEUS:

O culto de adoração da Igreja se expressa na Santa Missa (Atos 2,42; 20,7; I Coríntios 10,16; 11,27), seu culto litúrgico oficial.

Na Missa, adoramos a Trindade Santíssima e ao Corpo e Sangue de Cristo no pão e vinho (I Coríntios 10,16; 11,27).

VERDADEIRA DEVOÇÃO:

A verdadeira devoção se expressa através de atos concretos, que podem ser orações, rituais, obras de caridade e virtudes, como lemos sobre o rei Ezequias na Bíblia:
“Ah, Senhor! Suplico-te lembrar de que andei diante de ti em verdade, com o coração perfeito, e fiz o que era bom aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo.” (2 Reis 20,3)
“Os outros atos de Ezequias, suas obras piedosas, tudo isso se acha relatado na visão do profeta Isaías, filho de Amós, e nos livros dos reis de Judá e de Israel.” (II Crônicas 32, 32)
Outros trechos que falam sobre ser devoto ou piedoso e a necessidade das práticas virtuosas, são:
“Ora, havia em Jerusalém um homem chamado Simeão. Estehomem, justo e piedoso, esperava a consolação de Israel, e o Espírito Santo estava nele.” (São Lucas 2, 25)
“Achavam-se então em Jerusalém judeus piedosos de todas as nações que há debaixo do céu.” (Atos dos Apóstolos 2, 5)

Um certo Ananias, homem piedoso e observador da lei, muito bem conceituado entre todos os judeus daquela cidade”
(Atos 22,12)
Ao contrário, seja hospitaleiro, amigo do bem, prudente, justo,piedoso, continente,” (Tito 1, 8)
“Se alguém pensa ser piedoso, mas não refreia a sua língua e engana o seu coração, então é vã a sua religião.” (São Tiago 1, 26)
“Entretanto, alguns homens piedosos trataram de enterrar Estêvãoe fizeram grande pranto a seu respeito.” (Atos dos Apóstolos 8, 2)
As diversas devoções  expressas na piedade popular são diferentes do culto litúrgico, que é “o culto oficial prestado pela Igreja Católica na Santa Missa com Cristo e por Cristo a Deus“(Atos 2,42; 20,7; I Coríntios 10,16; 11,27).
Porém, apesar dessa diferença, “tem acontecido ao longo dos séculos que certas expressões da piedade popular passaram à liturgia (festas do Natal, do Sagrado Coração de Jesus, do Imaculado Coração de Maria, etc.)“.
Mas, a piedade popular não é contraditória com a liturgia, sendo aceita e até, em muitas vezes, recomendada pela Igreja.
DEVOÇÃO- MEDALHAS E SÍMBOLOS:

Entre as diversas expressões de devoções cristãs catolicas, temos a devoção expressa através de símbolos, medalhas, e imagens sagradas, como encontramos em algumas referências bíblicas:

Depois que os tiveres consagrado, eles tornar-se-ão objetos santíssimos, e tudo o que os tocar será consagrado.” (Êxodo 30, 29)
“Foi feita a lâmina de ouro puro, o diadema sagrado, onde foi gravado, como se grava um sinete: consagrado a Javé.” (Êxodo 39, 30)
Uso de imagens:

“Farás também dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório.”(Êxodo 25,18)

 “Depois fez o véu de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido; de obra esmerada o fez com querubins.”(Êxodo 36,34-35)

Uso de faixas ou medalhas:

 “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;(…)
Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos.
E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.”
(Deuteronômio 6,5-9)

Uso de velas:

“Também lhe farás sete lâmpadas, as quais se acenderão para iluminar defronte dele.”(Êxodo 25,37)

Uso de incenso:

“E Arão sobre ele queimará o incenso das especiarias; cada manhã, quando puser em ordem as lâmpadas, o queimará.”(Êxodo 30,6-7)

Veneração ao templo, igreja, e dias santos:

“Guardareis os meus sábados, e reverenciareis o meu santuário. Eu sou o Senhor.”(Levítico 2,2)

“Havendo, pois, Arão e seus filhos, ao partir do arraial, acabado de cobrir o santuário, e todos os instrumentos do santuário, então os filhos de Coate virão para levá-lo; mas no santuário não tocarão para que não morram; este é o cargo dos filhos de Coate na tenda da congregação.”(Números 4,15)

AS PEREGRINAÇÕES E ROMARIAS
Outra forma de devoção cristã católica são as peregrinações aos lugares sagrados. Como lemos na Bíblia, há lugares que são privilegiados pela manifestação divina:
“Moisés respondeu ao Senhor: “O povo não poderia subir o monte Sinai, pois vós no-lo ordenastes expressamente, dizendo: fixa limites ao redor do monte, e declara-o sagrado.” (Êxodo 19, 23)
“Ordenou o rei que se murasse o lugar e o considerassem como sagrado, após ter-se certificado da exatidão do acontecido.” (II Macabeus 1, 34)
“Era completamente impossível defraudar os que haviam depositado confiança na santidade do lugar e no caráter sagrado e inviolável do templo venerado no mundo inteiro.” (II Macabeus 3, 12)
“Sabereis então que eu sou o Senhor, vosso Deus, que habita em Sião, minha montanha santa. Jerusalém será um lugar sagradoonde os estrangeiros não tornarão mais a passar.” (Joel 4, 17)

PROMESSAS BÍBLICAS AOS DEVOTOS
Na Bíblia, também encontramos promessas de Deus aos que vivem em devoção:
“Senhor, Deus, vinde, pois, habitar nesta moradia, vós e a arca onde reside vosso poder. Senhor Deus, que vossos sacerdotes estejam revestidos de força salutar e que vossos devotos desfrutem de sua felicidade!” (II Crônicas 6, 41)
“Os olhos do Senhor percorrem toda a terra para sustentar aqueles cujo coração lhe é totalmente devotado. Tu te comportaste tolamente nesse negócio, pois doravante terás continuamente guerras.” (II Crônicas 16, 9)
“é porque o Senhor sabe livrar das provações os homens piedosos e reservar os ímpios para serem castigados no dia do juízo,” (
“E tu, Salomão, meu filho, conhece o Deus de teu pai e serve-o com um coração leal e com alma devotada, pois ele sonda todos os corações e penetra todos os desígnios do espírito. Se o procuras, ele deixar-se-á encontrar por ti; mas se o abandonas, rejeitar-te-á para sempre. ”
(I Crônicas 28, 9)

A ORAÇÃO DO DEVOTO SERÁ OUVIDA:
A Bíblia deixa-nos crer que aqueles que vivem em devoção serão ouvidos em suas preces:
“Pelo nome de Davi, vosso servo, não rejeiteis a face daquele que vos é consagrado.” (Salmos 131, 10)
“Senhor Deus, não repilais a prece daquele que vos é consagrado, em memória dos favores que concedestes a vosso servo Davi.” (II Crônicas 6, 42)
Roga, pois, a Deus por nós, porque és uma mulher santa e piedosa.“(Judite 8, 29)
E tu, Salomão, meu filho, conhece o Deus de teu pai e serve-o com um coração leal e com alma devotada, pois ele sonda todos os corações e penetra todos os desígnios do espírito. Se o procuras, ele deixar-se-á encontrar por ti; mas se o abandonas, rejeitar-te-á para sempre.” (I Crônicas 28, 9)

O DEVOTO SERÁ PERSEGUIDO:

Mas a Bíblia também nos previne que todo devoto será perseguido pelo mundo:
“Pois todos os que quiserem viver piedosamente, em Jesus Cristo,terão de sofrer a perseguição.” (II Timóteo 3, 12)
Em nosso tempo, todo devoto e expressão devocional são perseguidos e ridiculrizados pelas pessoas, pois a escritura já profetizava que o adversário, no fim dos tempos, se levantaria contra tudo o que é divino e sagrado:
o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e apresentar-se como se fosse Deus. ” (II Tessalonicenses 2, 4)
Publicado em Uncategorized
Nós Somos a Igreja Católica

 

 

Santa Missa – Passo a Passo

 

Curso de liturgia da Santa Missa [Pe. Paulo Ricardo]
Santo Rosário Em Latim Com São João Paulo II [Completo]
As provas da existência de Deus
Twitter do Papa
Mídia Católica

 

Atualizações
Translator
Italy
Calendário
fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  
Visitantes
  • 2,952,990 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
LINKS