É possível ser ao mesmo tempo católico e espírita ?

 

Resultado de imagem para catolico e espirita

“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” Mateus.6,24

 

“Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” João.8,44

 

Se você é católico e por algum motivo frequenta centros espíritas saiba que:

 

1) O Espiritismo nega o mistério.
2) O Espiritismo nega o milagre.
3) O Espiritismo nega a inspiração divina da Sagrada Escritura!
4) O Espiritismo nega a autoridade do Magistério Eclesiástico
5) O Espiritismo nega a infalibilidade do Papa.

6) O Espiritismo nega a instituição divina da Igreja.
7) O Espiritismo nega a suficiência da revelação cristã.
8) O Espiritismo nega o augusto mistério da Santíssima Trindade!
9) Grande parte dos espíritas nega a existência de um Deus, pessoal e distinto do mundo!
10) O Espiritismo nega a liberdade de Deus Criador.

11) O Espiritismo nega a criação do nada.
12) O Espiritismo nega a criação da alma humana.
13) O Espiritismo nega a criação do corpo humano e nos faz descender de macacos.
14) O Espiritismo nega a união substancial entre o corpo e a alma.
15) O Espiritismo nega a espiritualidade da alma.

16) O Espiritismo nega a unidade do gênero humano.
17) O Espiritismo nega a existência dos anjos.
18) O Espiritismo nega a existência do demônio.
19) O Espiritismo nega a divindade de Jesus Cristo!
20) O Espiritismo nega os milagres de Cristo.

21) Grande parte dos espíritas nega a humanidade de Cristo.
22) O Espiritismo nega os privilégios de Maria Santíssima!
23) O Espiritismo nega a nossa redenção por Cristo!
24) O Espiritismo nega o pecado original.
25) O Espiritismo nega a graça divina.

26) O Espiritismo nega a possibilidade do perdão dos pecados.
27) O Espiritismo nega o valor da vida contemplativa e ascética.
28) O Espiritismo nega toda a doutrina cristã do sobrenatural.
29) O Espiritismo nega o valor dos Sacramentos!
30) O Espiritismo nega a eficácia do Batismo.

31) O Espiritismo nega a presença de Cristo na Eucaristia.
32) O Espiritismo nega o valor da Confissão.
33) O Espiritismo nega a indissolubilidade do Matrimônio.
34) O Espiritismo nega a unicidade da vida terrestre.
35) O Espiritismo nega o juízo particular depois da morte.

36) O Espiritismo nega a existência do Purgatório.
37) O Espiritismo nega a existência do Céu.
38) O Espiritismo nega o Inferno!
39) O Espiritismo nega a ressurreição da carne.
40) O Espiritismo nega o juízo final.

 

Conclusão:

Foi muito acertada a denúncia dos Bispos proclamando que o
Espiritismo “não nega apenas uma ou outra verdade de nossa Santa Religião, mas todas elas”.

Desde os tempos apostólicos os cristãos costumam professar a sua fé
rezando o Credo, mas tudo isso é contestado pela doutrina espírita.

Não permanece de pé uma só das verdades fundamentais de nossa santa, religião, verdades ensinadas por Cristo, pregadas pelos Apóstolos e integralmente conservadas e transmitidas pela Igreja.

É pois evidente que é de todo impossível ser ao mesmo tempo católico e espírita.

Negadores de todas as verdades básicas do Cristianismo, os espíritas deixaram de ser cristãos.

Em vista de tão radical negação da Doutrina Cristã, reafirmemos a nossa fé rezando:

Creio em Deus Pai…
.(..)

A censura da excomunhão recai sobre os espíritas ipso facto,
isto é, pelo mesmo fato de aderirem à doutrina espírita. São, portanto, eles mesmos que se excluem da comunhão dos fiéis.

A Igreja é apenas consequente e coerente com o que eles próprios preferiram, escolheram e provocaram com sua contumaz e obstinada desobediência.

Mas a Igreja está também sempre disposta e pronta a tornar a recebê-los, logo que acabar a contumácia do desobediente.
Cân. 2242 § 3: “Considera-se terminada a contumácia, quando o réu se
arrepender verdadeiramente do crime cometido e ao mesmo tempo der, ou ao menos seriamente prometer, côngrua satisfação pelos danos e escândalos;

Mas, o julgar se é ou não verdadeira a penitência, côngrua a satisfação, ou séria a sua promessa, pertence a quem se pede a absolvição da censura.”

 

Fonte: Do Livro “Espiritismo: Orientação para Católicos “ Dom Frei Boaventura Kloppenburg, ofm – Bispo Emérito de Novo Hamburgo -RS – Ed. Loyola.

 

Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Magnificat anima mea Dominum
Inquisição on Line
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 13 – A Igreja Católica e a Salvação – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 14 – A Infalibilidade da Igreja e a união da Igreja e do Estado – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 15 – Da comunhão dos santos à vida eterna – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 16 – Os princípios da oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 17 – Como rezar bem? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 18 – Os tipos de oração – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 19 – O Pai Nosso – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 20 – A Ave Maria e o Santo Terço – Padre Daniel Pinheiro

 

Catecismo de Adultos – Aula 21 – A Meditação Católica – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 22 – Introdução à moral católica: uma moral das virtudes – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
janeiro 2018
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Visitantes
  • 4.852.068 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: