Uso de velas

Imagem relacionada

Esse é um assunto bastante alarmante para os hereges cismáticos protestantes, o uso de velas nas nossas comunidades religiosas e em nossas casas, jamais foi prática ou rituais supersticioso ou inspiração da mesma como afirmam os chamados evangelicos. Pois bem, acho que carece de um conhecimento e de entendimento acerca do mesmo, porque certamente, lendo a bíblia, perceberemos que não existe algum mal nisso. Alias a vela, ou seja, a sua luz representa simbolicamente a luz da presença de Deus, a luz do amor, da verdade, do afastamento das trevas, da regeneração dos fiéis no baptismo e da luz de Cristo que ilumina a todos.ca foi maldade apresentar nas comunidades antigas lampadas acesas.

2 Ele perguntou: «Que vês tu?» Respondi: «Vejo um candelabro todo de ouro, que tem na ponta um reservatório de azeite e sete lâmpadas nos sete bicos que há na extremidade.(Zacarias 4,2)

20. Ordenarás aos israelitas que tragam para o candelabro, óleo puro de olivas esmagadas, a fim de manter acesa a lâmpada continuamente.(Ex 27,20)

37. Farás sete lâmpadas, que serão colocadas em cima, de maneira a alumiar a frente do candelabro (Ex 25,37)

1. O Senhor disse a Moisés: “Dize a Aarão o seguinte: 2. quando colocares as lâmpadas dispô-las-ás sobre o candelabro de modo que as sete lâmpadas projetem sua luz para a frente do mesmo candelabro.” 3. Aarão assim fez, e colocou as lâmpadas na parte dianteira do candelabro, como o Senhor tinha ordenado a Moisés. 4. O candelabro era feito de ouro batido: seu pé, suas flores, tudo era de ouro batido; e foi feito segundo o modelo que o Senhor tinha mostrado a Moisés.( Nm 8,2-4)

37. o candelabro de ouro puro, suas lâmpadas, as lâmpadas que se deviam dispor nele, todos os seus acessórios e o óleo para o candelabro(Ex 39,37)

8. óleo para o candelabro, aromas para o óleo de unção e para o incenso odorífero(Ex 35,8)

1. O Senhor disse a Moisés: 2. “Ordena aos israelitas que te tragam óleo puro de olivas esmagadas para manter, continuamente, acesas as lâmpadas do candelabro. 3. Aarão prepará-las-á fora do véu do testemunho, na tenda de reunião, a fim de que elas queimem continuamente, da tarde à manhã, diante do Senhor. 4. Disporá as lâmpadas no candelabro de ouro puro, para que queimem continuamente diante do Senhor.(Lv 24,1-4)

9. Tomarão um pano de púrpura violeta para cobrir o candelabro, suas lâmpadas, suas espevitadeiras, seus cinzeiros e os recipientes de óleo necessários ao seu serviço.(Nm 4,9)

16. Eleazar, filho do sacerdote Aarão, cuidará do óleo do candelabro, o incenso aromático, a oblação perpétua e o óleo para a unção, bem como da vigilância de todo o tabernáculo, com tudo o que contém, e do santuário com todos os seus utensílios.”(Nm 4,16)

A igreja primitiva também possuía lampadas em suas primeiras comunidades
8. Havia muitas lâmpadas no quarto, onde nos achávamos reunidos.( Act 20,8)

Claramente se vê que a própria bíblia mostra exemplos claros do que sucedia nas comunidades antigas, começando do templo de Jerusalém, possuía muitas lampadas, as velas na igreja católica refletem essas lampadas e o que significava para os fiéis. Ora, se os protestantes recriminam isso da igreja, o simples facto de a igreja católica usar velas nos seus templos e nos momentos oratórios, é claro que eles criticam Deus e os primeiros cristãos. Agora, quem são os protestantes perante Deus? Quem são os protestantes perante os primitivos cristãos? Sendo assim, esse assunto, parte de mais uma perseguição contra a mulher, o dragão nada sabe a respeito das coisas divinas, e seus filhos também.

As velas representam a luz da presença de Deus, porque ele é para os fiéis aquilo que ilumina e que dissipa as trevas, 2 Samuel 22,29; 1Samuel 3,3), representam a luz do amor, porque foi pelo amor de Deus, que ele nos tirou das trevas para sua luz admiravel, 2Pedro 2,9, representa a luz da verdade que é Jesus, João 1,9; 3,19; 8,12; 12,46, representa a luz da regeneração dos fiéis no batismo, Mateus 5,13-15, e da luz de Cristo que ilumina a todos. Portanto, quando acendemos uma vela em oração, não é acção supersticiosa, mas acendemos como significação da presença da luz que é Jesus no meio de nós, assim, como as lampadas representavam no AT a luz da presença de Deus no templo e no seu povo. Agora, dizer que a igreja católica usando isso recorda os ritos da macumba é dizer que a bíblia o faz de igual modo. Desse modo, se para os protestantes isso é macumbaria, então para eles o que Jesus fez seria muito mais do que o mesmo.

6. Dito isso, cuspiu no chão, fez um pouco de lodo com a saliva e com o lodo ungiu os olhos do cego( Jo 9,6)

33. Jesus tomou-o à parte dentre o povo, pôs-lhe os dedos nos ouvidos e tocou-lhe a língua com saliva. 34. E levantou os olhos ao céu, deu um suspiro e disse-lhe: Éfeta!, que quer dizer abre-te! 35. No mesmo instante os ouvidos se lhe abriram, a prisão da língua se lhe desfez e ele falava perfeitamente. 36. Proibiu-lhes que o dissessem a alguém. Mas quanto mais lhes proibia, tanto mais o publicavam. 37. E tanto mais se admiravam, dizendo: Ele fez bem todas as coisas. Fez ouvir os surdos e falar os mudos!(Mc 7,33-37)

Se o uso de velas relembra os ritos da macumba para os protestantes, acredito que isso para eles reflete muito mais a mesma coisa.

11. Deus fazia milagres extraordinários por intermédio de Paulo, de modo que lenços e outros panos que tinham tocado o seu corpo eram levados aos enfermos; 12. e afastavam-se deles as doenças e retiravam-se os espíritos malignos.(Actos 19,11-12)

Com certeza, para os protestantes Deus era macumbeiro, pois fez até mesmo que os lenços e panos de Paulo, curasse quem tocava neles, isso para não mencionar a sombra de Pedro, que também as pessoas acreditavam que ao menos a sombra de um simples apóstolo os curasse, Actos 5,15-16).

Contudo, podemos ver diante dos factos, que o uso de velas nas comunidades e até em casa nos momentos de orações ou nos santuários não é mal e nunca foi, se assim não fosse, Deus seria o primeiro a cometer esse erro.

Benedictus Manuel

Esplendor da verdade Católica

Anúncios
Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Magnificat anima mea Dominum
Doutrina Católica, Visão de Conjunto e Implicações na Sociedade – Prof. Emerson Takase
Nós Somos a Igreja Católica

 

 

Santa Missa – Passo a Passo

 

Cantar a Liturgia – Padre Anderson Marçal

 

Símbolos na Santa Missa – Prof. Carlos Tadelle
Erros Litúrgicos do Pe. Marcelo Rossi – Dom Armando Bucciol
Padre Demétrio: Os abusos litúrgicos e a riqueza da Santa Missa
Abusos na liturgia da Igreja – Padre Alex
A Missa – O certo e o errado – Padre Raphael
Mariologia – Apresentação
Mariologia – Introdução
Historia da Mariologia
Maria no Antigo Testamento
Maria em Gálatas 4,4 5
Maria em Mateus
Maria em Marcos
Maria nas Sagradas Escrituras do Antigo ao Novo Testamento – Pe. Guido
As Bem-aventuranças e Nossa Senhora – Prof. Lucas Parra
Nossa Senhora Corredentora – Prof. André Melo
O Ministério de Pedro e a Igreja Primitiva
O Pentateuco | Estudo Bíblico com Pe. Guido
Os 7 Livros Sapienciais do Antigo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Os Livros Proféticos do Antigo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Os Evangelhos na História da Igreja
Evangelho de Mateus | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto
Evangelho de Marcos | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto
Evangelho de Lucas | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

 

Evangelho de João | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

Atos dos Apóstolos | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Cartas de São Pedro | Estudos Bíblicos com Pe. Guido
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 1/3
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 2/3
Cartas de São Paulo | Estudos Bíblicos com Pe. Guido 3/3
Cartas de São Paulo | Introdução | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Corpus Paulinum | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Tessalonicenses | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Coríntios | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | 1 Coríntios | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

Cartas de São Paulo | Gálatas | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Cartas Pastorais 1 | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Cartas de São Paulo | Cartas Pastorais 2 | Estudo Bíblico com Frei Diones Rafael Paganotto
Apocalipse: o Livro Profético do Novo Testamento | Estudo Bíblico Católico com Pe. Guido
Apocalipse | Estudo Bíblico Católico com Frei Diones Rafael Paganotto

 

 

 

Sagrada Tradição da Igreja – Professor Felipe Aquino
Sagrado Magistério da Igreja – Professor Felipe Aquino
Breve comentário sobre a História da Igreja | Prof. Felipe Aquino
O Santo Terço Explicado – Professor Carlos Ramalhete

 

Doutrina Social da Igreja (introdução) – Padre Douglas Pinheiro Lima

 

Formação sobre canto e música litúrgica

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 1

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 2

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 3

 

Curso de Canto Gregoriano – Parte 4
Curso de Canto Gregoriano – Parte 5
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 1
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 2
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 3
Curso de liturgia da Santa Missa // Padre Paulo Ricardo // Parte 4
Introdução ao estudo dos Dogmas da Igreja Católica – Márcio Carvalho
Grandes Heresias da História da Igreja – Pe. Guido
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Apresentação – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Identidade da Igreja Católica – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Fé como resposta à Palavra de Deus – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A busca da Compreensão da fé – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Sagrada Escritura e a Sagrada Tradição – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Sagrada Tradição: Os Padres da Igreja – Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os Santos Padres e as Heresias/ Parte I -Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os Santos Padres e as Heresias/ Parte II -Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Os 21 Concílios, a Infabilidade Papal e Tradições/ Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ Sensus Fidei, Magistério e a função do teólogo / Professor Joel Gracioso
Curso de Iniciação a Teologia Católica/ A Teologia e sua relação com a Filosofia/ Professor Joel Gracioso
Catecismo de Adultos – Aula 01 – A Revelação Divina – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 02 – O Modernismo, o problema atual na Igreja – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 03 – Deus Uno e Trino – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 04 – A Criação em geral e os anjos – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 05 – Os anjos e o homem – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 06 – A Teoria da Evolução contra a Ciência e a Filosofia – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 07 – Cristo Nosso Senhor e Maria Santíssima – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 08 – Aula 08 – O modo de vida de Jesus Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 09 – As perfeições de Cristo e a Paixão – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 10 – A Cruz, os infernos e a Ressurreição de Cristo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 11 – A Ascensão, os juízos particular e final, e o Espírito Santo – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 12 – Como saber qual a verdadeira Igreja de Cristo? – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 13 – A Igreja Católica e a Salvação – Padre Daniel Pinheiro
Catecismo de Adultos – Aula 14 – A Infalibilidade da Igreja e a união da Igreja e do Estado – Padre Daniel Pinheiro
Lutero e o Protestantismo: A História da Reforma – Profa. Dra. Laura Palma
Lutero e o Protestantismo: Vida de Lutero – Prof. André Melo
Lutero e o Protestantismo: Sola Scriptura – Profa. Dra. Ivone Fedeli
Lutero e o Protestantismo: Sola Fide – Prof. Marcelo Andrade
Lutero e o Protestantismo: Sola Gratia – Pe. Edivaldo Oliveira
Mídia Católica
Atualizações
Translator
Italy
Calendário
dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Visitantes
  • 3,352,755 acessos desde 01/05/2011
religião e espiritualidade
religião e espiritualidade
Categorias
Links
%d blogueiros gostam disto: